Como voltar para a antiga LockScreen no Ubuntu 14.04

April 19, 2014, by Unknown - 0no comments yet
Se você não gostou da nova tela de bloqueio do Ubuntu 14.04, veja como substituir ela pela do 13.10.
lockscreen
Ubuntu 14.04 com Unity agora tem seu própria lockscreen e ela é idêntica à saudação do LightDM – a tela de login padrão do Unity.

Como voltar para a antiga LockScreen no Ubuntu 14.04

Para aqueles que preferem a tela de bloqueio antiga, utilizada no Ubuntu 13.10 e anteriores, façam o seguinte:
Passo 1. Procurar e instale o CompizConfig-Settings-Manager no Ubuntu Software Center. Ou pressione Ctrl + Alt + T no teclado para abrir um terminal, e executar o comando abaixo:
sudo apt-get install compizconfig-settings-manager
Passo 2. Depois disso, execute o aplicativo digitando CCSM no Dash;
Passo 3. No programa, vá para “Ubuntu Unity Plugin”. Na guia “General”, clique na caixa drop-down do campo “Lockscreen” e selecione qual tela de bloqueio deseja usar.
change-lockscreen-ubuntu1404

Via UbuntuHandbook

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje

This entry passed through the Full-Text RSS service — if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Consertando Bugs: Como fazer o Network Manager aparecer no Painel de Lubuntu 14.04

April 18, 2014, by Unknown - 0no comments yet
Nem tudo é perfeito, por isso, já apareceu um pequeno bug que impede a exibição do Network Manager no Painel do Lubuntu 14.04. Se você usa o sistema, não espere até sair a correção, veja aqui como consertar isso.
lubuntu-nmapplet-fix
Na verdade, o problema do Lubuntu é que o ícone do Network Manager “pode” não aparecer por padrão para alguns usuários. Caso o Network Manager realmente não apareça no painel do seu Lubuntu, para corrigir, vá no menu Lubuntu e selecione a opção “Preferences” (Preferências) e depois clique em “Default applications for LXSession” (aplicativos padrão para LXSession).  Em seguida, clique na guia Autostart e em “Manual autostarted applications”, marque o tipo “nm-applet”, em seguida, clique no botão “+ Add” (Adicionar) da esquerda:
lubuntu-add-nmapplet-startup
Agora saia da sessão atual, faça login novamente e você verá o ícone do Network Manager no painel.

Via WebUpd8

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje

This entry passed through the Full-Text RSS service — if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Como Instalar o Adobe Flash no Ubuntu 14.04

April 18, 2014, by Unknown - 0no comments yet
Se você instalou o Ubuntu 14.04 e na hora de navegar, ficou faltando o Adobe Flash para pode acessar algumas páginas, veja aqui como instalar esse plugin.
instalar adobe flash player ubuntu 1404
Adobe Flash Player é um plug-in para navegador e um aplicativo com tempo de execução e muitos recursos para a Internet que oferece uma experiência web mais rica. Nste rápido tutorial, Você verá como instalar o Adobe Flash Player no Ubuntu 14.04 Trusty Tahr para Firefox e outro navegador. Se você estiver usando o Google Chrome, o flash player já está instalado por padrão.

Identificando se o Ubuntu é de 32-bits ou 64-bits

Antes de iniciar a instalação, verifique se o seu sistema é de 32-bits ou 64-bits, para isso, abras as “Configurações do Sistema” e clique em “Detalhes”. Ou se preferir, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

adobe flash detalhes

Instalando o Adobe Flash no Ubuntu de 32-bits

Se você estiver usando um Ubuntu de 32-bits, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 3. Em seguida, instale o Adobe Flash no Ubuntu com o comando:

sudo apt-get install flashplugin-installer.

Passo 4. Isso irá extrair a biblioteca Flash player 32-bit do pacote adobe-flashplugin (que é obtido a partir http://archive.canonical.com/) e configurá-la como padrão para navegadores de Internet.

Instalando o Adobe Flash no Ubuntu de 64-bits

Como o pacote “flashplugin-installer” instala uma versão de 32 bits do Flash e uma biblioteca de compatibilidade relacionada que pode ser mais lenta e menos estável, para sistemas de 64-bits é recomendado para instalar o pacote adobe-flashplugin do repositório de parceiros da Canonical. Para isso, faça o seguinte:
Passo 1. Abra a opção “Programas e atualizações” de “Configurações do sistema” do Unity e marque os repositórios “Parceiros da Canonical”, na guia “Outros programas”
adobe flash
Passo 2. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Instale Adobe Flash no Ubuntu com o comando:

sudo apt-get install adobe-flashplugin

Pronto! Depois disso, basta abrir o navegador e começa a usar.


O que está sendo falado no blog hoje

This entry passed through the Full-Text RSS service — if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Lançado o Ubuntu 14.04 Trusty Tahr. Faça Download!

April 18, 2014, by Unknown - 0no comments yet

This entry passed through the Full-Text RSS service — if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Dicas de coisas para fazer depois da instalação do Ubuntu 14.04 – Instale codecs, Java e suporte a reprodução de DVD encriptado

April 18, 2014, by Unknown - 0no comments yet
Com a chegada do Ubuntu 14.04, é hora de fazer aqueles “pequenos” ajustes no sistema. Fique de olho no blog e acompanhe as outras dicas que virão nos próximos dias.
codjadvd
Nessa primeira dica, será mostrado como instalar codecs, Java e o suporte a reprodução de DVD encriptado. São três coisas bem básicas, mas que por questões legais, não veem prontas no Ubuntu.

Instalando codecs no Ubuntu

Para ser capaz de reproduzir a maioria dos formatos de áudio e vídeo, instale o pacote Ubuntu Restricted Extras clicando nesse link.
Ou abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T) e instale usando o seguinte comando:

sudo apt-get install ubuntu-restricted-extras

Sugiro instalar também as versões irrestritas de libavformat e libavcodec, assim você não encontrará problemas com codecs em falta ao tentar usar alguns editores de vídeo ou transcodificadores (transcoders). Você pode instalá-los clicando no botão nesse link.
Ou abra um terminal e instale usando o seguinte comando:

sudo apt-get install libavformat-extra-53 libavcodec-extra-53

Instalando Java no Ubuntu

Você também pode precisar de Java, mas antes, tem que descobrir o que você precisa.

A maioria dos usuários só precisam do OpenJRE e o plugin Java para o navegador que você pode instalar clicando nesse link.
Ou abra um terminal e instale usando o seguinte comando:

sudo apt-get install icedtea-7-plugin openjdk-7-jre

Para o desenvolvimento, você também vai querer instalar o OpenJDK que você pode instalar clicando nesse link.
Ou abra um terminal e instale usando o seguinte comando:

sudo apt-get install openjdk-7-jdk

Se, por várias razões, for necessário o Java da Oracle (o pacote inclui JDK, JRE e o plugin para o navegador), você pode instalar o Oracle Java 7, fazendo o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione esse repositório com o seguinte comando:

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/java

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Instale o programa com o comando:

sudo apt-get install oracle-java7-installer

Instalando o suporte a reprodução de DVD encriptado

Para ativar o suporte a reprodução de DVD encriptado é necessário instalar a biblioteca livdvdcss, para isso, abra um terminal e faça o seguinte:
Passo 1. Instale a biblioteca libdvdread com o seguinte comando:

sudo apt-get install libdvdread4

Passo 2. Execute o script de instalaçao da livdvdcss com o seguinte comando:

sudo /usr/share/doc/libdvdread4/install-css.sh

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje

This entry passed through the Full-Text RSS service — if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Lançado o Ubuntu 14.04 LTS

April 17, 2014, by Unknown - 0no comments yet

Ubuntu 14.04 LTS Trusty Tahr

O tão aguardado Ubuntu 14.04 LTS, codinome Trusty Tahr (Cabra selvagem Fiel) foi liberado para download hoje 17/04.

Se você não acompanhou o desenvolvimento do Ubuntu 14.04 não deverá notar grandes mudanças nessa nova versão. O ciclo atual de desenvolvimento foi focado em melhorias de performance, segurança e confiabilidade, concentrando os trabalhos “em baixo do capô” com poucas mudanças no visual.

Algumas novidades do Ubuntu 14.04 LTS

- Foram removidas as bordas das janelas, que receberam uma suavização com cantos superiores arredondados;
- Redimensionamento de janelas em tempo real;
- Menus integrados no topo das janelas;
- Tela do bloqueio possui aparência semelhante a tela de login;
- Os ícones no lançador agora podem ser redimensionados até 16 pixels;
- Mate 1.6 e Pepper Flash Player foram adicionados ao repositório oficial do Ubuntu;
- Unity 7 foi reescrito totalmente em GTK3;
- Ubuntu Gnome 14.04 passa a ser também uma LTS;
- TRIM virá habilitado por padrão para SSDs, dando mais desempenho e prolongando a vida útil da unidade de estado sólido;

Alguns rumores dizem que essa é a última versão do Ubuntu que virá com o Nautilus (gerenciador de arquivos e pastas). Segundo informações do desenvolvedor Oliver Grawert em uma lista de discussão recente, a próxima versão do Ubuntu deverá trazer um novo gestor de arquivos, o File Manager que irá tomar o lugar do Nautilus. Ainda segundo Grawert, as novas versões do Nautilus com modificações feitas pela equipe do Gnome dificultaram a integração com o Unity e, como esta nova versão do Ubuntu busca se aproximar ainda mais da convergência total entre dispositivos móveis e PC, essa mudança parece ser natural.

O Ubuntu 14.04 LTS terá suporte de 5 anos para: Ubuntu Desktop, Ubuntu Server, Ubuntu Core, Kubuntu, Edubuntu e Ubuntu Kylin (Ubuntu chinês). Todos os outros sabores terão suporte por 3 anos.

A nota completa de lançamento você pode conferir em https://wiki.ubuntu.com/TrustyTahr/ReleaseNotes

Download do Ubuntu 14.04 LTS

As demais versões oficiais do Ubuntu 14.04 podem ser baixadas nos links abaixo:

Prefira sempre baixar via torrent, assim você ajuda os outros usuários que também estão baixando o Ubuntu.

Dica: antes de instalar ou atualizar é recomendado você realizar um backup de seus arquivos.

E ai? O que você achou dessa versão do Ubuntu?



Lançado o Ubuntu 14.04 – baixe agora

April 17, 2014, by Unknown - 0no comments yet
Saiu o tão aguardado Ubuntu 14.04. Se você estava na expectiva, é hora de baixar a nova versão do Ubuntu.
ubuntu-1404-trusty-Tahr
Seguindo o cronograma de lançamento do Ubuntu 14.04 LTS, a versão final do Ubuntu 14.04 já está disponível para download. Se você quiser instalar o sistema, baixe a imagem ISO, através dos links a seguir:

Faça o download do Ubuntu 14.04

Ubuntu Desktop
Ubuntu Server
Ubuntu Cloud Server
Ubuntu Netboot
Ubuntu Core
Edubuntu DVD
Kubuntu
Lubuntu
Ubuntu Studio
Ubuntu-GNOME
UbuntuKylin
Xubuntu

Esse são os link oficiais, mas vale observar que essas páginas ainda estão sendo atualizadas e por isso, ainda aparece o link do beta 2 ou algumas delas estão em manutenção. Portanto, se quando você entrar não página ela ainda não estiver atualizada, volte mais tarde ao endereço.

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar nosso tutorial:

Como gravar uma imagem ISO no Ubuntu

Quem quiser, pode atualizar do 13.10 para o 14.04. Para isso, basta seguir esses tutoriais:

Como atualizar o Ubuntu Desktop da versão 13.10 para a 14.04 beta 2
Como atualizar o Ubuntu Server da versão 13.10 para a 14.04 beta 2

Lembrando que com o Ubuntu 14.04, agora é possível:

  • Reduzir os ícones e o Lançador do Unity abaixo dos 32 Pixels, chegando até 16 Pixels;
  • Escolher se o menu das aplicações ficará no painel principal do Unity ou na própria janela;
  • Colocar o nome de usuário no painel junto ao Menu Principal;
  • Ter janelas sem bordas;
  • Ter cantos de janelas com Antialiase;
  • Visualizar o redimensionamento de janela em tempo real por padrão;
  • Selecionar entre as janelas abertas digitando o nome dela no Dash;
  • Usar um tela de bloqueio do próprio Unity;
  • Bloquear a tela com a combinação de teclas Windows+L;
  • Ter um Nautilus cada vez mais minimalista;
  • Ter TRIM habilitado por padrão para SSDs da Intel e Samsung;
  • Suporte Nvidia Optimus melhorado;
  • Suporte melhorado para a telas de alta resolução HiDPI (Retina);
  • Kernel 3.13;
  • Upstart 1.12.1;
  • Versões mais recentes do Firefox, Thunderbird, LibreOffice, Gedit, Shotwell e muitas outras aplicações em seu repositório padrão;
  • Muitas outrs novidades…

Para mais detalhes sobre o lançamento do Ubuntu, acesse esse link.

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje

This entry passed through the Full-Text RSS service — if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Instale o tema E17 GTK no Ubuntu e derivados

April 17, 2014, by Unknown - 0no comments yet
Quer dar um tom mais sombrio para o seu desktop? Então instale o tema E17 e veja como fica.
e17gtk-1
E17 é um tema projetado especificamente para o ambiente de grafico E17. É um tema escuro com cantos afiados e parece muito bem. É compatível com GTK 3.12 e 3.10, ele pode trabalhar em qualquer ambiente que usa GTK, como o Gnome, Unity, Xfce, Cinnamon e etc.

Conheça melhor o tema E17 GTK

Para saber mais sobre esse tema, clique nesse link.

Instalando o tema E17 GTK no Ubuntu e derivados

Para instalar o tema E17 GTK no Ubuntu e derivados a partir de um repositório, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione esses repositórios com os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:noobslab/themes

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora instale o programa com o comando:

sudo apt-get install e17gtk-theme

Depois de instalado, você pode usar o Unity Tweak Tool, Gnome-Tweak-Tool ou Ubuntu-Tweak para mudar ícones.

Via NoobsLab

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje

This entry passed through the Full-Text RSS service — if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Como consertar um sistema Ubuntu que não inicializa por causa de atualizações quebradas

April 16, 2014, by Unknown - 0no comments yet


style="display:inline-block;width:300px;height:250px"
data-ad-client="ca-pub-5924306787543768"
data-ad-slot="1744653256">

Nada pior do que um sistema que inicia por causa de atualizações quebradas. Para resolver o problema, veja aqui como usar um Ubuntu Live CD e alguns comandos.
erro__partição_Ubuntu


style="display:inline-block;width:468px;height:15px"
data-ad-client="ca-pub-5924306787543768"
data-ad-slot="3904088050">

Se o seu sistema Ubuntu não inicializa por causa de algumas atualizações quebrados e o bug foi corrigido nos repositórios, você pode usar um Ubuntu Live CD e chroot para atualizar o sistema e corrigi-lo.

Atenção! o procedimento a seguir é bastante arriscado e você precisa ter certeza do que está fazendo, por isso, faça por sua própria conta e risco.

Como conserta um sistema Ubuntu que não inicializa por causa de atualizações quebradas

Passo 1. Baixe a imagem ISO do Ubuntu;
Passo 2. Crie um CD/DVD ou pendrive de boot do Ubuntu, usando a imagem baixada;
Passo 3. Inicie o computador problemático a partir do CD/DVD ou pendrive de boot do Ubuntu. Selecione a linguagem e em seguida, clique no botão “Experimentar o Ubuntu”;
experimentar-ubuntu
Passo 4. Ao chegar ao desktop do Ubuntu, abra um terminal pressionando as teclas CTRL + ALT + T;
Passo 5. Você precisa descobrir a sua partição raiz de sua instalação do Ubuntu. Em uma instalação padrão do Ubuntu, a partição raiz é “/dev/sda1″, mas pode ser diferente para você. Para descobrir qual é a partição root, execute o seguinte comando:

sudo fdisk -l

Passo 6. Isto irá mostrar uma lista de discos rígidos e partições a partir do qual você terá que descobrir qual é a partição root. Para certificar-se de uma determinada partição é a partição raiz, você pode montá-la, usando o gerenciador de arquivos e verificando se ela contém as pastas que você normalmente encontra em uma partição de raiz, como “sys”, “proc” e “dev”;
particao-raiz-ubuntu
Passo 7. De volta ao terminal, monte a partição raiz com o comando abaixo (substitua PARTITICAO-ROOT pelo nome da sua partição raiz identificada no passo anterior);

sudo mount PARTITICAO-ROOT /mnt

Passo 8. Monte as partições /sys, /proc, /run e partições /dev, digitando o comando a seguir:

for i in /sys /proc /run /dev /dev/pts; do sudo mount --bind "$i" "/mnt$i"; done

Passo 9. Copie o arquivo resolv.conf. se você receber uma mensagem de erro sobre o resolv.conf ao copiá-lo, simplesmente ignore ela.

sudo cp /etc/resolv.conf /mnt/etc/

Passo 10. Inicie o chroot na partição rais que foi montada no sétimo passo;

sudo chroot /mnt

Passo 11. Agora atualize o Apt;

apt-get update

Passo 12. Por fim, atualize o sistema com o comando:

apt-get upgrade

ubuntu-chroot

Obviamente, como você está usando chroot e “enjaulou” sua instalação do Ubuntu, as alterações feitas nesse procedimento irão afetar ela e não o Live CD.

Via WebUpd8

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje

This entry passed through the Full-Text RSS service — if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.



Adicione um menu global Unity para aplicações Java Swing com JAyatana

April 16, 2014, by Unknown - 0no comments yet


style="display:inline-block;width:300px;height:250px"
data-ad-client="ca-pub-5924306787543768"
data-ad-slot="1744653256">

Se você usar aplicações Java Swing no Ubuntu, deve ter percebido que elas não possuem um menu global como os programas nativos do sistema. Para resolver essa pequena diferença de interface, você deve instalar o JAyatana.
java-globalmenu-netbeans


style="display:inline-block;width:468px;height:15px"
data-ad-client="ca-pub-5924306787543768"
data-ad-slot="3904088050">

Java Swing Ayatana é um projeto que traz Ubuntu menus global (AppMenu) e uma função parecida com o Dash, para aplicações Java Swing. Usando isso, você terá um Unity AppMenu e acesso a pesquisa de comandos para aplicações como: NetBeans IDE, IntelliJ IDEA, Android Studio, jDownloader e assim por diante.
java-hud

Conheça melhor JAyatana

Para saber mais sobre o programa, clique nesse link.

Instalando JAyatana no Ubuntu e derivados

Para instalar JAyatana no Ubuntu e derivados a partir de um repositório, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione esses repositórios com os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:danjaredg/jayatana

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora instale o programa com o comando:

sudo apt-get install jayatana

Uma vez instalado, faça logout e depois login novamente.

Via WebUpd8

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje

This entry passed through the Full-Text RSS service — if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.