Como instalar o jogo The Battle for Wesnoth 1.12.0 no Ubuntu

17 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Foi lançado há alguns dias o jogo de estratégia The Battle for Wesnoth 1.12.0. Se você se interessa por esse tipo de disputa, veja aqui com instalar ele no Ubuntu.
The Battle for Wesnoth
The Battle for Wesnoth (A batalha por Wesnoth), também chamado simplesmente de Wesnoth, é um game de estratégia baseado em turnos em um mapa hexagonal e que pode ser jogado em modo singleplayer e combate multiplayer on-line/hotseat. O jogo é programado em C++ e é um software livre, licenciado pela GPL.

Em Wesnoth, o jogador tenta construir um exército poderoso, controlando aldeias e derrotando inimigos. O jogo é vagamente baseado nos jogos para Sega Genesis, Master of Monsters e Warsong.

Essa versão traz muitas novidades para os jogadores e os criadores de conteúdo, bem como um vasto número de correções de bugs e pequenas melhorias. Uma nova facção multiplayer, uma interface renovada do jogo e um editor de mapas melhorado compreendem apenas uma pequena fração das mudanças que esta nova versão tem para oferecer aos veteranos de versões anteriores.

Para mais informações sobre essa versão, acesse a página oficial do jogo.

Veja a seguir algumas imagens do jogo:

Conheça melhor o Battle for Wesnoth

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar o Battle for Wesnoth no Ubuntu e seus derivados

Para instalar o Battle for Wesnoth no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo add-apt-repository -y ppa:vincent-c/wesnoth

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install wesnoth-1.12

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite wesnoth no Dash (ou em terminal, seguido da tecla TAB)

Via UbuntuHandbook

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog



Outra alternativa ao Office: instale o Calligra Suíte no Ubuntu

16 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Foi lançada recentemente a versão 2.8.7 do Calligre Suíte. Portanto, se você procura uma outra alternativa ao Office, experimente instalar o Calligra Suíte no Ubuntu.
outra alternativa ao office
Calligra Suite é uma pacote de aplicativos de escritório semelhante ao LibreOffice ou OpenOffice, estando disponível no Kubuntu e outros sistemas Linux baseados no KDE. Calligra contém os seguintes aplicativos: Words, Stage, Sheets, Flow, and Kexi (aplicativos de escritório), Krita and Karbon (manipulação de gráficos) e o Plan (gerenciamento de projetos).

A versão 2.8.7 traz diversas melhorias e correções de bugs. Para saber mais detalhes sobre essa versão, acesse o Changelog ou a nota de lançamento.

É aconselhável instalar o Calligra Office Suite 2.8.7 em sistemas que utilizam KDE, porque depende de muitas bibliotecas do KDE que serão instaladas em seu sistema, se estas já não estiverem. Por isso, se você estiver usando Gnome, Unity, Cinnamon e etc, prepare-se para ver um monte de pacotes sendo instalados e em alguns casos, infelizmente o programa poderá não conseguir executar.

Conheça melhor o Calligra Suíte

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar o Calligra Suíte no Ubuntu e ter uma outra alternativa ao Office

Para instalar o Calligra Suíte no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo add-apt-repository ppa:kubuntu-ppa/backports

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install calligra calligra-l10n-ptbr

Passo 5. Se você for usar usar o programa em um ambiente diferente do KDE, instale essa dependência com o comando a seguir;

sudo apt-get install kdelibs5-dev

Passo 6. Na sequencia, execute esse comando, para preparar o sistema para executar o Calligre Suíte fora do KDE;

kbuildsycoca4

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite calligra no Dash (ou em terminal, seguido da tecla TAB) e escolha um dos programas para usar.
calligra-dash

Via LinuxGeek

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog



Colocando o visual Material Design do Android no Linux

16 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Que tal colocar o visual do visual Material Design do Android no Linux? Então veja a seguir como instalar tema Paper, que leva o estilo Material Design do Android 5.0 Lollipop para o seu desktop.
material design do android no Linux Paper
Entre as muitas inovações introduzidas pelo Google no Android 5.0 Lollipop encontramos também a nova interface Material Design. Essa interface fornece um visual minimalista, que felizmente, também podemos colocar no Linux graças ao tema Paper.

Desenvolvido por Sam Hewitt, designer dos famosos ícones Moka, o Paper é um novo projeto de código aberto que tem como objetivo levar o visual minimalista desenvolvido pelo Google para os ambientes de desktop das principais distribuições Linux.

O projeto Paper ainda está sendo desenvolvido e em breve também irá incluir um conjunto de ícones dedicados a ressaltar ainda mais o visual do tema. Ele suporta os principais ambientes de desktop como o Gnome Shell, Unity, Cinnamon e etc.
screenshot

Conheça melhor o tema Paper

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Colocando o visual Material Design do Android no Linux

Para colocar o visual Material Design do Android no Linux, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Use o comando abaixo para baixar o pacote do tema:

wget  wget http://snwh.org/paper/paper-gtk-theme-alpha.tar.gz

Passo 3. Depois de baixar, execute o comando abaixo para descomprimir o pacote baixado;

tar xvzf paper-gtk-theme-alpha.tar.gz

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

bash install.sh

Passo 5. Na tela qe será exibida, responda a todas as perguntas com “Y” (sem as aspas) e depois tecle enter.
instalando-Paper

Pronto! Depois de instalar, você pode usar o Unity Tweak Tool, Gnome-tweak-tool ou Ubuntu-Tweak e mudar o conjunto de ícones, para um que combine melhor com o tema Paper. Um que em meus testes ficou legal foi o Moka, conforme mostra a imagem do inicio do texto.

Via lffl linux freedom

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog



Instalei o linux e agora? PostInstallerF 1.5 disponível para Fedora e Ubuntu

16 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Instalei o linux e agora? Está é a pergunta que muitos usuários novos fazem. Para ajudar a responder essa pergunta, está disponível para Fedora, Ubuntu e Manjaro, a nova versão 1.5 do PostInstallerF, uma ferramenta que permite instalar facilmente drivers, codecs e etc.
instalei o linux e agora
Devido a questões de licenciamento das principais distribuições Linux, como Ubuntu e Fedora, estas são liberadas apenas com drivers de código aberto e suporte para reprodução de arquivos multimídia livres.

Entretanto, depois de instaladas, o usuário pode instalar os softwares que precisa como drivers, plugins proprietários de terceiros e etc. Para tornar essa operação muito mais fácil e rápido, você pode usar ferramentas como o PostInstallerF.

PostInstallerF é permite concluir a instalação do Ubuntu, Fedora e Manjaro com apenas alguns cliques. Com ele você pode, por exemplo, instalar o repositório rpmfusion no Fedora, instale drivers da Nvidia, softwares preferidos mas não incluídos nos repositórios oficiais, tais como Skype, Steam e etc, tudo através de uma interface gráfica simples e intuitiva.
postinstallerf_fedora

Como você na foto acima, você pode fazer o seguinte a partir do menu Principal:

  • atualizar o seu sistema;
  • instalar utilitários de compressão;
  • instalar o plugin flash;
  • instalar repositórios adicionais como o RPMFusion;
  • Instalar extensões do Gnome Shell;
  • Instalar codecs de áudio/vídeo;
  • E muitas outras tarefas.

Conheça melhor o PostInstallerF e suas dependências

Para saber mais sobre esse PostInstallerF, clique nesse link.
Para saber mais sobre esse Y PPA Manager, clique nesse link.
Para saber mais sobre esse PackageKit, clique nesse link.

Como instalar o PostInstallerF 1.5 no Ubuntu e seus derivados

Para instalar o PostInstallerF no Ubuntu, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do Y PPA Manager com este comando:

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/y-ppa-manager

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o Y PPA Manager;

sudo apt-get install yad

Passo 5. Agora use o comando abaixo para instalar o Front-end de gerenciadores de pacotes PackageKit;

sudo apt-get install packagekit

Passo 6. use o comando abaixo:

wget -c http://sourceforge.net/projects/postinstaller/files/ubuntu/app-install-data-postinstallerf_1.0-6_all.deb
wget -c http://sourceforge.net/projects/postinstaller/files/ubuntu/postinstallerf_1.5-13_all.deb

Passo 7. Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i *postinstallerf*.deb

Passo 8. Caso seja necessário, instale as dependências do programa com o comando:

sudo apt-get install -f

No Ubuntu, caso você não goste desse programa, existe uma outra opção que já foi mostrada aqui no Blog:
Como Instalar o Ubuntu After Install no Ubuntu 14.04 e derivados

Como instalar o PostInstallerF 1.5 no Fedora e seus derivados

Para instalar o PostInstallerF no Fedora, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Mude para o usuário root com o comando;

su

Passo 3. Use o coamndo abaixo para instalar o aplicativo wget;

yum install wget

Passo 4. Baixe as informações do repositório com o comando;

wget -P/etc/yum.repos.d/ https://raw.github.com/kuboosoft/postinstallerf/master/postinstallerf.repo

Passo 5. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

yum update

Passo 6. Agora instale o programa com o comando:

yum install postinstallerf

Como instalar o PostInstallerF 1.5 no Manjaro

Para instalar o PostInstallerF no Manjaro, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Baixe o pacote de instalação com o comando;

wget -c http://sourceforge.net/projects/postinstaller/files/manjaro/postinstallerf-1.5-13-any.pkg.tar.xz

Passo 3. Agora instale o programa com o comando:

yaourt -U postinstallerf-1.5-13-any.pkg.tar.xz

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite postin em um terminal, seguido da tecla TAB.

Via lffl linux freedom e Unixman

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog



Instale o Sound Switcher Indicator no Ubuntu e derivados

16 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Se você vive alternando constantemente entre alto-falantes, fones de ouvido e som HDMI, experimente instalar o Sound Switcher Indicator no Ubuntu para simplificar sua vida.
Sound Switcher Indicator
Sound Switcher Indicator é um AppIndicator seletor de entrada/saída de som do Ubuntu. Ele permite mudar a entrada de som atual e de saída, bem como a porta de saída específica com apenas dois cliques.
Com ele, você pode, por exemplo, alternar entre fones de ouvido, alto-falantes e saída de som HDMI, com apenas dois cliques. Ou simplesmente alternar entre vários dispositivos de som, sem ter que ir nas opções de som das Configurações do Sistema.

Os recursos fornecidos pelo Sound Switcher Indicator não são algo que esteja faltando no Ubuntu, mas esta ferramenta torna muito mais fácil para aqueles que mudam constantemente entre alto-falantes, fones de ouvido e som HDMI por exemplo, e por conta disso, deve ser muito útil para alguns usuários do Ubuntu.

Conheça melhor o Sound Switcher Indicator

Para saber mais sobre o programa, clique nesse link

Instalando o Sound Switcher Indicator no Ubuntu e derivados

Para instalar o Sound Switcher Indicator no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Se ainda não tiver o repositório, adicione ele com o comando:

sudo apt-add-repository ppa:yktooo/ppa

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora instale o programa com o comando:

sudo apt-get install indicator-sound-switcher

Passo 5. O som Indicador Switcher não inicia automaticamente quando você faz login. Para fazer ele iniciar automaticamente, siga os passos desse tutorial e em “Nome”, digite “Sound Switcher Indicator” e em “Commando”, use: “indicator-sound-switcher”.

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog



Instalar Java no Linux: veja como fazer isso manualmente

15 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Java é uma linguagem e ao mesmo tempo uma plataforma importante. No Linux, cada distribuição tem seu modo de fornecer o Java e para dar aos usuários um método que funcione na maioria delas, hoje mostrarei como instalar Java no Linux manualmente (nesse caso o Java da Oracle).
instalar java no linux
Na maioria das distribuições Linux Java não vem instalada por padrão, o que obriga o usuário a o procedimento de instalação.

O passo a passo a seguir foi testado por min e possivelmente deverá funcionar na maioria das distribuições, desde que o usuário adapte as particularidades e endereço de arquivos aos comandos. Depois de feito uma vez, nas próximas atualizações, só será necessário repetir o primeiro procedimento.

Conheça melhor o Java

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar Java no Linux manualmente

Para instalar Java no Linux manualmente, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o Java:

wget -O jre-linux.tar.gz http://javadl.sun.com/webapps/download/AutoDL?BundleId=97358

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o Java:

wget -O jre-linux.tar.gz http://javadl.sun.com/webapps/download/AutoDL?BundleId=97360

Passo 5. Depois de baixar, crie a pasta “jvm” em “/usr/lib” com o comando:

sudo mkdir /usr/lib/jvm 

Passo 6. Execute o comando abaixo para descomprimir o pacote baixado, para a pasta criada;

sudo tar zxvf jre-linux.tar.gz -C /usr/lib/jvm

Passo 7. Crie um link simbólico para a pasta criada. Nas próximas atualizações, basta adaptar esse comando para o nome da pasta criada;

sudo ln -s /usr/lib/jvm/jre1.8.0_25 /usr/lib/jvm/java-8-oracle

Como configurar o ambiente Java no Linux manualmente

Para configurar o ambiente Java no Linux manualmente, faça o seguinte:
Passo 1. Crie uma cópia do arquivo /etc/profile;

sudo cp -a /etc/profile /etc/profile.original

Passo 2. Agora abra o arquivo com seu editor de texto favorito;

sudo gedit /etc/profile

Passo 3. Digite ou cole o texto abaixo dentro do arquivo. A seguir, salve e feche o arquivo;

JAVA_HOME=/usr/lib/jvm/java-8-oracle/
PATH=$JAVA_HOME/bin:$PATH export PATH JAVA_HOME
CLASSPATH=$JAVA_HOME/lib/tools.jar
CLASSPATH=.:$CLASSPATH
export  JAVA_HOME  PATH  CLASSPATH

ambiente-java
Passo 4. Reinicie o sistema para efetivar a mudança;

sudo reboot

Como instalar o plugin Java no navegador Firefox manualmente

Para instalar o plugin Java no navegador Firefox manualmente, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Para descobrir em que pasta estão os plugins do Firefox, execute o navegador e digite o comando abaixo na caixa de endereço;

about:plugins

plugins-firefox
Passo 2. Crie um link simbólico do plugin Java para a pasta de plugins do Firefox, digitando o comando abaixo em um terminal;

sudo ln -s /usr/lib/jvm/jre1.8.0_25/lib/amd64/libnpjp2.so /usr/lib/mozilla/plugins/libnpjp2.so

Passo 3. Para saber se o plugin está funcionando, acesse a página de verificação do Oracle Java e clique no botão “Verificar versão do Java”;

Como instalar o plugin Java no navegador Chrome manualmente(até versão 34)

Para instalar o plugin Java no navegador Chrome manualmente, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Para descobrir em que pasta estão os plugins do Chrome, execute o navegador e digite o comando abaixo na caixa de endereço. Na tela que aparece, se não for possível ver o endereço dos plugins, clique no link “Detalhes”;

chrome://plugins/

imagem
Passo 2. Crie um link simbólico do plugin Java para a pasta de plugins do Chrome, digitando o comando abaixo em um terminal;

sudo ln -s /usr/lib/jvm/jre1.8.0_25/lib/amd64/libnpjp2.so /opt/google/chrome/libnpjp2.so

Passo 3. Para saber se o plugin está funcionando, acesse a página de verificação do Oracle Java e clique no botão “Verificar versão do Java”;

Pronto! Com os procedimentos acima e pequenos ajustes, você terá o Java funcionando em seu sistema Linux.

Via Oracle e Viva o Linux

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog



Como instalar uma Dock estilo Mac OS X no Ubuntu

15 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Quer uma Dock estilo Mac OS X no ambiente gráfico do seu Ubuntu? Então simplesmente instale a Dock Plank e alguns temas para conseguir isso.
dock estilo mac osx plank
Plank é uma dock que pretende ser a dock mais simples do planeta. O objetivo é fornecer apenas o que é necessário em uma dock e absolutamente nada mais. Ela, no entanto, é uma biblioteca que pode ser estendida para criar outros programas de dock com recursos mais avançados.

Nela, há apenas três temas disponíveis por padrão. Mas você pode baixar e instalar o Plank Themer para obter mais 25 temas. Plank Themer é um pequeno programa que possibilita que você altere temas da dock Plank sem qualquer consumo adicional de recursos. Ele permite que você escolha os temas de forma rápida e fácil. Para ficar ainda mais simples, este pequeno programa escrito em bash script, agora está disponível via repositório PPA, para que o usuário faça uma instalação fácil e depois ainda possa receber as atualizações posteriores.

Conheça melhor a Docky Plank

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar uma Dock Launcher estilo Mac OS X no Ubuntu

Para instalar uma Dock Launcher estilo Mac OS X no Ubuntu 12.04/14.04/14.10/15.04 e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório da Docky Plank com este comando:

sudo add-apt-repository ppa:ricotz/docky

Passo 3. Se ainda não tiver, adicione o repositório do Plank-Themer com este comando:

sudo add-apt-repository ppa:ricotz/docky

Passo 4. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 5. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install plank plank-themer

Passo 6. Inicie o programa, digite plank no Dash ou em terminal, seguido da tecla TAB;
Passo 7. Clique com o botão direito do mouse sobre o primeiro ícone da dock e no menu que aparece, selecione a opção “Preferências”;
preferencias-planck
Passo 8. Em “Preferências”, clique na seta ao lado do campo “Theme” e selecione o tema “OSXLion” ou “OSXYosemite”;
escolhendo-tema
Passo 9. Aproveite que já está modificando as preferências e configure outros detalhes como a posição, o tamanho do ícone, alinhamento, comportamento do auto ocultar da dock e muito mais.
aparencia
comportamento

Para iniciar a dock Plank automaticamente ao fazer login, siga as instruções desse tutorial:
Como gerenciar a inicialização de aplicativos no Ubuntu

Via UbuntuHandbook

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog



Alternativa ao Dash: Instale o lançador de aplicações Synapse no Ubuntu

15 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Se você procura uma alternativa ao Dash, experimente instalar o lançador de aplicações Synapse no Ubuntu.
alternativa ao dash
Synapse é um poderoso lançador de aplicações para o Ubuntu Linux, que permite iniciar aplicações, bem como encontrar e acessar documentos e arquivos relevantes, fazendo uso do mecanismo de Zeitgeist. Além dessas características, o programa também é uma ótima alternativa ao Dash.

Com os plugins padrão habilitados, Synapse também permite que você encontre e execute comandos arbitrários, calcule expressões básicas, faça logout ou bloqueie a tela da sessão atual, desligue, reinicie, suspenda ou hiberne o computador, compartilhe imagens usando Imgur, conecte com um servidor com SSH e faça pesquisas na web.
synapse-ssh-command
Synapse suporta atalhos de teclado. Por padrão, você pode

  • Pressiona as teclas Ctrl + espaço, para abrir a caixa de pesquisa;
  • Não digitar nada e usar as teclas de direção para cima ou para baixo e navegar entre os resultados;
  • Pressionar Enter para executar a aplicação ou abrir o documento ou arquivo.

Conheça melhor o lançador de aplicações Synapse

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar o lançador de aplicações Synapse no Ubuntu e ter uma alternativa ao Dash

Para instalar o lançador de aplicações Synapse no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do Synapse com este comando:

sudo add-apt-repository ppa:synapse-core/ppa

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install synapse

Se você não quiser adicionar o PPA, faça o download pacotes (deb) synapse e synapse-dbg a partir da página do programa no Launchpad. Depois de baixar, instale-os clicando duas vezes nos arquivos.

Pronto! Com o programa instalado, quando quiser iniciá-lo, apenas digite synapse no terminal, seguido da tecla TAB.

Quando o programa estiver aberto, você pode configurar a inicialização automática, os atalhos de teclado e os plugins. Para fazer isso, use a janela de Preferências que fica no menu do indicador.
synapse-launcher-preferences2

Via UbuntuHandbook

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog



Resumo semanal – 08/12/2014 a 14/12/2014

14 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Você já conhece os 11 comandos Avconv para gravar, converter e extrair vídeos e áudio no Linux? Pois é isso mesmo, se você ainda não conhece isso é porque perdeu essa postagem, mas não se preocupe, leia o resumo semanal do blog e se atualize.
Resumo semanal - 08/12/2014 a 14/12/2014
Mas você já deve saber que o Fedora 21 já está disponível para download? Ou já viu tudo que foi publicado sobre a instalação do Flash player no Linux? Se ainda não sabe nada disso, confira a seguir tudo que foi postado no Blog durante essa semana e se informe sobre isso e muito mais.

Resumo semanal do Blog do Edivaldo de 08/12/2014 a 14/12/2014

08/12/2014

09/12/2014

10/12/2014

11/12/2014

12/12/2014

13/12/2014

Chegou o Ubuntu 14.10

O Ubuntu 14.10 já está disponível para download e se você estava na expectativa, é hora de baixar a nova versão do Ubuntu. Para fazer isso, acesse os links nessa postagem.

Como gravar a imagem ISO do Ubuntu 14.10

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:
Como gravar uma imagem ISO no Ubuntu

Como atualizar do 14.04 para o 14.10

Quem precisar atualizar do 14.04 para o 14.10, basta seguir esses tutoriais:
Desktop
Como atualizar o Ubuntu Desktop da versão 14.04 para a 14.10
Como atualizar o Ubuntu Server para uma nova versão

Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.10

Para quem acabou de mudar para o Ubuntu 14.04, uma boa ideia é dar uma olhadas na últimas dicas de coisas para fazer depois de instalar o sistema:
Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.10

Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.04

Para quem ainda está no Ubuntu 14.04, uma boa ideia é dar uma olhadas nas últimas dicas de coisas para fazer depois de instalar o sistema:
Dicas de coisas para fazer depois de instalar o Ubuntu 14.04


Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog



Alternativa ao office: Como instalar o Kingsoft WPS Office Alpha 16 Patch 3

12 de Dezembro de 2014, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Se você procura uma alternativa ao Office, que seja bastante parecida com o pacote da Microsoft, veja aqui como instalar o Kingsoft WPS Office Alpha 16 Patch 3 no Debian, Ubuntu e sistemas derivados.
Alternativa ao office wps office
O WPS Office ou Kingsoft Office é uma suíte de escritório proprietário que está tendo um sucesso notável, especialmente entre os usuários orientais. Graças à colaboração entre o Kingsoft Office International Community e a Canonical, a suíte de escritório tornou-se parte dos repositórios oficiais da distro Ubuntu Kylin, uma especificação oficial derivada do Ubuntu, voltada para os usuários chineses.

O pacote é composto de três aplicações: o aplicativo de processamento de texto Writer, o criador de apresentações de slides Presentation e o editor de planilhas Spreadsheets. Cada um dos aplicativos são incrivelmente parecidos com os seus homólogos da Microsoft.

Conheça melhor o Kingsoft WPS Office

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.
Para conhecer em detalhes todas as novidades do novo Alpha 16 Patch 3 do WPS Office para Linux é só consultar as notas de lançamento.

Veja a seguir, como instalar Kingsoft WPS Office Alpha 16 Patch 3 no Ubuntu 14.10 Utopic Unicorn, Ubuntu 14.04 Trusty Tahr, Ubuntu 12.04 Precise Pangolin, Linux Mint 17.1 Rebecca, Linux Mint 17 Qiana, Linux Mint 13 Maya, Elementary OS 0.3 Freya, Elementary OS 0.2 Luna, Pinguy OS 14.04, Deepin 2014, Peppermint Five, LXLE 14.04, Linux Lite 2.0 e em sistemas derivados destes.

Como instalar o Kingsoft WPS Office para ter uma alternativa ao Office

Para instalar o Kingsoft WPS Office no Debian, Ubuntu e sistemas derivados, e ter uma alternativa ao Office, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, abras as “Configurações do Sistema” e clique em “Detalhes”. Ou se preferir, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 64 bits e é um Ubuntu 13.10 ou superior, use o comando abaixo para acrescentar o a arquitetura i386 para o sistema de 64 bits e com isso obter todas as bibliotecas de 32 bits, necessárias para a instalação do pacote Kingsoft WPS Office:

sudo dpkg --add-architecture i386

Passo 4. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 5. Mas se seu sistema é de 64 bits e é um Ubuntu anterior ao 13.10 ou simplesmente não é um ubuntu, use o comando abaixo para acrescentar o a arquitetura i386 para o sistema de 64 bits e com isso obter todas as bibliotecas de 32 bits, necessárias para a instalação do pacote Kingsoft WPS Office:

sudo apt-get install ia32-libs

Passo 6. Use o comando abaixo para baixar o o pacote:

wget -O wps-office.deb wps-office.deb http://kdl.cc.ksosoft.com/wps-community/download/a16/wps-office_9.1.0.4945~a16p3_i386.deb

Passo 7. Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i wps-office.deb

Passo 8. Caso seja necessário, instale as dependências do programa com o comando:

sudo apt-get install -f

Passo 9. Baixe um script com esse comando;

wget http://wps-community.org/download/tools/fix-menu.sh

Passo 10. Torne o script executável com este outro comando;

sudo chmod +x fix-menu.sh

Passo 11. Finalmente, execute o script:

./fix-menu.sh

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite programa no Dash (ou em terminal, seguido da tecla TAB)

Via site

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje



Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite freeciv no terminal, seguido da tecla TAB.

Via LinuxGeek

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


This entry passed through the Full-Text RSS service - if this is your content and you're reading it on someone else's site, please read the FAQ at fivefilters.org/content-only/faq.php#publishers.
Want something else to read? How about 'Grievous Censorship' By The Guardian: Israel, Gaza And The Termination Of Nafeez Ahmed's Blog