Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Blogosfera d...
Tela cheia Sugerir um artigo

Thiago Freire: Rails Summit - Segundo Dia

29 de Maio de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 553 vezes

No segundo dia, eu já cheguei na hora da palestra da Phusion. Muito legal a palestra, brincaram bastante com Star Wars, Scarlett Johansson e Megaman. O conteúdo da palestra foi muito interessante, ensinaram alguns conceitos de deployment, e como fazer sua aplicação escalar. Eu já sabia algo nesse sentido, na camada dos web servers, mas nada na camada do banco de dados, nem na parte de caching, então foi muito instrutiva. Depois eles falaram brevemente sobre uma aplicação que eles fizeram, chamada Yuumi. Tem uma integração com Twitter, SMS, um sistema de votação parecida com Digg. Eles também embutiram comentários num blog, com o plugin yuumius_comments.

Logo após, teve um Coffee Break e a palestra de Charles Nutter e Thomas Enebo, que eu não assisti. Fiquei uma hora no sofá, esperando a palestra de Jay Fields, sobre imaturidade dos testes. Basicamente, ele falou mal de todos os frameworks que existem pra fazer testes. Não disse que você não deve usar nenhum, mas que, obviamente, todos eles possuem desvantagens e você deve estar atento a isso. É que as pessoas estão muito empolgadas com testes, e achando que são perfeitos e não falham. Foi engraçado ver ele falando mal do RSpec com David Chelimsky assistindo.

Depois fui assitir a palestra de Manoel Lemos, que também teve a participação de Ronaldo Ferraz e Nando Vieira. Eles falaram sobre a história da WebCo e como ela está atualmente. Lemos contou a história do BlogBlogs e os problemas que teve por falta de conhecimento em deploy de rails. Mostrou como superou esses problemas e fez a empresa crescer. Ronaldo falou sobre search engines, e como eles criaram uma abstração para que possam utilizar qualquer solução, por meio de drivers. E Nando contou como eles aplicam Scrum na empresa. Gostei do que ouvi, e pude conhecer mais como a WebCo trabalha. Até então era só uma empresa com um monte de gente boa em Rails, e que diziam ser maravilhosa. Acho que agora também posso dizer que parece ser mesmo bom trabalhar lá :)

[Continue lendo]

No segundo dia, eu já cheguei na hora da palestra da Phusion. Muito legal a palestra, brincaram bastante com Star Wars, Scarlett Johansson e Megaman. O conteúdo da palestra foi muito interessante, ensinaram alguns conceitos de deployment, e como fazer sua aplicação escalar. Eu já sabia algo nesse sentido, na camada dos web servers, mas nada na camada do banco de dados, nem na parte de caching, então foi muito instrutiva. Depois eles falaram brevemente sobre uma aplicação que eles fizeram, chamada Yuumi. Tem uma integração com Twitter, SMS, um sistema de votação parecida com Digg. Eles também embutiram comentários num blog, com o plugin yuumius_comments.

Logo após, teve um Coffee Break e a palestra de Charles Nutter e Thomas Enebo, que eu não assisti. Fiquei uma hora no sofá, esperando a palestra de Jay Fields, sobre imaturidade dos testes. Basicamente, ele falou mal de todos os frameworks que existem pra fazer testes. Não disse que você não deve usar nenhum, mas que, obviamente, todos eles possuem desvantagens e você deve estar atento a isso. É que as pessoas estão muito empolgadas com testes, e achando que são perfeitos e não falham. Foi engraçado ver ele falando mal do RSpec com David Chelimsky assistindo.

Depois fui assitir a palestra de Manoel Lemos, que também teve a participação de Ronaldo Ferraz e Nando Vieira. Eles falaram sobre a história da WebCo e como ela está atualmente. Lemos contou a história do BlogBlogs e os problemas que teve por falta de conhecimento em deploy de rails. Mostrou como superou esses problemas e fez a empresa crescer. Ronaldo falou sobre search engines, e como eles criaram uma abstração para que possam utilizar qualquer solução, por meio de drivers. E Nando contou como eles aplicam Scrum na empresa. Gostei do que ouvi, e pude conhecer mais como a WebCo trabalha. Até então era só uma empresa com um monte de gente boa em Rails, e que diziam ser maravilhosa. Acho que agora também posso dizer que parece ser mesmo bom trabalhar lá :)

Fiquei na mesma sala, pra assistir Vinícius Teles. Também foi uma grande palestra, sobre empreendedorismo. Ele contou um pouco da experiência dele com a ImproveIt, e como foi a decisão de mudar de uma empresa que oferece serviços pra uma que oferece produtos. Ele mostrou como você pode ter sucesso fazendo produtos pra pequenos nichos, com uma empresa pequena. Disse também que não é tão difícil fazer algo mesmo não estando em grandes centros como São Paulo e Rio, e deu justificativas.

Depois disso eu fiquei no saguão, ajeitando algumas coisas do blog. Teve um momento em que várias pessoas se juntaram pra gravar um videocast pro RailsBox Podcast. Fechei meu MacBook e fui pra lá. Depois de meia hora "gravando", descobriu-se que na verdade Davis só tinha gravado os 3 primeiros minutos, que foi o pessoal se apresentando. Pelo menos, Ozéias tinha gravado o áudio.

Após esse acontecimento estranho (pra não dizer outra coisa), fomos todos pra palestra de Obie Fernandez. Foi sensacional. Todos adoraram a palestra, que foi até longa. Obviamente, ele falou sobre como a Hashrocket funciona, e porque ele não tem nenhum cliente egípcio. É uma empresa que, pelo menos até agora, vem dado certo e que é bem diferente de empresas tradicionais. E de muitas outras empresas que utilizam Rails e Metodologias Ágeis. Falou sobre pair programming, Scrum, Rails Rumble e do dia-a-dia da empresa.

Depois da última palestra, teve o encerramento do evento, com um coquetel. Ficou muita gente lá, conversando e se divertindo. No final, achei que Obie fez a melhor palestra. Mas tenho também que falar do talento (em apresentar alguma coisa) de Dr Nic, Chad Fowler e os caras da Phusion. O evento foi ótimo, as palestras foram legais e surgiu até um projeto lá, onde várias pessoas colaboraram. Mas o melhor do evento foi (e acho que todo mundo vai dizer isso) conhecer as pessoas. Tanto as que eu já conhecia pela internet, quanto as que eu não conhecia realmente. Pessoas como Ozéias Santana, Davis Cabral e Charleno Pires, que é muito engraçado. Além, é claro, de todo o pessoal da aprendendo-rails: Elomar, William, Juarez, Raúl e o outro William. Até apareceram outras pessoas que estão na lista, mas eu não falava muito, como Marcos e Ricardo.

Segundo Gilberto Mautner e Akita, terá um Rails Summit em 2009. Se tiver, estarei lá com certeza. Até lá, espero ir em algum outro evento local sobre Rails. Ou até, quem sabe, criar um aqui em Salvador. Valeu muito a pena todo o dinheiro gasto, e todas as horas extras que terei que fazer no trabalho pra repor o que eu faltei :)


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/freireag/~3/ukuPH7TnJBY/rails-summit-segundo-dia

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.