Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Vida longa às revoluções

11 de Setembro de 2013, 15:11 , por Mariel Zasso - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1167 vezes

Os Flinstones encontram os Jetsons. (Hanna&Barbera/reprodução)

Por Thomas Soares

 

Perdi um herói :-( Lembro vividamente da palestra de Richard Mattew Stallman em 2001, no primeiro dia do primeiro Fórum Internacional Software Livre. Foi o evento que marcou o nascimento de nosso glorioso Fórum... Sempre preferi “free software” ao dito “open source”, mas nunca consegui seguir à risca a postura de RMS, radicalmente avesso a qualquer tipo de ferramenta não GPL. Quando existe a versão Livre e ela atende razoavelmente, sempre usei esta... Mas infelizmente tenho até hoje código não Livre em meus computadores.

Neste último fisl, o 14, a atração principal na feira foi, sem dúvida, a ruidosa e maravilhosa bobina de Tesla. Ela é uma demonstração de todo um grande conjunto de tecnologias propostas por Nikola Tesla que até hoje são largamente ignoradas tanto pela Academia quanto pela Indústria. Há três anos venho tentando trazer para o contexto do fisl as propostas e exemplos do que se convencionou designar por Revolução Energética (RE). Não é o tema deste artigo tratar especificamente dos assuntos da RE. Apenas aponto o fato de que existe a Energia Livre (EL). Livre no sentido de que está em todas as partes do Universo e é a própria essência dele, sua constituição mais primeva. E ao acessar essa EL podemos ter qualquer quantidade de potência elétrica, em qualquer parte, sem restrição, sem poluição, etc... Livre como em “free beer” e não como em “free speech”!

Este ano fiquei um pouco triste ao ver RMS, já no cair da tarde de sábado, em uma banquinha improvisada com os restos de um stand já abandonado por seus donos, vendendo tralhas da marca GNU. Nada contra isso!! Afinal ele é famoso por práticas como esta e precisa avidamente de cada trocado que puder obter. Ocorreu que aproveitei a situação para lhe indagar sobre a Energia Livre, mais como um pretexto para mostrar a ele alguns dispositivos que levei para expor no fisl. Qual não foi minha surpresa ao receber dele a seguinte afirmação, a qual reproduzo aqui de memória: "Eu sou Físico formado. Eu sei que isso de Energia Livre Não existe, não é possível".

Tentei argumentar citando o conhecido Efeito Casimir, o qual demonstra a existência daquilo que os próprios Físicos designam como o “Campo de Flutuações Quânticas”, também conhecido como “Zero Point Field”. Esta é justamente a fonte de potencial energético que se pode acessar para obter Energia Livre. Porém, esta minha petulância de querer argumentar com um “Físico formado” recebeu uma resposta mais ou menos assim: "Você está atrapalhando o meu ponto de venda. Por favor saia!" Minha decepção foi tamanha que fiquei grato pelo fato de ser parte da organização do evento e como tal ter o dever de manter a compostura... E assim me controlei.

Nas semanas subsequentes seguidamente me veio a imagem de RMS em sua luta contra a postura da HP quanto aos drivers de uma impressora, aquilo que lhe motivou a inaugurar o movimento Software Livre... Será que na época não teriam dito a ele algo como o que ele me disse sobre a Energia Livre? Não é assim que cada geração reage quanto a próxima lhe aponta os próximos rumos? Alguém dizer que sabe o suficiente para afirmar que algo seja “impossível” não é o tipo de absurdo contra o qual lutamos em cada uma das Revoluções?

Desde 1890 Tesla já demonstrava feitos que para os de seu tempo eram exemplos de mágica. Como por exemplo um barquinho controlado por comunicação sem fio cuja fonte de energia era a própria portadora do sinal que o controlava. Ou seja, comunicação sem fio e transmissão de potência elétrica sem fio em 1890! Impossível?

O que a RE propõe é simplesmente a Liberdade Energética de todos, em todos os lugares, para sempre, sem limites. Não é algo similar ao que defende a licença GPL para o software? A premissa de que não há o suficiente para bilhões de pessoas neste planeta é a raiz de todos os problemas atuais. E esta “impossibilidade” é a força motriz por trás de ações terríveis contra a raça humana no sentido de diminuir a população mundial: eugenia. Assim, ao afirmar que a Energia Livre não existe, pessoas como RMS estão condenando nosso futuro a um cenário de Mad Max... Vivemos como os Flintstones quando já poderíamos ser os Jetsons.

Para dar a todos o padrão médio de vida dos EUA seriam necessárias várias Terras – COM AS TECNOLOGIAS ATUAIS. Mas após a eclosão final da RE, as tecnologias disponíveis trarão paz e prosperidade para dezenas de bilhões de pessoas, sem poluição, sem fome, sem violência – em fim – sem qualquer tipo de escassez. O feudalismo só se transformou mas ainda é o que rege praticamente todo o planeta.

O Software Livre sustentou o surgimento da Internet e a grande rede está permitindo o despertar das pessoas, pois conhecimento é poder... Nós, os 99%, estamos abrindo os olhos depois de milhares de anos de coma induzido e os 1% que tem controlado a tudo e a todos não podem mais impedir a Revolução final, aquela que nos levará às estrelas. No próximo fisl, traremos nosso “disco voador” !

Feliz aniversário, Associação Software Livre.Org !!! :-)

 


Tags deste artigo: revolução energética energia livre software livre

Eventos de Software Livre no Brasil