Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Sharp lança computador de bolso movido a Linux

31 de Agosto de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 2170 vezes

Entre 2002 e 2006 a Sharp lançou uma linha de PDAs da família Zaurus baseados em Linux, com uma mistura do sistema operacional Embedix, da Lineo, e o ambiente gráfico Qtopia, da Trolltech. Apesar de despertar bastante interesse, especialmente entre os desenvolvedores e entusiastas do Software Livre, as máquinas não foram um sucesso de vendas e a linha foi descontinuada.

Mas a Sharp não se esqueceu do Pinguim, e o mais novo produto anunciado no Japão é um “flashback” à primeira metade da década. O NetWalker PC-Z1 é um MID (Mobile Internet Device) baseado em um processador Freescale i.mx51 (baseado na arquitetura ARM) rodando a 800 MHz, acompanhado por 512 MB de RAM e 4 GB de memória flash, com um monitor LCD de 5 polegadas com resolução de 1024 × 600 pixels, a mesma usada na maioria dos netbooks com telas de 9 ou 10 polegadas.

A diminuta máquina (mede 6,14×10,87×1,97 cm e pesa apenas 409g) tem interface Wi-Fi 802.11 b/g e uma bateria (não removível) que segundo o fabricante tem autonomia de 10 horas. O sistema operacional é uma versão customizada do Ubuntu, com um “menu inicial” com ícones grandes na tela que facilitam o acesso aos programas mais comuns mesmo com o diminuto teclado. Um sistema de bolso movido a Linux com teclado QWERTY? Onde já vimos isso antes… claro, no Zaurus CL-3000, da própria Sharp.

Vale lembrar que o único MID de sucesso mundial, embora também possa ser classificado como netbook, é o Vaio P, da também japonesa e rival Sony, pesando 620g.

Infelizmente a Sharp não tem planos oficiais para lançar o NetWalker fora do Japão, onde o portátil chega às lojas em 25 de Setembro com preço sugerido de 45 mil ienes, o equivalente a R$ 910.


Fonte: Geek


Tags deste artigo: software livre sharp linux

Eventos de Software Livre no Brasil