Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Lançada a versão 2.30 do GNOME!

4 de Abril de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1735 vezes

Two-thirtyO GNOME 2.30 é a versão mais recente do Ambiente GNOME: um popular ambiente de trabalho multiplataforma para seu computador.

O foco do GNOME é a facilidade de uso, estabilidade, internacionalização de primeira classe e suporte à acessibilidade. O GNOME é livre e de código aberto e fornece todas as ferramentas comuns que usuários esperam de um ambiente moderno de computador, como e-mail, software colaborativo, navegador web, gerenciamento de arquivos, multimídia e jogos. Além disso, o GNOME proporciona uma plataforma flexível e poderosa para desenvolvedores de software, tanto para desktop como para aplicativos móveis.

Figura 1 ‒ GNOME 2.30

O Ambiente GNOME é lançado a cada seis meses e contém muitos novos recursos, melhorias, correções de falhas e traduções. O GNOME 2.30 continua esta tradição. Para aprender mais sobre o GNOME e suas qualidades que o distinguem de outros ambientes de trabalho (como usabilidade, acessibilidade, internacionalização e liberdade) visite a página Sobre o GNOME no nosso site.

Junte-se a nós hoje e veja a diferença que você pode fazer.

O GNOME 2.30 inclui todas as melhorias feitas no GNOME 2.28 e versões anteriores. Você pode aprender sobre as mudanças que aconteceram no GNOME 2.28 nas suas notas de lançamento.

2 Tenha o seu material do GNOME!

A Fundação GNOME tem orgulho de anunciar a inauguração da GNOME Store, implementada pela Zazzle. Você pode ajudar o GNOME comprando camisetas e canecas na nova GNOME Store. Visite a GNOME Store e mostre hoje mesmo que você apoia o GNOME!

Figura 2 ‒ Camisetas GNOME

O Amigos do GNOME é uma maneira de pessoas comuns apoiarem a missão do GNOME de prover um ambiente livre e de código aberto para todos, independente de suas habilidades. Sem propaganda ou extensão, a fundação arrecadou mais de $29.000 em 2009 de pessoas generosas. O dinheiro ajudou com hackfests, eventos locais e programas que em troca permitiram ao projeto GNOME criar um ambiente de trabalho internacionalizado, acessível e com softwares fáceis de usar, tanto para computadores como para dispositivos móveis.

Visite o Site do Amigos do GNOME.

3 O que há de novo para usuários

O foco do Projeto GNOME nos usuários e na usabilidade continua no GNOME 2.30 com suas centenas de correções de falhas e melhorias pedidas por usuários. O grande número de melhorias torna impossível listar todas as alterações feitas, mas estas notas tentam destacar algumas das melhorias mais interessantes e orientadas a usuários nesta versão.

3.1 Veja mais arquivos

GNOME 2.30 inclui atualizações do Nautilus, o gerenciador de arquivos do GNOME. O Nautilus tem algumas mudanças de interface de usuário, incluindo um novo modo de exibição dividido, e agora tem o modo de navegação habilitado por padrão, substituindo o modo espacial.

Figura 3 ‒ Nautilus

3.2 Mensageiro Instantâneo Empathy

O mensageiro instantâneo e aplicativo de comunicação do GNOME, o Empathy, feito usando a infraestrutura de comunicações Telepathy, ganhou vários novos recursos para ajudar a comunicação entre usuários.

Quando falhar a conexão de uma conta no Empathy, agora ele exibe uma barra de informações com um botão que facilita a tentativa de conectar novamente ou editar as configurações da conta.

Você pode agora enviar arquivos arrastando-os e soltando-os sobre o contato na lista ou na janela de bate-papo enquanto você está conversando com um amigo.

A funcionalidade do IRC no Empathy foi atualizada para incluir suporte aos comandos comuns do IRC, como /join ou /nick, e você pode agora entrar em salas protegidas por senhas.

Outras atualizações incluem suporte para incluir e configurar facilmente o bate-papo do Facebook e as janelas de bate papo agora exibirão uma janela de busca para ajudar a encontrar textos facilmente enquanto você conversa com seus amigos.

3.3 Fácil sincronização

Tomboy Notas teve algumas atualizações e agora pode sincronizar automaticamente suas notas com o background ao invés de requerer a sincronização manual. Você também pode configurar quantas vezes o Tomboy deve sincronizar automaticamente nas suas preferências.

O tempo de inicialização do Tomboy foi drasticamente melhorado e agora ele inicia quase instantaneamente.

As funcionalidades de copiar e colar foram melhoradas e agora você pode copiar e colar HTML de notas em outros aplicativos como o OpenOffice.org, Evolution ou outros. A formatação de suas notas é preservada assumindo que o aplicativo em que você está colando a informação entenda HTML.

Outras melhorias no Tomboy incluem suporte ao Microsoft Windows 7®, com o Tomboy presente na barra de tarefas e no menu Iniciar do Windows. A renomeação de notas no Tomboy foi melhorada para oferecer uma forma segura de renomear notas e um maior controle quando se está renomeando uma nota para que você não renomeie acidentalmente os links em outras notas do Tomboy.

3.4 Gerencie seus usuários seguramente

Ferramentas de Sistema do GNOME tem um grande número de melhorias que tornam mais fácil e seguro gerenciar os usuários do seu computador. Ferramentas de Sistema do GNOME agora trabalha com Policykit para autenticação, removendo o botão Destravar para gerenciar usuários e serviços.

O diálogo para criar um usuário foi melhorado e somente requer que você informe o nome do novo usuário, e assim sugestões para nomes de usuário serão incluídas. Ao criar a conta, tudo "simplesmente funcionará"! Isso também inclui suporte para criptografar diretórios pessoais para novos usuários.

Você não pode mais perder seus próprios direitos administrativos acidentalmente. Você agora solicitará a sua senha atual antes de modificá-la, então suas chaves e criptografia de seus diretórios pessoais não serão quebrados. Ao remover uma conta de usuário, a possibilidade de excluir seu diretório pessoal agora é uma opção.

Ao gerenciar usuários existentes você pode escolher quais das contas específicas tem a preferência de escolher privilégios ocultos, facilitando a adição e remoção de habilidades de outros usuários.

3.5 Saiba o que você está fazendo

O miniaplicativo Gerenciador de Tempo, que o ajuda a gerenciar o seu tempo e as suas tarefas, inclui uma série de novas melhorias.

Um novo modo independente foi criado além do miniaplicativo do painel. Dependendo da sua distribuição, o Gerenciador de Tempo está disponível em seu menu GNOME em AplicativosAcessóriosGerenciador de Tempo.

Visualizar e criar relatórios baseados em suas atividades teve melhorias, você pode agora criar etiquetas em suas atividades e a visão geral pode também ser filtrada por todos os aspectos de suas atividades.

Figura 4 ‒ Gerenciador de Tempo Autônomo com etiquetas de atividades

3.6 Gerencie seus PDFs

O Evince, visualizador de documentos, melhorou o suporte a impressão. A configuração de página agora está incluída na caixa de diálogo de impressão e uma nova aba para diversas opções foi adicionada.

O Evince no Microsoft Windows® agora inclui suporte a impressão, PostScript e quadrinhos.

Outras atualizações do Evince introduzem a inclusão de modo de cores invertidas; atualizações ao modo de apresentação; a possibilidade de anotações em arquivos PDF e suporte para arquivos remotos nas miniaturas.

3.7 Navegue na Web

O navegador de internet Epiphany teve inúmeras falhas e regressões corrigidas e algumas funcionalidades foram adicionadas.

Epiphany agora pode lembrar as senhas utilizando o gnome-keyring.

Epiphany tem uma nova opção de configuração para habilitar ou desabilitar todos os plugins, como o Flash ou o Java. Ele agora também te avisa quando você está visualizando um site com um certificado SSL inválido.

Entre as funcionalidades que retornaram ao Epiphany estão:

  • Visualização da impressão está disponível novamente.
  • Você agora pode clicar com o botão direito em uma página da internet para baixar e salvar um objeto, assim como uma imagem.
  • O suporte a favicons foi restaurado.
  • As setas de navegação voltaram.
  • Quando você clica com o botão do meio do mouse, o conteúdo que está na sua área de transferência será colado.
  • Os menus de contexto do Epiphany estão de volta e são compatíveis com a personalização dos menus das páginas, como no Google Docs.
Figura 5 ‒ Navegador Web Epiphany

O Epiphany também adicionou opções de configurações avançadas no GConf. Você pode habilitar o suporte para User Agents e modificar sua ferramenta de buscas padrão diretamente dentro do GConf.

Epiphany-extensions tem algumas novidades incluindo html5tube que substitui o Flash do YouTube com o HTML5 e não requer que você tenha o Flash instalado. O plug-in tab-key-tab-navigate permite que você use as teclas Ctrl+Tab para navegar entre as abas. A extensão sidebar foi removida.

3.8 Conexão remota

O Vinagre, um cliente do GNOME que permite a conexão remota a outros computadores, adicionou suporte para tunelamento SSH, permitindo que você acesse remotamente uma máquina com muito mais segurança através do túnel SSH. Você precisará de uma conta SSH no cliente remoto. Você pode digitar suas senhas e outras informações sabendo que sua conexão está segura.

Conectar-se a computadores usando uma conexão lenta tornou-se mais prático porque agora você pode escolher uma profundidade de cores baixa e pode habilitar a compressão JPEG. Estas opções estão disponíveis no diálogo de conexão do Vinagre.

Um novo modo ouvinte foi adicionado permitindo que a máquina remota que você está acessando e controlando se conecte a você. Isto é útil quando a conexão remota está atrás de um firewall ou o roteador não permite a conexão através do processo de conexão normal. Habilitando a conexão reversa no Vinagre e informando seu endereço IP ao usuário que você está tentando se conectar, o usuário remoto pode conectar-se a você.

3.9 Mas espere, tem mais...

Assim como as grandes mudanças, há também várias pequenas adições e ajustes que aparecem em todo lançamento do GNOME.

  • Novas fontes podem ser instaladas bastando dar um clique duplo sobre uma fonte no Nautilus.
  • Gedit melhorou a integração com o Mac OS® X e os plug-ins Python agora estão funcionando na versão para Windows. O plug-in de Snippets do Gedit foi migrado para um novo framework de completamento. O plug-in de verificação ortográfica agora está habilitado para verificar comentários e strings em linguagens de programação.
  • Quando você escolhe vários modelos de teclado o ícone de estado automaticamente aparecerá na área de notificação.
  • File Roller instalará os pacotes necessários utilizando o PackageKit se o arquivo que você estiver tentando abrir não tiver o devido aplicativo instalado.
  • Brasero copiará com mais precisão CD's de áudio utilizando o plug-in cdda2wav. Brasero está agora integrado ao PackageKit e tem suporte a pesquisas utilizando o Tracker.
  • O Terminal do GNOME agora tem suporte para rolagem ilimitada, salvamento de rolagem e cores em negrito.
  • Os dispositivos iPod® e iPod Touch® agora receberam suporte parcial pelo gvfs graças à biblioteca libmobiledevice. Sincronização de músicas, acesso a dados e download de fotos obtiveram suporte completo. Para uma lista completa das funcionalidades com suporte, página da libmobiledevice.
  • A Calculadora tem como novidade uma interface de usuários mais simples. Funções agora são digitadas, como s_i_n para seno em vez de k.
  • Como parte do grande número de correções, o Painel do GNOME corrigiu uma falha que estava pendente há muito tempo, que se trata de miniaplicativos que não vão mais mudar de posição aleatoriamente quando a resolução de tela for alterada.
  • O Indicador de Teclado do GNOME foi removido do GNOME Applets. Se você usa mais de um modelo de teclado, o Indicador de Teclado do GNOME aparecerá automaticamente na sua área de notificação através do gnome-system-daemon.
  • Preferências de Teclado do GNOME tem uma interface gráfica atualizada.
  • Gnometris foi renomeado para Quadrassel e o Same GNOME agora é conhecido como Swell Foop. Swell Foop e Gnibbles tem um novo mecanismo acelerador 3D baseado no Clutter.

4 O que há de novo em acessibilidade

O GNOME tem uma intensa paixão por fazer software disponível para todos, incluindo aqueles usuários e desenvolvedores com deficiência que podem ter dificuldade de usar o computador. Para ajudar, o GNOME criou o Projeto de Acessibilidade GNOME e uma infraestrutura de acessibilidade que hoje é padrão em ambientes de trabalho livres.

GNOME 2.30 continua seu progresso na área de acessibilidade com muitas melhorias.

4.1 Leitor de Tela Orca

O leitor de tela Orca teve um trabalho significativo realizado para reduzir falhas e melhorar a performance, com mais de 160 falhas corrigidas para o GNOME 2.30. Algumas das melhorias incluem:

  • A tela de preferências foi atualizada para melhorar o Orca em netbooks.
  • Você agora pode executar o "orca --replace" para iniciar um novo processo do Orca, no qual matará quaisquer outros processos do Orca que estejam em execução.
  • Orca tem uma nova caixa de diálogo "Sobre".

4.2 Outras atualizações de acessibilidade

Foi um trabalho significativo remover o Bonobo da acessibilidade do GNOME. A implementação D-Bus do AT_SPI tem sido feita lado a lado com a implementação do CORBA. GNOME 2.30 é a última versão oficial a ter suporte a implementação do CORBA, com D-Bus substituindo o Corba no GNOME 3.0.

Se você é apaixonado por fazer o GNOME acessível a todos os usuários, agora é uma ótima hora para se juntar ao time de Acessibilidade. Ajude a fazer o GNOME melhor para usuários portadores de necessidades especiais e participe da lista de discussão de Acessibilidade do GNOME para saber mais.

5 O que há de novo para desenvolvedores

As seguintes alterações são importantes para desenvolvedores utilizando a plataforma de desenvolvimento do GNOME 2.30. Se você não está interessado nas mudanças para os desenvolvedores, você pode pular para Seção 6 ― Internacionalização.

Assim como o Ambiente GNOME, o GNOME 2.30 é o lançamento mais recente da plataforma de desenvolvimento GNOME, um conjunto de API- e bibliotecas ABI-stable disponíveis sob a GNU LGPL que pode ser usada para o desenvolvimento de aplicativos multiplataforma.

Removendo o uso de bibliotecas obsoletas

Começando com o GNOME 3.0, várias partes obsoletas do GNOME serão removidas. Estes componentes obsoletos incluem bibliotecas como a libart_lgpl, libbonobo, libbonoboui, libglade, libgnome, libgnomecanvas, libgnomeprint, libgnomeprintui, libgnomeui e libgnomevfs. Para aplicativos que são empacotados como partes do Ambiente GNOME, uma série de tarefas de limpeza foram adotadas para garantir que nenhum código obsoleto seja utilizado. Isso irá garantir uma transição mais suave para o GNOME 3.0.

Desenvolvedores são enfaticamente aconselhados a seguir esses exemplos em seus próprios aplicativos também. Além disso, para qualquer desenvolvedor (ou potenciais desenvolvedores) que querem nos ajudar, a página do wiki GNOME goals lista as várias tarefas que ainda não foram concluídas. Uma visão geral automaticamente criada e atualizada do trabalho restante para módulos que têm suporte para a ferramenta de compilação jhbuild pode ser encontrada aqui.

5.1 Limpeza de Plataforma

Grandes esforços foram prometidos para remover módulos obsoletos e funcionalidades no caminho para o GNOME 3.0.

Vários aplicativos também removeram o uso de símbolos obsoletos do GTK+ e do GLib e adotaram a nova política de apenas incluir cabeçalhos de nível superior do GTK+ e do GLib.

5.2 GTK+ 2.20

GTK+ 2.20 é o último lançamento do GTK+, que é o coração do GNOME. O GTK+ 2.20 inclui novas funcionalidades para desenvolvedores, assim como uma extensiva correção de falhas e limpeza para o GTK+ 3.0 que vem por aí.

O GTK+ também tem ganhou algumas melhorias, incluindo:

  • Um widget, GtkSpinner, e um renderizador de célula, GtkCellRendererSpinner foram adicionados.
  • GtkToolPalette é um novo recipiente para mostrar itens de ferramenta em grupos flexíveis.
  • GtkNotebook agora pode ter widgets de ação próximo às abas.

5.3 Empathy

libempathy e libempathy-gtk foram removidos e os desenvolvedores devem usar o telepathy-glib.

5.4 Anjuta

O Anjuta melhorou o autocompletar de códigos, incluindo o completamento de ".", "->" and "::" para C e C++.

Autocompletar agora está completamente assíncrono, ele não vai mais atrapalhar quando você estiver digitando.

Anjuta agora tem suporte a símbolos Vala no gerenciador de símbolos; Suporte completo a JavaScript, incluindo autocompletar, depuração e construção; e suporte básico para projetos.

5.5 Melhorias na plataforma GNOME

Outras melhorias da plataforma do GNOME no GNOME 2.30 incluem:

  • Evolution e Evolution-Data-Server removeram completamente o Bonobo em antecipação ao GNOME 3.0. Evolution-Data-Server agora usa D-Bus através das mesmas APIs client-side.
  • Brasero agora tem suporte à GObject-introspection nas bibliotecas libbrasero-media e libbrasero-burn.
  • A lupa do GNOME, gnome-mag, com suporte a D-Bus, e não mais o obsoleto Bonobo.
  • Devhelp agora tem um modo tela cheia e procurará por símbolos no library.gnome.org quando os símbolos não forem encontrados localmente.
  • GLib adicionou o GConverter, uma interface genérica para conversão de dados. Threads agora são habilitadas automaticamente quando o g_type_init() é chamado.
  • gnome-keyring implementou um novo "Serviço Secreto" de armazenamento D-Bus API de senhas cross-desktop.

6 Internacionalização

Graças aos membros do Projeto de Tradução do GNOME mundial, o GNOME 2.30 oferece suporte para mais de 50 idiomas com pelo menos 80 por cento das mensagens traduzidas, incluindo os manuais de usuário e administração para vários idiomas.

Idiomas com suporte:

  • Alemão
  • Assamês
  • Asturiano
  • Basco
  • Bengali
  • Bengali (Índia)
  • Búlgaro
  • Canarês
  • Catalão
  • Chinês (China)
  • Chinês (Hong Kong)
  • Chinês (Taiwan)
  • Coreano
  • Dano-norueguês
  • Dinamarquês
  • Esloveno
  • Espanhol
  • Estoniano
  • Finlandês
  • Francês
  • Galego
  • Grego
  • Gujarati
  • Hebraico
  • Hindi
  • Holandês
  • Húngaro
  • Inglês (EUA, Britânico)
  • Italiano
  • Japonês
  • Lituano
  • Malaiala
  • Marata
  • Oriá
  • Polonês
  • Português
  • Português do Brasil
  • Punjabi
  • Romeno
  • Russo
  • Sueco
  • Sérvio
  • Tailandês
  • Tcheco
  • Telugu
  • Turco
  • Tâmil
  • Ucraniano
  • Vietnamita
  • Árabe

Muitos outros idiomas têm um suporte parcial, com mais da metade de suas mensagens traduzidas.

Traduzir um pacote de software grande como o GNOME para uma idioma novo pode ser uma tarefa exaustiva para até mesmo os times de tradução mais dedicados. Para esta versão, um esforço hercúleo foi feito pelo time Asturiano, aumentando a completude de suas traduções para mais de 27 pontos, ultrapassando a marca de 80% que indica o suporte completo para a linguagem. O time Shaviano também começou a tradução do GNOME na versão 2.30 e já está em 70%, quase completo.

Estatísticas detalhadas e mais informações estão disponiveis no site de status de traduções.

7 Instalando o GNOME

Você pode experimentar o GNOME 2.30 com o Live Media, que contém todo o software incluso no GNOME 2.30 em uma máquina virtual. Usando imagens virtuais, você pode testar a versão mais recente do GNOME no QEMU, KVM, Virtualbox ou VMWARE. Gnome Live Media pode ser baixado do site do BitTorrent..Você pode inicializar seu computador diretamente do LiveCD, sem instalar nada. O LiveCD pode ser baixado do site de BitTorrent do GNOME.

Para instalar ou atualizar sua máquina para o 2.30, nós recomendamos que você instale os pacotes oficiais do seu fornecedor ou distribuição. Distribuições populares colocam o GNOME 2.30 à disposição rapidamente, e algumas possuem versões de desenvolvimento com o GNOME 2.30 disponível. Você pode conseguir uma lista de distribuições que empacotam o GNOME e descobrir as últimas versões que foram empacotadas na página Get Footware.

Se você for corajoso e paciente, e gostaria de compilar o GNOME do código fonte, nós recomendamos que você use o JHBuild, que é concebido para compilar o GNOME mais recente a partir do Git. Você pode usar o JHBuild para compilar o GNOME 2.30.x através da definição de módulo gnome-2.30.

Embora seja possível compilar o GNOME diretamente dos arquivos tar de lançamento, nós recomendamos enfaticamente o uso do JHBuild.

8 O que vem aí no GNOME 3.0

O desenvolvimento não para com o GNOME 2.30. O trabalho já começou no GNOME 3.0, que será lançado exatamente seis meses após o 2.30.

O GNOME 3.0 continuará fornecendo a plataforma de ambiente de trabalho como sempre o fez, e vai também, potencialmente, apresentar uma nova interface com o GNOME Shell e o Diário de Atividade GNOME que o ajudará a navegar e encontrar arquivos facilmente no seu computador. O GNOME 3.0 também incluirá novidades na acessibilidade, nova ajuda ao usuário e documentação, o primeiro web service do GNOME no Tomboy online e mais. Para desenvolvedores, o GNOME 2.30 abandona algumas bibliotecas antigas.

Uma prévia do GNOME Shell está disponível no 2.30 e pode ser baixada. O GNOME Shell inova na interface de usuário, usando o poder de um ambiente de trabalho com composição. GNOME Shell torna fácil adicionar áreas de trabalho novas, iniciar aplicativos usados frequentemente e acessar os arquivos e documentos mais usados.

Figura 6 ‒ GNOME Shell

O Diário de Atividade GNOME é uma ferramenta para tornar mais fácil a navegação e a busca por arquivos no seu computador. Ele mantém um diário cronológico de toda a atividade de arquivos e permite etiquetar e estabelecer relações entre grupos de arquivos. O diário de atividade do GNOME é a interface gráfica do Zeitgeist, o mecanismo que rastreia toda a atividade na área de trabalho com suporte a etiquetas e marcação de itens.

Figura 7 ‒ Diário de atividades do GNOME

Tomboy Online está também previsto para o GNOME 3.0 e permitirá aos usuários sincronizarem e acessarem suas notas do Tomboy pela web.

Para usuários portadores de necessidades especiais, o time de Acessibilidade do GNOME tem algumas novidades planejadas, incluindo a nova lupa do GNOME, Caribou, um novo teclado virtual e uma nova interface de preferências de usuário.

As ajudas e documentações terão um novo Guia de Usuários GNOME para os novatos no GNOME. Yelp, o Navegador de Ajuda GNOME, incluirá novas características como favoritos e uma capacidade de busca melhorada.

O Roadmap do GNOME detalha os planos dos desenvolvedores para o próximo ciclo de lançamento, o Calendário de lançamento do GNOME 3.0 foi lançado mais cedo este ano e está disponível no Wiki do GNOME.

9 Créditos

Estas notas de lançamento foram escritas por Paul Cutler com ajuda extensiva da comunidade GNOME. A tradução para português do Brasil foi feita por Amanda Magalhães e Jonh Wendell, e revisada por Vladimir Melo, todos integrantes da equipe brasileira de tradutores do GNOME. Em nome da comunidade, deixamos os mais sinceros agradecimentos a desenvolvedores e colaboradores que tornaram esse lançamento do GNOME possível.

Este trabalho pode ser livremente traduzido em qualquer idioma. Se você deseja traduzi-lo no seu idioma, por favor contate o Projeto de Tradução do GNOME.

FONTE: http://library.gnome.org/misc/release-notes/2.30/


Tags deste artigo: gnome release

Eventos de Software Livre no Brasil