Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

PSL Brasil

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Escolas gaúchas estão conectadas via PLC

2 de Julho de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 2515 vezes

Acessar Internet banda larga via rede elétrica sem a necessidade de uma linha telefônica, ou cabos de rede, já é realidade para duas escolas gaúchas desde a segunda-feira, 28.

Situadas na cidade de Candiota, as escolas Santa Izabel e Nely Betemps, são as primeiras do Brasil a utilizar a tecnologia Power Line Communication (PLC), que permite conexão pela tomada.

O projeto, que irá beneficiar 492 alunos e 44 professores, foi realizado em parceria com APTEL, Procable e CEEE. Como as duas escolas são participantes do Programa Um Computador por Aluno, cada estudante e professor recebeu também um computador portátil da Panasonic. A empresa doou também uma lousa digital e um impressora multifuncional para cada escola.

“Estamos possibilitando a essas crianças a possibilidade de se comunicar com o mundo todo através da internet. Isso gerará um enorme crescimento no nível de conhecimento de cada aluno”, elogiou o representante da Presidência da República, José Luiz Aquino, durante a solenidade de entrega dos computadores.

“O pontapé inicial foi dado em Candiota e já estamos na fase final de testes para incluir a tecnologia PLC para alunos em Pernambuco e Maranhão”, afirmou o presidente da APTEL, Pedro Jatobá.

Infra
Para viabilizar o projeto, a CEEE fez a interligação através da infraestrutura existente desde a sede em Porto Alegre até as duas escolas de Candiota.

A viabilidade de conexão se deu pelo enlace óptico - comunicação entre um emissor e um receptor conectados por um cabo óptico, até a Usina Termelétrica Presidente Médici, em Candiota.

A partir deste ponto foram construídos enlaces de rádios digitais da usina até as instituições, passando por uma torre de comunicação de propriedade da CEEE.

Com a chegada do sinal até as escolas, o sistema foi interligado a um servidor e, após, distribuído até as salas de aula pela rede elétrica de baixa tensão – via PLC.

Em cada sala de aula foi instalada uma estação AP (Access Point), que distribui o sinal até os computadores dos alunos. Os equipamentos foram doados por Panasonic e Procable.

Os equipamentos PLCsão responsáveis pela integração entre os servidores e os pontos de acesso Wi-Fi, o que possibilita o acesso de cada aluno à internet e ao conteúdo escolar.

“Atualmente, existe uma grande preocupação com a disseminação da Internet e com o uso inteligente da rede elétrica. Por isso o PLC é uma tecnologia tão importante, pois permitirá que mais pessoas tenham acesso à informação” explica Eduardo Kitayama, Chefe de Vendas da Panasonic do Brasil.

Saiba mais
Desenvolvido pelo governo federal, o projeto UCA (Um Computador Por Aluno) tem como objetivo ser um projeto educacional utilizando tecnologia, inclusão digital e adensamento da cadeia produtiva comercial no Brasil. Cada escola participante do programa receberá laptops para alunos e professores, infraestrutura para acesso à internet, capacitação de gestores e professores no uso da tecnologia.

O projeto engloba 300 escolas públicas de todo o país e deve beneficiará 150 mil alunos e professores.

 

Por Márcia Lima

Fonte Baguete


Tags deste artigo: aptel cee plc procable banda larga internet rede elétrica

Eventos de Software Livre no Brasil