Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Denúncia: economia com SL financia software proprietário

21 de Junho de 2012 , por Desconhecido -
Visualizado 3318 vezes


Que fim levará o Expresso, e tantas outras soluções livres desenvolvidas especialmente para a Caixa? 

Por Ricardo Fritsch, coordenador da ASL

Estamos assistindo estarrecidos um caso em que o software livre gerou grande economia, que depois é gasta com aquisição de software proprietário.

A Caixa é uma referência internacional em software livre.  Segundo o PROGED - programa de redução de gastos da Caixa, vários projetos utilizando software livre geraram grande economia, tais como:
   * Multicanal - R$ 35 milhões economizados
   * Utilização do Linux em ambiente mainframe e outros projetos - R$ 32 milhões.
   * Sisag - nova automação bancária da Caixa ? R$ 38 milhões.
   * Portal de atendimento e portal do bolsa família ? R$ 22 milhões.
   TOTAL: 127 MILHÕES !

Pois parece que toda a economia obtida está sendo gasta na aquisição desnecessária de licenças e serviços direcionados exclusivamente para um único fornecedor: é o pregão 116/2012: R$ 112 milhões

Por exemplo, sabemos que a 4Linux, em consórcio com a Prognus, foram contratadas para implementar o novo correio eletrônico da Caixa, o Expresso, em uso por várias organizações públicas. Foram realizaram os serviços de customização e implementação, deixando-o pronta para ser usado. No entanto, estão sendo adquiridas licenças desnecessárias do servidor de e-mail Exchange Server.

Para cada um dos produtos listados no objeto do pregão há um ou mais softwares livres compatíveis que são utilizados em larga escala no mundo corporativo e para os quais podem ser contratados os serviço de atualização tecnológica, suporte técnico e suporte adicional, a serem prestados por empresas nacionais, sem necessidade de envio e substancial quantia de royalties para o exterior.

Apelamos para que estes recursos sejam aplicados para o desenvolvimento de empresas nacionais de software e serviços de TI, que utilizam exclusivamente software livre e padrões abertos.

Leia também o texto de Rodolfo Gobbi com o posicionamento da 4Linux acerca do investimento de R$112 milhões em atualização de licenças do parque Microsoft pela caixa.


Tags deste artigo: caixa denúncia microsoft recursos públicos