Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Arrastão em Fotos

SECTI-BAHIA

Invalid feed format.

Nenhum artigo selecionado ainda.

Pensar Filmes

 Voltar a Bacia do Jac...
Tela cheia

Mulheres de diversos países trocam experiências em Pintadas

31 de Março de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 2214 vezes

422

A deputada Neusa Cadore liderou o processo político e comunitário no município e suas ações na prefeitura ainda hoje são referências no mundo

Pintadas-BA - O município de Pintadas sediou o Intercâmbio Internacional de Mulheres da Rede Goots para compartilhar as suas experiências com pessoas de outros países. A Rede Pintadas, que congrega diversas entidades da sociedade civil, em 2009, ingressou na Groots Internacional, uma rede de mulheres internacional que tem a visão de desenvolver ao longo do tempo, um movimento que ofereça voz de poder e permita visões e iniciativas locais para as mulheres de base, atraindo parceiros a longo prazo proporcionando a criação de novas políticas para expandir e fortalecer as lideranças femininas.

A troca de experiência realizada de 29 a 31 de março de 2010, reuniu onze mulheres de países diferentes e as representantes locais. A peruana Ana Maria atua numa cooperativa com cerca de 1500 participantes em Lima no Peru. Ela explicou que veio a Pintadas conhecer a experiência que é referência no mundo. “Aqui as mulheres organizadas conseguiram muitas realizações. Percebemos que o rural daqui é muito parecido com o rural de lá e nos interessamos muito pela tecnologia de construção de cisternas para captação de água da chuva”, comentou.

Num seminário, nesta quarta-feira (31), a deputada estadual Neusa Cadore dividiu com as visitantes a sua experiência como líder política e comunitária em quase 30 anos de trabalho na comunidade. Com dois mandatos na prefeitura e um no legislativo do Estado, a parlamentar explicou que se sente realizada pelas conquistas das mulheres do município e pela referência que esta organização se tornou. “A luta das mulheres foi fundamental para que, em 2005, tornássemos o primeiro município do Nordeste brasileiro a universalizar o acesso a água através da cisterna de placas. É algo muito importante para nós que elegemos no primeiro governo, em 2007, o acesso a água como prioridade”, disse Cadore.

Nos três dias de intercâmbio as líderes femininas visitaram as diversas experiências de organização das mulheres no município e participaram de um encontro com as entidades que compõem a Rede Pintada.

Assista a reportagem do Núcleo Pensar Filmes


Tags deste artigo: pintadas mulheres bahia neusa

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.