Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Logotipo

Twitter_logo_s

Facebook-32x32Flickr-32x32Youtube-32x32

pm@paulomarcos.com | msg: 74.9110 4596
Jornalismo no Rádio, TV e Internet

http://www.dotpod.com.ar/wp-content/uploads/2008/06/sonico-logo.jpg

 

 

http://static.wix.com/media/1ff96be45122890f6b04ceeaa7dbd2d3.wix_mp

PM no Twitter

404 Not Found

Este perfil não tem posição geográfica registrada.

Paulo Marcos

Paulo Marcos
Pintadas - Bahia - Brasil
Tela cheia
 Feed RSS

Paulo Marcos no Rádio, TV e Internet

27 de Maio de 2009, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Paulo Marcos, radiojornalista formado em Rádio e TV pela UNEB. Especialista em rádio, TV e comunicação digital junto a jovens e lideranças do movimento social. Coordenador da Rádio Barreiros/ADASB. É empreendedor individual e através da produtora NaCangaia presta serviços nas áreas de vídeo, fotografias e radiojornalismo.

Convite: Audiência Pública sobre Segurança Pública no Território da Bacia do Jacuípe

3 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Prezado(a)s Agentes Territoriais

Em meio à dinâmica de conclusão do PTDRS que vem mobilizando todos os setores da vida do Território, estará acontecendo atividades importantes para a reflexão e superação de problemas para o curso de nossas vidas na Bacia do Jacuípe.

A mensagem a seguir que vos encaminho traz as informações sobre uma destas atividades que estará acontecendo na Bacia, desta feita promovida pelo Mandato da Deputada Neusa Cadore.

Quaisquer dúvidas, estarei munido de informações para maiores esclarecimentos.

Saudações Territoriais!

Atenciosamente,

Matteus Guimarães Martins

Articulador Territorial em Exercício

E-mail: matteusmartins@yahoo.com.br

Tel.: 75 8164 6013

______________________________

GABINETE DA DEPUTADA NEUSA CADORE

Assembléia Legislativa da Bahia, Edifício Nelson David Ribeiro Gab. 305, 1ª Avenida, 130, CEP 41.745-001, CAB, Salvador - BA Fone: (71) 3115-7148 Fax: (71) 3115-5486

CONVITE

Salvador, 28 de outubro de 2009

Exmo.

Sr.

A deputada Neusa Cadore e o presidente do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável da Bacia do Jacuípe, Sr. Valcyr Rios, têm a satisfação de convidar V. Sª para participar de uma Audiência Pública sobre Segurança Pública no Território da Bacia do Jacuípe. O evento será realizado no dia 10 de novembro de 2009, às 9h30, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Riachão do Jacuípe, com a presença do Exmo. Secretário Estadual de Segurança Pública, Dr. César Nunes.

A mobilização de todos os setores da sociedade é fundamental para a discussão e elaboração de medidas efetivas de combate e prevenção à violência e para a construção de políticas públicas de segurança em nossa região. Contamos com a sua presença!

Atenciosamente,

Deputada Estadual Neusa Cadore

Informações:

Gabinete da Dep. Neusa Cadore

(71) 3115-7148



Marcus Aurélio de Carvalho - Radialista, jornalista e professor

3 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 1Um comentário

Marcus Aurélio de Carvalho

Gerente executivo da Rádio Globo-Rede e apresentador do programa de rádio Quintal do Globo, em rede, pela Globo Brasil. Meu grande professor de rádio.

Por duas vezes (1999 e 2001) tive o prazer de ser aluno de Marcus em cursos que realizou em parceria com o UNICEF, em Feira de Santana-Ba. EM 2004, participei do Programa Quintal da Globo, ao vivo no estúdio da Globo, no Rio de Janeiro. Em 21 de junho, desde ano, participei outra vez do Quintal. Agora com uma reportagem especial sobre Raul Seixas.

Ouça aqui este momento especial:

Esta semana lí e gostaria de dividir com meus leitores e ouvintes o resumo da participação de Marcus Aurélio no IV Seminário Internacional de Radiojornalismo que ocorreu nos dias 30 e 31 de outubro de 2009, no Teatro Paiol, em Curitiba - PR.

Marcus diz:

A nova era na relação entre ouvintes e profissionais do rádio já chegou. Podemos explicá-la com a expressão "empoderamento dos ouvintes". Empoderamento era a palavra freiriana - ou seja, utilizada pelo educador Paulo Freire - para definir a liberdade das pessoas de não apenas serem informadas, mas também de informar, participar, interagir e interferir. Entre os meios de comunicação tradicionais, o rádio é o mais adequado para a convivência com as plataformas desse "admirável mundo novo". Não é por acaso que a participação do rádio no bolo publicitário teve um pequeno, mas sintomático, crescimento nos últimos anos. Não é por acaso que 42% dos brasileiros ouvem alguma emissora de rádio enquanto estão navegando na web.(Site do Evento)

Mini currículo:
Jornalista, radialista e professor, Marcus Aurélio de Carvalho é gerente executivo e apresentador da Rádio Globo (rede). Trabalha em rádio há 28 anos. Atua como gestor no Sistema Globo de Rádio desde março de 2000, quando assumiu o cargo de coordenador nacional de esportes da Rede CBN, da qual também era âncora do programa CBN Total. Em 2003, foi promovido aos cargos de gestor e apresentador da Rádio Globo-Rede.

Tem 19 anos de experiência como professor, palestrante e consultor em projetos de rádio no Brasil e exterior. Desde 1991, promove uma média de 12 cursos por ano em diferentes regiões do Brasil e um curso por ano no exterior, a convite de entidades internacionais de rádio e cidadania. Marcus já deu palestras e cursos em 17 diferentes países. Foi o professor do curso para os funcionários brasileiros da Rádio BBC, em Londres (julho de 2004) e do curso preparatório de radialistas esportivos de língua portuguesa para a cobertura da Copa do Mundo de Futebol 2006, promovido pela Deutsche Welle Akademie (outubro de 2005).

Valeu Marcus! Parabéns.



'A grande característica do rádio é a democracia e o papel social', diz a radialista Mara Régia

3 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

'A grande característica do rádio é a democracia e o papel social', diz a radialista Mara Régia

30/10/2009 |
Luiz Gustavo Pacete
Portal Imprensa

Muito se discute sobre a sobrevivência do rádio e sua relação com a internet.  A questão das mídias digitais como extensão deste meio também está em evidência, entretanto, existem realidades em que o rádio ainda representa o único meio de informação, como na Amazônia. Locais em que a informação passada pelo veículo interfere diretamente no dia-a-dia da comunidade. Papel das inúmeras rádios comunitárias, mas em outra esfera de discussão está a questão da legislação e do real papel dessas rádios.

Mara Régia é produtora e apresentadora dos programas "Natureza Viva", "Viva Maria" e "Trilha Animal", pela Rádio Nacional da Amazônia. Nos anos 70, criou o programa Viva Maria, responsável por mobilizar mulheres em luta de seus direitos. A jornalista e publicitária participa do "IV Seminário Internacional de Radiojornalismo" e fala sobre a paixão pelo rádio.

Portal IMPRENSA - Qual a importância do rádio no contexto social?

Mara Régia - O rádio nasceu de um sonho de se transformar no livro dos que não sabem ler. E eu acho que a grande característica deste meio é a democracia. O letrado, o analfabeto, todos têm acesso. No caso do trabalho que realizamos na Amazônia, o rádio é um meio de comunicação para informar socialmente. As pessoas dependem dessa informação para as coisas mais elementares possíveis: acordos de pesca, negociações de conflitos, questões de saúde. Lá o radio e a única mídia, dificilmente você vê nas emissoras comerciais uma preocupação coma responsabilidade social.

IMPRENSA - De que forma você analisa o conteúdo no rádio no Brasil hoje?

Mara - Hoje temos o jornalismo, muito bom em algumas emissoras. No quadro geral, vemos que, em Porto Alegre, as pessoas são acostumadas a ouvir mais notícias. Em São Paulo, existe uma centralização de jornalismo ligado a grandes grupos. Você tem a EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), em Brasília, que também aposta muito no jornalismo. Mas na maioria dos casos vemos que o rádio está muito nas mãos do poder religioso - igrejas pentecostais, católicas, evangélicas. Outras estão a serviço do sucesso fácil, pessoas apostando no humor barato.

IMPRENSA - Como está a questão das rádios comunitárias?

Mara - Muitas pessoas ousam fazer comunicação e estão a favor de proselitismos políticos e religiosos. Essas, não realizam a missão de valorizar a cultura da comunidade e prestar o genuíno serviço social. Faltam rádios que prestem um serviço comunitário, que falem do buraco da rua. Algo que as grandes redes já fazem, mas não de forma regionalizada. No contexto amazônico, por exemplo, precisamos de rádios para avisar que a vacina não chegou. Rádio lá é uma questão de sobrevivência, pois a locomoção e os acessos são difíceis.

IMPRENSA - A legislação ajuda?

Mara - As legislações do jeito que está faz com que as rádios comunitárias vivam amordaçadas. Ela parece ter sido feita para diminuir a importância de uma educação plural, voltada para os interesses da comunidade. Que limita, por exemplo, o alcance. Na Amazônia as rádios só podem ter um quilômetro de alcance. Isso exclui as rádios comunitárias. A lei também proíbe uma freqüência única que engessa e distorce o critério de representatividade, a mudança na lei é fundamental para que possamos pensar em comunicação comunitária no país.

IMPRENSA - E a questão comercial?

Mara - A radio comunitária, só as rádios comerciais que podem visar o lucro e se pautarem na publicidade para sobreviver. As outras, sejam elas educativas, publicas, culturais como as universitárias, todas essas têm que ter um ideal de comunicação que configure uma perspectiva de universalização do conhecimento. Acredito que existe um esforço tentando mexer na programação para se aproximar dessas idéias. Temos boas experiências, fiquei encantada com alguns programas infantis. Na rádio universitária Santa Maria, programa voltado para pessoas com deficiência mental, mas esse pluralismo não é a tônica.

Você acompanha a cobertura do IV Seminário de Internacional de Radiojornalismo via Twitter (http://twitter.com/seminario_radio) e pelas matérias publicadas no Portal Imprensa durante a semana. Para mais informações acesse: http://portalimprensa.uol.com.br/seminarioderadio/informacoes.asp

Publicado originalmente em FNDC



Agência Informativa Pulsar ))) Brasil - Panorama do dia - 03 de novembro de 2009

3 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

 

Agência Informativa Pulsar ))) Brasil - Panorama do dia - 03 de novembro de 2009

 

AGENDA NACIONAL - REPORTAGEM ESPECIAL
Campanha pela paz defede práticas de não-violência
A Marcha Mundial pela paz e não-violência completa um mês desde a saída na Nova Zelândia. Campanhas como essa atentam para as diferentes formas de violência. E levanta o debate sobre como combatê-las.

Áudios disponíveis:
Reportagem em áudio - Campanhas pela paz: como praticar a não-violência. - 6 min 44 seg. (3,08 MB)

Algumas entidades buscam chamar a atenção do Estado e da sociedade para a necessidade de combater a violência.

Contudo, grande parte dos movimentos sociais acreditam que paz só pode ser gerada com uma mudança estrutural do sistema econômico.

Ouça mais sobre este debate na reportagem. (pulsar)

 

RIO DE JANEIRO – ETAPA ESTADUAL
Rio é dos primeiros a realizar conferência de comunicação
I Conecom do Rio de Janeiro começou na sexta-feira (30/10). A abertura rápida e o governador Sérgio Cabral ausente mostrou o descaso com o tema. Nos dias seguintes a sociedade buscou maneiras de burlar as dificuldades para debater comunicação.
Depois da rápida abertura a sociedade civil não empresarial e membros do poder público se reuniram em um dos auditórios da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Foram feitos esclarecimentos sobre o funcionamento da conferência e muitos expuseram reclamações sobre a falta de espaço para debate e as dificuldades enfrentadas pelos delegados vindos do interior. Ao contrário do que havia sido prometido não houve transporte, nem alojamento.

No sábado foram realizados três grupos de trabalho seguindo os grandes temas da I Conferência Nacional de Comunicação. são temas: Produção de conteúdo, meios de distribuição e cidadania:direitos e deveres.

O espaço foi importante para inclusão de teses que não haviam sido encaminhadas previamente. Mas não ampliou o debate em busca de consensos ou de uma sistematização mais coletiva das propostas que serão encaminhadas a Brasília.

A última manhã da conferência foi dedicada a debates dos membros da sociedade civil para concluir a lista de eleição dos 56 delegados e 56 suplentes que representarão o estado. O poder público também enfrentou dificuldades para definir quem segue para etapa nacional. O mesmo não ocorreu com os representantes dos empresários que demonstraram união desde a votação do regimento. (pulsar)

 

ESTADOS – CONFECOM
Acre e Piauí também realizaram etapas estaduais
O primeiro final de semana de novembro foi marcado pela realização de três etapas estaduais para a I Conferência Nacional de Comunicação. Estas são as etapas eletivas para delegados.
A Conferência Estadual de Comunicação do Acre (Conecom-Acre) encerrou suas atividades na noite deste sábado (31/10). Houve grupos de trabalho que encaminharão cerca de 200 propostas para a I Conferência Nacional de Comunicação, em Brasília.

O Piauí também realizou sua etapa estadual nesta sexta e sábado (30 e 31/10). Estão sendo formuladas propostas dentro dos três eixos de discussão definidos para a I Confecom: Produção de conteúdo; Meios de distribuição; e Cidadania: direitos e deveres.

A delegação de cada estado será representada na proporção de 40% de empresários e 40% de sociedade civil não-empresarial. Os outros 20% são divididos entre todos os setores do poder público.

Todos os estados realizarão estapas para a Confecom. Rio de Janeiro, Acre e Piauí foram apenas os primeiros. (pulsar)

 

COMUNICAÇÃO – SOFTWARE LIVRE
Open Office chega a 100 milhões de downloads
Um pacote de programas de uso livre e similar ao Office da Microsoft, bateu a marca de 100 milhões de downloads de sua última versão.
O expressivo número do Open Office foi alcançado com downloads feitos em diversos países do mundo.

O programa é uma alternativa gratuita ao Office da Microsoft, que encarece computadores que já vêm com Windows instalado e é muito caro para ser comprado por fora.

Funciona do mesmo jeito e produz arquivos do mesmo tipo. Para fazer o download basta acessar o site www.openoffice.org.br (pulsar)

 

BRASÍLIA – CLIMA
Proposta brasileira sobre clima deve sair hoje
O governo federal deve apresentar hoje (03/11) a proposta que o país vai levar para a Conferência Mundial sobre o Clima. O evento vai vai acontecer em dezembro em Copenhagen, na Dinamarca.
A grande dúvida é quanto o país vai prometer reduzir suas emissões de gases de efeito estufa. Estes são os grandes causadores do aquecimento global que provoca o problema climático vivido nos dias de hoje por todo o mundo.

Como sempre, o governo está dividido. O Ministério do Meio Ambiente defende uma meta ousada, enquanto os Ministérios de Ciência e Tecnologia e Relações Exteriores não sabem se vale a pena se comprometer com metas muito grandes sem que haja contrapartida dos países desenvolvidos.

O único ponto de consenso até agora é o compromisso de reduzir o desmatamento da Amazônia em 80% até 2020.

Grande parte da sociedade brasileira, inclusive vários importantes grupos empresariais, têm defendido que o país dê exemplo ao mundo e lance um objetivo ambicioso de redução nas emissões de gases. (pulsar)

 

SÃO PAULO – AGROTÓXICOS
Anvisa apreende mais agrotóxicos na Syngenta
Em nova operação, fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária apreenderam mais 150 mil litros de um agrotóxico adulterado na fábrica da multinacional Syngenta em Paulínia, São Paulo.
Os litros adulterados eram do agrotóxico Priori Xtra, e ficavam armazenados por mais de dois meses nos galpões da empresa para depois serem colocados à venda.

Os técnicos da Anvisa não avaliaram que tipo de prejuízo à produção de alimentos que este tipo de adulteração pode trazer.

No início de outubro, a Anvisa já havia apreendido mil toneladas de agrotóxicos irregulares na mesma fábrica desta multinacional de químicos e transgênicos. (pulsar/chasque)

 

HONDURAS – GOLPE
Missão constata violações de direitos humanos em Honduras
Uma missão internacional formada por entidades que trabalham por direito à comunicação concluiu que durante os meses de golpe de Estado os direitos humanos foram muito violados no país.
A missão tem o enfoque especial na questão da comunicação, por ser formada por entidades como a Associação Mundial de Rádios Comunitárias, International Media Support, Repórteres Sem Fronteiras, Artigo 19 e outras.

Reunidos com comunicadores hondurenhos, os representantes destas entidades ouviram testemunhos de muita pressão sobre os veículos de informação, com aberta violência por parte do Estado tomado por golpistas.

Eles disseram que o governo golpista percebeu a necessidade de que a truculência não chegasse aos olhos do mundo. Assim priorizou combater os meios independentes.

“A violação sistemática da liberdade de expressão se manifestava em constantes chamados telefônicos da parte do Comitê Nacional de Telecomunicação”, disse a representante da AMARC, Maria Pía Matta.

Este organismo oficial do governo golpista permitia que as rádios do país transmitissem apenas música, sem jamais poder comentar a grande crise política e humanitária em que mergulhou o país. (pulsar)

 

HONDURAS – GOLPE
Zelaya pede atenção da comunidade internacional
O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, pediu à comunidade internacional que se mantenha alerta apesar do acordo fechado na capital Tegucigalpa.
O acordo foi confirmado por negociadores do presidente deposto e reconhecido pelo próprio Zelaya. Mas o presidente deposto disse que sempre pode haver manipulações e mentiras até o minuto final.

Prevê-se que Zelaya seja restituído ao cargo de presidente de Honduras pelo Congresso, depois que a Corte Suprema do país referende o acordo político. Os líderes do parlamento se reúnem nesta terça-feira (03/11) para debater a possibilidade de convocar sessão extraordinária que análise o retorno de Zelaya à presidência.

Também ficariam reconhecidas as eleições marcadas pelo governo golpista para o dia 29 de novembro.

O acordo prevê a data de 5 de novembro para que se forme um governo de unidade nacional no país, mas antes disso a restituição de Zelaya precisa acontecer, sob pena de que o acordo não tenha a validade democrática que pode ter. (pulsar)

 

Agência Informativa Pulsar Brasil - fim do envio


www.brasil.agenciapulsar.org
brasil@agenciapulsar.org

Agência Informativa Pulsar ))) Brasil - Panorama do dia - 2009-11-03

AGENDA NACIONAL - REPORTAGEM ESPECIAL
Campanha pela paz defede práticas de não-violência
A Marcha Mundial pela paz e não-violência completa um mês desde a saída na Nova Zelândia. Campanhas como essa atentam para as diferentes formas de violência. E levanta o debate sobre como combatê-las.

Áudios disponíveis:
Reportagem em áudio - Campanhas pela paz: como praticar a não-violência. - 6 min 44 seg. (3,08 MB)

Algumas entidades buscam chamar a atenção do Estado e da sociedade para a necessidade de combater a violência.

Contudo, grande parte dos movimentos sociais acreditam que paz só pode ser gerada com uma mudança estrutural do sistema econômico.

Ouça mais sobre este debate na reportagem. (pulsar)

 

RIO DE JANEIRO – ETAPA ESTADUAL
Rio é dos primeiros a realizar conferência de comunicação
I Conecom do Rio de Janeiro começou na sexta-feira (30/10). A abertura rápida e o governador Sérgio Cabral ausente mostrou o descaso com o tema. Nos dias seguintes a sociedade buscou maneiras de burlar as dificuldades para debater comunicação.
Depois da rápida abertura a sociedade civil não empresarial e membros do poder público se reuniram em um dos auditórios da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Foram feitos esclarecimentos sobre o funcionamento da conferência e muitos expuseram reclamações sobre a falta de espaço para debate e as dificuldades enfrentadas pelos delegados vindos do interior. Ao contrário do que havia sido prometido não houve transporte, nem alojamento.

No sábado foram realizados três grupos de trabalho seguindo os grandes temas da I Conferência Nacional de Comunicação. são temas: Produção de conteúdo, meios de distribuição e cidadania:direitos e deveres.

O espaço foi importante para inclusão de teses que não haviam sido encaminhadas previamente. Mas não ampliou o debate em busca de consensos ou de uma sistematização mais coletiva das propostas que serão encaminhadas a Brasília.

A última manhã da conferência foi dedicada a debates dos membros da sociedade civil para concluir a lista de eleição dos 56 delegados e 56 suplentes que representarão o estado. O poder público também enfrentou dificuldades para definir quem segue para etapa nacional. O mesmo não ocorreu com os representantes dos empresários que demonstraram união desde a votação do regimento. (pulsar)

 

ESTADOS – CONFECOM
Acre e Piauí também realizaram etapas estaduais
O primeiro final de semana de novembro foi marcado pela realização de três etapas estaduais para a I Conferência Nacional de Comunicação. Estas são as etapas eletivas para delegados.
A Conferência Estadual de Comunicação do Acre (Conecom-Acre) encerrou suas atividades na noite deste sábado (31/10). Houve grupos de trabalho que encaminharão cerca de 200 propostas para a I Conferência Nacional de Comunicação, em Brasília.

O Piauí também realizou sua etapa estadual nesta sexta e sábado (30 e 31/10). Estão sendo formuladas propostas dentro dos três eixos de discussão definidos para a I Confecom: Produção de conteúdo; Meios de distribuição; e Cidadania: direitos e deveres.

A delegação de cada estado será representada na proporção de 40% de empresários e 40% de sociedade civil não-empresarial. Os outros 20% são divididos entre todos os setores do poder público.

Todos os estados realizarão estapas para a Confecom. Rio de Janeiro, Acre e Piauí foram apenas os primeiros. (pulsar)

 

COMUNICAÇÃO – SOFTWARE LIVRE
Open Office chega a 100 milhões de downloads
Um pacote de programas de uso livre e similar ao Office da Microsoft, bateu a marca de 100 milhões de downloads de sua última versão.
O expressivo número do Open Office foi alcançado com downloads feitos em diversos países do mundo.

O programa é uma alternativa gratuita ao Office da Microsoft, que encarece computadores que já vêm com Windows instalado e é muito caro para ser comprado por fora.

Funciona do mesmo jeito e produz arquivos do mesmo tipo. Para fazer o download basta acessar o site www.openoffice.org.br (pulsar)

 

BRASÍLIA – CLIMA
Proposta brasileira sobre clima deve sair hoje
O governo federal deve apresentar hoje (03/11) a proposta que o país vai levar para a Conferência Mundial sobre o Clima. O evento vai vai acontecer em dezembro em Copenhagen, na Dinamarca.
A grande dúvida é quanto o país vai prometer reduzir suas emissões de gases de efeito estufa. Estes são os grandes causadores do aquecimento global que provoca o problema climático vivido nos dias de hoje por todo o mundo.

Como sempre, o governo está dividido. O Ministério do Meio Ambiente defende uma meta ousada, enquanto os Ministérios de Ciência e Tecnologia e Relações Exteriores não sabem se vale a pena se comprometer com metas muito grandes sem que haja contrapartida dos países desenvolvidos.

O único ponto de consenso até agora é o compromisso de reduzir o desmatamento da Amazônia em 80% até 2020.

Grande parte da sociedade brasileira, inclusive vários importantes grupos empresariais, têm defendido que o país dê exemplo ao mundo e lance um objetivo ambicioso de redução nas emissões de gases. (pulsar)

 

SÃO PAULO – AGROTÓXICOS
Anvisa apreende mais agrotóxicos na Syngenta
Em nova operação, fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária apreenderam mais 150 mil litros de um agrotóxico adulterado na fábrica da multinacional Syngenta em Paulínia, São Paulo.
Os litros adulterados eram do agrotóxico Priori Xtra, e ficavam armazenados por mais de dois meses nos galpões da empresa para depois serem colocados à venda.

Os técnicos da Anvisa não avaliaram que tipo de prejuízo à produção de alimentos que este tipo de adulteração pode trazer.

No início de outubro, a Anvisa já havia apreendido mil toneladas de agrotóxicos irregulares na mesma fábrica desta multinacional de químicos e transgênicos. (pulsar/chasque)

 

HONDURAS – GOLPE
Missão constata violações de direitos humanos em Honduras
Uma missão internacional formada por entidades que trabalham por direito à comunicação concluiu que durante os meses de golpe de Estado os direitos humanos foram muito violados no país.
A missão tem o enfoque especial na questão da comunicação, por ser formada por entidades como a Associação Mundial de Rádios Comunitárias, International Media Support, Repórteres Sem Fronteiras, Artigo 19 e outras.

Reunidos com comunicadores hondurenhos, os representantes destas entidades ouviram testemunhos de muita pressão sobre os veículos de informação, com aberta violência por parte do Estado tomado por golpistas.

Eles disseram que o governo golpista percebeu a necessidade de que a truculência não chegasse aos olhos do mundo. Assim priorizou combater os meios independentes.

“A violação sistemática da liberdade de expressão se manifestava em constantes chamados telefônicos da parte do Comitê Nacional de Telecomunicação”, disse a representante da AMARC, Maria Pía Matta.

Este organismo oficial do governo golpista permitia que as rádios do país transmitissem apenas música, sem jamais poder comentar a grande crise política e humanitária em que mergulhou o país. (pulsar)

 

HONDURAS – GOLPE
Zelaya pede atenção da comunidade internacional
O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, pediu à comunidade internacional que se mantenha alerta apesar do acordo fechado na capital Tegucigalpa.
O acordo foi confirmado por negociadores do presidente deposto e reconhecido pelo próprio Zelaya. Mas o presidente deposto disse que sempre pode haver manipulações e mentiras até o minuto final.

Prevê-se que Zelaya seja restituído ao cargo de presidente de Honduras pelo Congresso, depois que a Corte Suprema do país referende o acordo político. Os líderes do parlamento se reúnem nesta terça-feira (03/11) para debater a possibilidade de convocar sessão extraordinária que análise o retorno de Zelaya à presidência.

Também ficariam reconhecidas as eleições marcadas pelo governo golpista para o dia 29 de novembro.

O acordo prevê a data de 5 de novembro para que se forme um governo de unidade nacional no país, mas antes disso a restituição de Zelaya precisa acontecer, sob pena de que o acordo não tenha a validade democrática que pode ter. (pulsar)

 

Agência Informativa Pulsar Brasil


www.brasil.agenciapulsar.org
brasil@agenciapulsar.org



Serrinha e Itagibá: exemplo de civilidade esportiva

2 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

O selecionado de Serrinha jogou neste domingo (01), em Itagibá, no Sul da Bahia. Fui assistir o jogo válido pelas oitavas de finais do Campeonato Intermunicipal. Concidero como um um exemplo de civilidade, esporte e convívio saudável entre os municípios.

Imagem do Blogue de Waldemir Santos
Nesta data de 1º de novembro o Estádio José Fontoura completou 23 anos de inaugurado

Pouco mais de 400 km separam os dois lugares. Foi uma ótima viagem. Eu e mais oito profissionais de rádio fomos juntos num carro alugado pela prefeitura de Serrinha. Aliás, a prefeitura colaborou para que as rádios da região estivessem lá para transmitir ao vivo.

Serrinha com aproximadamente 73 mil habitantes e Itagibá com quase 17 mil. Nos dois jogos foi tranquilidade absoluta. A Seleção de Itagibá, por exemplo, ficou hospedada na véspera do jogo de ida na própria cidade de Serrinha. Isso quase ninguém faz comedo de pertubação durante a estadia e desconcentração dos atletas na noite. Serrinha preferiu ficar em Ipiaú, que tem uma estrutura melhor para hospedagem.

Imagem do Blogue de Vidal Futebol

Prefeito Gilson Manoel Fonseca (PR) é apaixonado pelo estádio Fontourão

Eu conversei com os dois prefeitos juntos e com exclusividade. O petista Osni Cardoso prefeito de Serrinha e Gilson Manoel Fonseca prefeito de Itagibá. Eles comentaram sobre o jogo, a recepção e os investimentos no esporte.

 

Ouça a entrevista

Prefeito_gilson

Cm09decjeo
Gilson Manoel Fonseca Osni Cardoso


Baixar em MP3

As quatro principais rádios AM da região tiveram dificuldade de começar as transmissões porque a operadora de telefonia (OI) só chegou no estáido às 14h30, ou seja, 30 minutos antes do jogo e não tinha nada organizado. Todas conseguiram transmitir. De Serrinha as rádios Regional e Continental, de Coité a Sisal e de Riachão a Jacuípe AM. A postura do prefeito Osni foi aprovada por todos os radialistas. Unânimes na opinião eles disseram que nenhum dos últimos prefeitos da cidade faria isso. A prefeitura de Serrinha colocou transporte, alimentação e linhas de transmissão a disposição de todas as emissoras sem distinção política.

Os radialistas que viajaram nesta cobertura foram: Clodoaldo Marques, Aluizio Farias, Loro, Cival Anjos, Damasio, Ferreira Júnior, Toni Brasília e Walter Silva.

Cival Anjos e Toni Brasília - Foto no jogo de Serrinha e Santa Luz dia 09 de agosto

 

Confira também:



Serrinha mantém bom desempenho contra Itagibá

2 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Serrinha jogou bem no empate em 1 a 1 com a seleção itagibense pelo Campeonato Intermunicipal, neste domingo (01), no Estádio José Fontoura, em Itagibá. Apesar de sair perdendo no placar o time não se intimidou com a pressão itagibense que no início do segundo tempo, aos três minutos, marcou um a zero com gol de Binho.

Gum é o zagueiro central da seleção, um tipo de xerife da defesa. No final do primeiro e início do segundo tempo ele reclamou bastante da organização da equipe e das falhas de marcação. Mas a bronca maior, segundo ele, foi para o árbitro Arilson Bispo da Anunciação que anulou um gol de Serrinha, quando o time ainda perdia de um a zero.  Pitchaco empatou o jogo aos 27 minutos e chegou a 4ª colocação na artilharia com 10 gols.
Ouça

O lateral direito Galego saiu de campo cançado, suado, ofegante e disse que a Seleção lutou muito para merecer a classificação. O time segundo ele foi guerreiro.
Ouça

Serrinha começou o jogo com o mesmo time do jogo de ida quando venceu de 5 a 1: Márcio Greick, Galego, Gum, João Carijé e Rone Serrote; Junior Ventura, Gival, Gajão e Pitchaco; Julinho e Fabinho. Técnico: Dinho Libório. No banco estavam: Wilian, Vanderson, Tiago, Dedeco, Tom, Tim e Canídia.

Itagibá entrou com time diferente: Wagner, Tarcisio, Binho, Rilex e Esquerdinha; Reinan, Bagaceira e Railan; Abraão, Márcio e Mário Lacraia. Técnico: Alberto Leguelé.

O árbitro do jogo foi Arilson Bispo da Anunciação, que teve como assistentes José Leonardo e Wilde Vieira. Itagibá está eliminada e Serrinha enfrenta domingo (08) a Seleção de Valença. No ano passado Coité eliminou Itagibá na semifinal.



Serrinha: Faltam seis jogos para o tri-campeonato, veja o caminho

2 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Serrinha passou por Itagibá neste domingo (1º), jogando no Estádio José Foutora, que completou ontem 23 anos de inaugurado.

Na bonita praça esportiva da cidade de Itagibá o jogo foi bom para o elenco serrinhense ao empatar em 1 a 1.

O gol de Serrinha foi marcado pelo artilheiro Pitchaco que agora tem 10 e é um dos goleadores do campeontano. Se fizer um gol por jogo até a final poderá superar o líder da artilharia, que é o atacante Ró da Seleção de Santa Luz, que está eliminada.

Selecao_serrinha
Seleção serrinhense em Itagibá

Caminho de Serrinha até a final do 35º Campeonato Intermunicipal de Futebol Amador da Bahia

Quartas de finais - jogos dias 08 e 15 de novembro

Serrinha x Valença
O primeiro jogo será em Valença


Possivéis confrontos na semifinal - jogos dias 22 e 29 de novembro

Serrinha x Itamaraju

ou

Serrinha x Porto Seguro


Possivéis confrontos na final - jogos dias 06 e 13 de dezembro

Serrinha x São Fco. do Conde
Serrinha x Pojuca
Serrinha x Jequié
Serrinha x Coarací

A última vez que Serrinha chegou às quartas de finais foi em 2003.

Serrinha foi campeã em 1982 (contra Ilhéus) e 1988 (contra Itajuípe).

Serrinha foi vice em 1979 (contra Conquista), em 1997 (contra Vera Cruz).



Tabela de jogos do Intermunicipal para dia 08 de novembro

2 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Próximos jogos do Campeonato Intemunicipal de Futebol Amador da Bahia

Domingo dia 08 de novembro de 2009

GRUPO 31 - 15h em Pojuca
Pojuca x São Fco. do Conde

GRUPO 32 - 15h em Valença
Valença x Serrinha

GRUPO 33 - 15h em Coarací
Coarací x Jequié

GRUPO 34 - 15h em Itamarajú
Itamarajú x Porto Seguro



Resultados da 14ª rodada do Campeonato Intermunicipal de Futebol da Bahia

2 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Jogos deste domingo dia 01 de novembro de 2009

GRUPO 23

Pojuca 0 x  0 Santo Amaro

1º jogo: Santo Amaro 1 x 2 Pojuca

  • Gols:
    BolaPim aos 15 minutos do segundo tempo para Pojuca
    BolaMoreno aos 31 minutos do segundo tempo para Pojuca
    BolaGalego aos 40 minutos do segundo tempo para Santo Amaro

Classificada a Seleção de Pojuca.


GRUPO 24

Valença 1 x  0 Santa Luz

Gol:
BolaCé aos 38 minutos do segundo tempo

1º jogo: Santa Luz 1 x 1 Valença

  • Gols:
    BolaDel de Almas aos 12 minutos para Santa Luz
    BolaCacau aos 33 minutos para Valença

Classificada a Seleção de Valença.


GRUPO 25

São Francisco do Conde 3 x  0 Conceição da Feira

1º jogo: Conceição da Feira 1 x 7 São Francisco do Conde

  • Gols: S.F. Conde
    BolaMarcelo (3)
    BolaLuiz Paulo (2)
    BolaPaulinho
    BolaConde - Toni Galego
  • BolaGol de Conceição da  Feira - não disponível

Classificada a Seleção de São Francisco do Conde.


GRUPO 26

Itagibá 1 x 1 Serrinha

  • Gols:
    BolaBinho aos 3 minutos do segundo tempo para Itagibá
    BolaPitchaco aos 27 minutos do segundo tempo

1º jogo: Serrinha 5 x 1 Itagibá

  • Gols:
    BolaJulinho aos 18 minutos
    BolaJulinho aos 39 minutos
    BolaPitchaco aos 42 minutos
    BolaMário Lacraia aos 28 minutos do segundo tempo para Itagibá
    BolaPitchaco aos aos 31 minutos do segundo tempo
    BolaJulinho aos 42 minutos do segundo tempo

Classificada a Seleção de Serrinha.


GRUPO 27

Jequié 3 x 1 Itambé
1º jogo: Itambé 0 x 1 Jequié

Classificada a Seleção de Jequié.



GRUPO 28

Itamarajú 0 x 0 Ipiaú
1º jogo: Ipiaú 0 x 0 Itamarajú

Classificada a Seleção de Itamaraju que venceu nos penaltis por 3 a 1.



GRUPO 29

Coarací 3 x 1 Camacan
1º jogo: Camacan 0 x 0 Coarací

Classificada a Seleção de Coarací.


GRUPO 30

Porto Seguro 2 x 0 Itapetinga
1º jogo: Itapetinga 0 x 0 Porto Seguro

Classificada a Seleção de Porto Seguro.



Grupos da 4ª fase do Campeonato Intermuncipal

2 de Novembro de 2009, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Com o fim da 3ª fase, 8 Seleções seguem adiante e 8 deixam o Campeonato Intermunicipal Edição 2009.

Quatro novos grupos foram formados e as 8 melhores Seleções dos grupos anteriores agora estão em novas composições. Confira:

 

GRUPO 31

GRUPO 32

Pojuca

Serrinha

São Fco. do Conde

Valença

GRUPO 33

GRUPO 34

Coarací

Itamarajú

Jequié

Porto Seguro


Por Alice Miranda/FBF



Tags deste artigo: bahia artes bacia do jacuípe cultura radialista rádio tv esportes