Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Blog
Tela cheia

Programa Onda Digital: difundindo o software livre

12 de Abril de 2014, 12:18 , por Juliana Oliveira - 1Um comentário | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 119 vezes

É com muito prazer que compartilho com vocês a notícia de que a palestra do Programa Onda Digital, o qual faço parte desde 2011, foi aprovada para integrar a programação do #FISL15. A nossa apresentação será no dia 08 de maio, às 12h00 na sala 41D.

Confira a palestra na íntegra:

563 - Programa Onda Digital: difundindo o Software Livre

candidaturas

autores

  • Cíntia Mercês - UFBAmini-currículo
  • Debora Abdalla Santos - Universidade Federal da Bahiamini-currículo
  • Juliana Maria Oliveira dos Santos - Universidade Federal da Bahiamini-currículo

resumo

A palestra visa apresentar e refletir sobre o impacto das estratégias utilizadas, desde 2004, pelo programa permanente de extensão Onda Digital da UFBA para difundir a filosofia do Software Livre na comunidade acadêmica e comunidades em situação de vulnerabilidade socioeconômica da região metropolitana de Salvador.

proposta

O Programa Onda Digital (POD) foi criado em 2004, sob a coordenação do Departamento de Ciência da Computação do Instituto de Matemática, como um programa permanente de extensão da Universidade Federal da Bahia. O POD tem como missão “contribuir com a inclusão sociodigital na Bahia, envolvendo a Universidade em ações educativas e de difusão da filosofia do Software Livre”. Ao longo dos anos, o Onda Digital desenvolve diversas estratégias para promover a difusão do Software Livre entre os membros da equipe e comunidades atendidas, como por exemplo: a) realização de oficinas de software livre com duração de 3h, que capacitou em sua última edição cerca de 60 pessoas; b) sensibilização de gestores de TI de instituições para o uso do software livre; c) uso de tecnologias livres na comunicação interna da equipe através da ferramenta FOSWIKI, do gerenciador de projetos Redmine e do sistema de Mailman; d) utilização do sistema GNU/Linux nas distribuições Debian, Ubuntu e openSUSE em nossas estações de trabalho; d) realização de cursos de inclusão digital com sistemas e aplicativos livres; e) envolvimento de estudantes em projeto de desenvolvimento de rede social para educação, o TecCiencia, utilizando a plataforma livre Noosfero; f) incentivo ao desenvolvimento de trabalhos de conclusão de curso na área de Inclusão Digital e Software Livre. O POD conta com o apoio de estudantes das diversas áreas do conhecimento. Alguns tem pouco ou nenhum contato com o software livre e existe uma dificuldade inicial em abandonar os softwares proprietários. Como meio de estimular o uso e incorporar o software livre no dia a dia dos estudantes extensionistas, os mesmos recebem estações de trabalho móveis com sistemas e aplicativos livres. Tais iniciativas possibilitam dar visibilidade e fomentar o debate sobre o software livre e sua filosofia na comunidade acadêmica e nas comunidades em situação de vulnerabilidade socioeconômica de Salvador, mas sentimos que um longo caminho ainda precisa ser trilhado em prol da difusão do software livre.


Tags deste artigo: software livre onda digital fisl

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.