Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Blog do Joenio
Tela cheia

Carta de despedida da Colivre

3 de Novembro de 2016, 2:00 , por Joenio Costa - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 25 vezes

Default post image

Este é um relato resumido da minha história na Colivre até o momento da minha saída em fevereiro de 2016.

A Colivre - Cooperativa de tecnologias livres é uma empresa cooperativa localizada em Salvador - Bahia especializada em desenvolvimento de soluções livres. A Colivre foi fundada formalmente em 2006 mas a ideia de criar a empresa nasceu em 2005 do encontro de pessoas que viviam e lutavam pelos princípios e ideais do software livre, cooperativismo e economia solidária.

Essas pessoas tinham o desejo de trabalhar seguindo os princípios e ideais pelos quais lutavam. Eu, por exemplo, sonhava em trabalhar com desenvolvimento de software livre e ao encontrar pessoas que queriam o mesmo que eu, meus olhos brilharam. Foi paixão à primeira vista!

Esse encontro em 2005 resultou em inúmeros outros encontros ao longo de um ano de intenso planejamento, um processo de construção colaborativa para definir o que seria o empreendimento, qual seria nome, como seria a forma de organização (associação, cooperativa, ONG), etc.

Foi um ano inteiro de planejamento, no qual definimos o formato jurídico, elaboramos missão, visão e valores, escrevemos estatuto, analisamos o mercado para descobrir oportunidades e ameaças, etc, etc, etc. Sempre com a participação de todos os envolvidos, em 2006 a Colivre foi formalmente criada e iniciou suas atividades a partir das bases definidas nesse período de planejamento. Transcrevo abaixo a missão, visão e valores por considerar esta a construção mais importante de todo esse período.

Missão

Ser uma organização autogerida e auto-sustentável que procure disseminar os ideais do Software Livre, fornecendo soluções tecnológicas para os diversos setores da sociedade; que proporcione o bem estar das(os) sócias(os) e parceiras(os); respeite o meio ambiente e vivencie os princípios do consumo responsável.

Visão

Ser uma organização autogerida, referência no Brasil por mérito das soluções tecnológicas fornecidas de acordo com seus princípios, além de tornar-se uma fonte de sustentabilidade econômica para os seus membros.

Valores

  • Liberdade da informação, considerando que todo conhecimento deve estar disponível livremente para a sociedade.
  • Autogestão, enquanto um princípio democrático de construção coletiva.
  • Colaboração, enquanto uma prática de cooperação e ajuda mútua.
  • Meritocracia, enquanto valorização da experiência prática nas atividades realizadas de acordo com os princípios da organização.
  • Respeito e Tolerância: todos os envolvidos com a organização, atores internos ou externos, são pessoas com necessidades, sentimentos e diferenças, e assim devem ser vistos.

Isto criou a base do que a Colivre foi nesses 10 anos de existência. O processo de construção colaborativo criou uma sintonia entre todos do grupo e havia um entendimento implícito do que estávamos buscando, o que foi fundamental para criar um ambiente de trabalho agradável, tranquilo e humano em todos esses anos.

Nos primeiros anos quase todos estavam terminando a graduação e o tempo era dividido entre universidade e Colivre, além de iniciativas individuais. Na época eu trabalhava no JáCotei, e por um breve período também fiz estágio na Safernet, tudo em paralelo: universidade, JáCotei, Safernet e Colivre.

Com o passar do tempo fomos aumentando a dedicação à Colivre e em 2009 eu estava com dedicação 100%. Sempre tivemos a autogestão como uma prática indispensável, de forma que era fundamental aprender a trabalhar e gerenciar o próprio tempo, não tínhamos “patrão”, todos eram “o” patrão, trabalhador, empregado, empreendedor, etc. Este aprendizado me levou a conhecer o que escrevi em Não faça hoje o que pode deixar para amanhã e me fez ter maior disciplina e responsabilidade sobre o tempo e o trabalho.

Todos os anos de trabalho na Colivre me proporcionaram muito aprendizado técnico: aprendi Ruby na Colivre, tive experiência com Ruby on Rails, com administração de servidores GNU/Linux, administração de banco de dados, amadureci meu conhecimento na linguagem de programação Perl colaborando com o projeto Foswiki ativamente durante anos. Enfim, foram 10 anos de aprendizado e muitos desafios.

O contato com todas as pessoas que fizeram parte da Colivre também foi muito valioso, trabalhar com pessoas que compartilham alguns dos seus ideais é maravilhoso. O convívio com cada um me fez ser hoje uma pessoa melhor, com certeza.

Mesmo com toda esta experiência maravilhosa, de todo o aprendizado, minha relação de 10 anos com a Colivre chegou ao fim. Em 2015 fui convidado a trabalhar num projeto que requeria minha mudança para Brasília. Morar em Brasília, dividir meu tempo entre a Colivre e outros projetos me distanciou bastante da empresa e me fez começar a aspirar novos caminhos.

Assim, em fevereiro de 2016 eu saí da Colivre. Isto me faz ver que tudo na vida é um processo, sem início ou fim, estamos sempre no caminho de algo e o que vale é o caminho, os resultados nem sempre importam tanto, percorrer o caminho é muito mais importante do que chegar lá.

E o caminho que percorri na Colivre foi muito rico em diversos aspectos: técnicos, sociais, pessoais, políticos e agora sigo como ex-sócio da Colivre, sigo como alguém que ajudou a construir este belo empreendimento e que abre espaço para que ele continue o seu caminho.

Bem, despeço-me aqui da Colivre e torço, como sempre, para que ela continue seu caminho da melhor forma possível e desejo paz e força para aqueles que continuam levando este sonho adiante.

Vida longa e próspera à Colivre

a imagem do título é uma modificação do original em https://www.flickr.com/photos/marcelsebald/9246175529


Fonte: http://joenio.me/carta-de-despedida-da-colivre/index.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.