Seja bem vind@, se você é um debiano (um baiano que usa debian) faça parte de nossa comunidade!


TOP10 dos Sites Mais Acessados Através do Squid

24 de Outubro de 2011, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Estou adicionando ao nosso sistema de monitoramento mais uma opção, que é a listagem dos 10 sites mais acessados nos Centros Digitais de Cidadania.

Primeiramente você deve ter toda a estrutura do proxy em funcionamento (Squid + Iptables ou Squid + Firefox configurado pra sair pelo proxy). Em seguida execute o comando em Shell Script abaixo:

# cat /var/log/squid/access.log | egrep -i -v “(\.jpg|\.gif|\.png|\.swf|\.jpeg|\.js|\.css|\.ico|\?)” | awk ‘{print $7}’ | sort | cut -d’/’ -f 1,2,3 | uniq -c | sort -rn | head -10

Ao final do comando será apresentada a quantidade de acessos ao site juntamente com seu endereço, o resultado será parecido com este:

1338 http://downloads.berimbau.ba.gov.br
101 http://safebrowsing-cache.google.com
22 http://www.secti.ba.gov.br
20 http://mirrors.adnettelecom.ro
12 http://www.bahianoticias.com.br
12 http://vida.berimbau.ba.gov.br
7 http://www.atalibaneto.com.br
7 http://atalibaneto.wordpress.com
6 http://www.cidadaniadigital.ba.gov.br
3 http://platform.twitter.com

Feito!

O que esse comando faz?

1. Primeiro vamos varrer todo o log aonde fica armazenado os sites acessados pelos usuários.

# cat /var/log/squid/access.log

2. Em seguida vou filtrar as conexões excluindo os sites que não me interessa como; imagens, ícones, java, flash e etc. Só quero o site principal que o usuário acessou. (você pode aprimorar essa limpeza adicionando mais opções ao filtro)

egrep -i -v “(\.jpg|\.gif|\.png|\.swf|\.jpeg|\.js|\.css|\.ico|\?)”

3. Seleciono o endereço dos sites que estão na 7ª coluna e organizo os sites em ordem alfabética.

awk ‘{print $7}’ | sort

4. Pego apenas o endereço principal dos sites, para isso vou pegar tudo que existir até a 3ª /. Por exemplo se aparecer assim http://www.atalibaneto.com.br/asdhkshkashd___34734 será mostrado http://www.atalibaneto.com.br

cut -d’/’ -f 1,2,3

5. Realizo a contagem de sites repetidos e organizo em ordem decrescente .

uniq -c | sort -rn

6. Listo apenas os 10 primeiros sites acessados, se você quiser visualizar todos, remova o comando abaixo. Se deseja alterar a quantidade de sites apresentado na lista, altere o número 10 para o valor que desejar.

head -10

Os testes foram realizados no Debian Lenny e Squid versão 2.7.STABLE3-4.1lenny1.

Existe uma ferramenta chamada Sarg que cria diversos relatórios através do log do Squid, inclusive o TOP10. Não usei o Sarg porque preciso dessa lista em modo texto e o Sarg gera relatórios em HTML dentre outros motivos. Além do mais Shell Script é Shell Script, simples e eficiente. :)

Até breve!




Latinoware 2011

24 de Outubro de 2011, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Na semana passada, participei pela primeira vez da Latinoware (Conferência Latino-Americana de Software Livre), creio que o segundo maior evento de Software Livre do Brasil. Gostei muito da Latinoware, por vários motivos… Apesar de não ter uma programação tão grande quanto a do FISL, por ser um evento menor, você consegue conversar com mais gente e se deslocar pelos espaços com mais calma. A programação foi bastante diversificada, com minicursos e palestras de diversas áreas. Também gostei da presença de participantes de vários países da América do Sul, como Bolívia, Colômbia, Peru, Paraguai e Argentina. Acho muito interessante que essa integração aconteça.

Além disso, apresentei uma palestra com Djavan Fagundes sobre o OpenStreetMap. Na apresentação, falamos da importância e potencial do OSM, de alguns projetos de mapeamento que temos e mostramos como começar a editar no OSM. Foram publicados dois posts sobre a palestra, um no site do evento e outro em um blog da Serpro. Também cedemos uma entrevista para a assessora de comunicação do Serpro que deve render uma matéria em breve na revista da empresa.

A apresentação de slides está disponível em: http://bayfiles.com/file/193B/cnTS31/mapeamento_OSM-1.2.pdf



Feliz Aniversário Debian!

16 de Agosto de 2011, por Desconhecido - 0sem comentários ainda



A Comunidade Debian celebra seu 18º aniversário

16 de Agosto de 2011, por Valessio Brito - 0sem comentários ainda
Clique para ampliar
O Projeto Debian tem o prazer de marcar o 18º aniversário do anúncio de fundação feito por Ian Murdock. Citando parte da história oficial do projeto: "O projeto debian foi fundado oficialmente por Ian Murdock em 16 de Agosto de 1993. Naquela época, o próprio conceito de `distribuição' Linux era novo. Ian pretendia fazer do Debian uma distribuição que aberta, no espírito Linux e GNU".

Muita coisa aconteceu ao projeto e sua comunidade nesses 18 anos. 11 versões foram lançadas - mais recentemente a versão Debian 6.0 "Squeeze" em Fevereiro de 2011 - e uma grande quantidade de softwares livres foi empacotada. A versão atual da série "instável" consiste de mais de 35.000 pacotes binários só para a arquitetura amd64 - mais de 44GiB de Softwares Livres!

Ao longo da história, o Debian tem mantido seus objetivos de excelência técnica, confiabilidade, responsabilidade e, acima de tudo, liberdade.

Certamente, isso não seria possível sem a forte comunidade que se desenvolveu ao redor do Debian. Além de mais de 1000 Desenvolvedores Debian e Mantenedores em todo o planeta, existem mais de 11000 contas registradas na plataforma de colaboração Alioth, e isso não inclui todas as pessoas envolvidas com tradução, reporte de problemas (e a criação de alguns patches, algumas vezes), além é claro de todos os usuários colaborando através de nossas listas de email, foruns e canais IRC.

Como um projeto, nós gostaríamos também de aproveitar a oportunidade para agradecer a todos os nossos usuários, colaboradores e, obviamente, os desenvolvedores dos programas empacotados pelo Debian.

Em todo o mundo hoje, desenvolvedores, mantenedores, colaboradores e usuários celebram o nosso aniversário com pequenas conferências, com festas virtuais ou mesmo festas presenciais. Esta celebração é organizada pela comunidade, e não é tarde de mais pra começar uma festa na sua própria cidade.

Os usuários podem também usar a plataforma web http://thank-you.debian.net para expressar seu agradecimento, assim como compartilhar suas fotos de celebrações do aniversário do Debian. Se você for postar notícias sobre o assunto no Twitter ou Identi.ca, por favor use a hashtag #thxdebian.

O Projeto Debian continua a acolher contribuições de todas as formas, de todas as pessoas, encorajando pessoas a baixar, usar, modificar e distribuir códigos fonte na esperança que eles sejam úteis.

Informações sobre contato

Para informações adicionais, por favor visite a página do Debian em http://debian.org 

  

Tradução da nota oficial por Lincoln de Sousa



Hello, Planet Debian

22 de Julho de 2011, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Hello, world! So, now this blog is being syndicated on Planet Debian, and I decided to write something to introduce myself.

I was born in Salvador, Bahia, Brazil. I am married to Josy, a wonderful person; we do not have any kids yet, but anyone can notice we both discretely drooling when close to small children.

I have a passion for building things, and making things work. Programming happens to be the better building toy that someone already invented.

I became am official Debian Developer a little more than one week ago, but I have been working in the project for some time already. In the very beginning I was involved with the Perl group, but now almost all my work is in the Ruby team.

I am a PhD student at Federal University of Bahia under supervision of professor Christina Chavez. My research involves three topics I am just fascinated about: Free ("and Open Source") Software, Software Design and Empirical Software Engineering. I am investigating whether it is possible to explain the variation in Structural Complexity by analyzing developer attributes. I want to answer questions such as "do developers with more experience in a project produce more complex code?", or "do developers that focus on a single part of the project produce more complex code than developers who work on the entire project?".

As part of my PhD research I have been working on analizo, a multi-language source code analysis and visualization toolkit. I plan to write specifically about it in a later opportunity.

My other job is running my own company, Colivre, together with several other great people. Colivre is a cooperative, which basically means that everyone who works there is also an owner of the company. We provide web solutions, in special social networking environments, social media websites and the like. Working on (and with) free software is our premise at Colivre, and most of our work involves either Noosfero or Foswiki.

Right now I am taking some time off from Colivre to be able to concentrate on (and finish!) my PhD. Until late September I live at the beautiful Vancouver, BC, Canada, where I am currenly a visiting reasearcher at the Software Practices Lab at UBC under supervision of professor Gail Murphy.

So that's it, I hope to post interesting stuff here and to get your feedback whenever you find it's worth. I also maintain a microblog at identi.ca, where you'll find shorter (and more frequent) updates.