Seja bem vind@, se você é um debiano (um baiano que usa debian) faça parte de nossa comunidade!


Alterar Endereço MAC da Placa de Rede no GNU/Linux

June 29, 2010, by Unknown - 0no comments yet

Toda placa de rede possui um número de identificação chamado de endereço MAC. Na lógica não deveria existir duas placas de rede com o mesmo endereço, porque muitas redes autorizam/bloqueiam acessos através do endereço MAC e não por IP. Então qual a vantagem de alterar seu MAC? acho que já respondi… *rs

Como alterar?

O exemplo altera a placa de rede eth0 e para executar os comandos abaixo você precisa de acesso root:

# ifconfig eth0 down
# ifconfig eth0 hw ether 00:11:22:33:44:55
# ifconfig eth0 up

Pronto!

Se divirta com seu novo endereço :)

Saiba mais sobre endereço MAC.




CTRL+C e CTRL+V Não Funciona no GNU/Linux

June 9, 2010, by Unknown - 0no comments yet

Utilizo Debian SID e não funciona CTRL+C e CTRL+V de um conteúdo que já foi apagado.

Exemplo:

Acesso um site: http://www.softwarelivre.org/
Copio o endereço.
Fecho o navegador.
Colo o endereço no editor de textos.
Simplesmente o endereço não é colado no editor, pois o navegador foi fechado.

Solução

Postei esse meu problema na lista de discussão do Debian e encontrei a solução. Basta instalar o glipper com o comando abaixo:

aptitude install glipper

O Glipper é um gerenciador de área de transferência para o GNOME. Ele mantém um histórico dos textos copiados para a área de transferência.

Pronto!




VAGAS! Procura-se: Pessoas pró-ativas para deixar o Debian mais agrádavel!

June 8, 2010, by Unknown - 0no comments yet

More200OPORTUNIDADES!!!

Procuramos pessoas pró-ativas, que compartilhe da mesma política e filosofia Debian para preencher as seguintes vagas:

 

1. DESIGNERS, ARTISTAS E USUÁRIOS interessados em criar um novo conceito visual para a próxima release do Debian, aka Squeeze.

 

2. TRADUTORES para atuar na tradução das Descrições de pacotes, Instalador Debian, Documentação, Páginas web, etc.

 

4. USUÁRIOS E MILITANTES para organizar o Dia Debian 2010 em sua Cidade.

 

5. VOCÊ interessado em difundir ainda mais o projeto Debian no Brasil, participar na construção de uma Análise PFOA/FOFA e traçar objetivos.

 

 

Atenção: Esta postagem é não-oficial do projeto Debian, ela esta relacionada a qualquer tipo de colaboração para o projeto Debian e a comunidade Debian Brasil, se você tem sugestão para mais alguma escreva nos comentários.



Distraction-free writing with vim and awesome

June 4, 2010, by Unknown - 0no comments yet

I've recently learn about distraction-free text editing from Lucas, and really liked the idea. Turns outs it is pretty easy to implement it with my beloved vim text editor.

Removing all distraction while using the console vim is trivial. I just need to switch my awesome workspace to full-screen layout, and that's it. The terminal window running vim will take the entire screen space, and then it's me and vim. No menus, no buttons, nothing.

Achieving the same effect with gvim is a bit more tricky: besides putting the awesome workspace to use full-screen layout, you have to turn off both the menus and the toolbar. To do that, I mapped the F11 and F12 keys to turn the menus off and on, respectively, by adding the following lines to my ~/.gvimrc:

map <F11> :set guioptions-=m<CR>:set guioptions-=T<CR>
map <F12> :set guioptions+=m<CR>:set guioptions+=T<CR>

Distraction-free-gvim

You can check out the result in the above screeshot. Yes, that is my entire screen.

The tip for toggling menu and toolbars came from the vim wiki.

You ask me: what's the point of running gvim if you are disabling the menus and the toolbar? Several reasons: the fonts look nicer in gvim, the colors are better than the console ones, and I can turn the menu back on if I need (for example to do something I do not remember the command for).



ForkBomb

June 2, 2010, by Unknown - 0no comments yet

Percebo que a maioria dos usuários que utilizam GNU/Linux estão vulneráveis ao forkbomb, e muitos desconhecem dessa técnica que pode ser usada pro mal.

O que é forkbomb?

Forkbomb é uma instrução de programação que se auto executa infinitas vezes, consumindo assim todo o recurso da cpu travando o computador em alguns segundos.

Como executar um forkbomb?

Digite no console:

:(){ :|:& };:

Em alguns segundos seu computador vai travar, sendo necessário reiniciá-lo manualmente.
O forkbomb pode ser executado por um usuário comum sem privilégios que vai travar o sistema do mesmo jeito.

Como se proteger?

Edite o arquivo /etc/security/limits.conf
Adicione a linha abaixo no final do arquivo:
* hard nproc 200

O que fiz acima, foi limitar a quantidade de processos de todos usuários, sendo assim, cada usuário só poderá executar até 200 processos :)
Se deseja limitar um grupo específico coloque assim, exemplo limitando o grupo users:
@users hard nproc 200

Pronto!

Referência: http://en.wikipedia.org/wiki/Fork_bomb