Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_enterprises"><a href="/search/assets?asset=enterprises"><span class="icon-menu-enterprise"></span><strong>Empreendimentos</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li> <li class="asset_events"><a href="/search/assets?asset=events"><span class="icon-event"></span><strong>Eventos</strong></a></li>
ou

Thin logo

 Voltar a Blog
Tela cheia Sugerir um artigo

Proposta para a realização de atividades das comunidades no FISL17

20 de Novembro de 2015, 18:57 , por Paulo Santana - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 106 vezes

Já faz alguns anos que a organização do FISL criou na sua grade de programação a trilha “Encontros Comunitários” com o objetivo de promover atividades mais informais das comunidades brasileiras de Software Livre como reuniões e discussões abertas. Dessa forma, a organização do FISL cede um ou dois slots para cada comunidade que enviar proposta de Encontro Comunitário e no dia do evento os grupos se auto-organizam em suas salas.

A sugestão que estou enviando a seguir propõe ampliar o conceito de Encontro Comunitário, tornando as comunidades brasileiras realmente parceiras na organização da programação do FISL17. A ideia é realizar “pequenos eventos” dentro do FISL17, como aconteceu como a Mini-DebConf realizada durante o FISL16.

Funcionaria assim:

  1. A organização do FISL17 reserva os auditórios 41C, 41D, 41E e 41F para as atividades das comunidades durante os quatro dias. Como cada comunidade poderá usar um auditório durante um dia, será possível atender 16 comunidades (4 auditórios x 4 dias).
  2. Desde 2011 mantenho em meu site (http://phls.com.br/blog/eventos-de-software-livre-em-2015) uma lista com os eventos de Software Livre que acontecem pelo país. Dessa forma, foi possível fazer um levantamento de quais eventos de comunidades aconteceram nos últimos dois anos, conforme mostra a tabela no final desse documento. Foram identificadas 14 comunidades ativas que a organização do FISL17 pode convidar diretamente. Fica restando 2 vagas para comunidades novas, e caso alguma dessas 14 comunidades não aceite participar, outras comunidades novas podem ser convidadas, ou mesmo a organização do FISL17 pode decidir não ocupar todas as salas.
  3. Uma alternativa  é a organização do FISL17 abrir uma chamada pública para que as comunidades brasileiras de Software Livre interessadas em realizar seus eventos dentro do FISL17 possam se inscrever, e assim as 16 serão escolhidas baseado no quanto elas estão ativas.
  4. No convite para a comunidade (ou na chamada para as comunidades), constarão regras pré-definidas. Por exemplo:
    1. A comunidade deverá indicar um grupo de pessoas (pelo menos duas) que ficarão resposáveis por tratar com a organização do FISL17.
    2. A comunidade deverá preencher os slots disponíveis de um auditório, durante um dia. (Usando como exemplo o horário de início e fim do FISL16, a comunidade teria das 10:00h às 20:00h para preencher, ou seja, no máximo 10 slots/atividades). A comunidade deve preencher pelo menos “n” slots para que seja considerado um evento dentro do FISL17.
    3. A organização do FISL17 cederá para a comunidade (esses números são apenas sugestões): 02 passagens para convidados nacionais e 01 passagem para convidado internacional, e as hospedagens para os três. A comunidade ficará responsável por entrar em contato com as pessaos que pretende convidar, fazer o convite, e só depois que estiver tudo confirmado, indicá-los para a organização do FISL17 providenciar as passagens e hospedagens. Reinterando que a organização do FISL17 não fará os convites, isso deve ser feito pela comunidade.
    4. A comunidade deve indicar os seus “n” convidados (número a definir) até o dia DD/MM/2016 (data a definir) para que a organização do FISL17 possa divulgar seus nomes no site do evento antes da programação oficial sair. O restante dos slots devem ser preenchidos por propostas recebidas pelo sistema de submissão. Pra isso, a organização do FISL17 vai dar acesso ao SEGUE para que os representantes da comunidade possam ver a classificação das propostas enviadas para a sua trilha/evento.
    5. A comunidade deve preferencialmente dar nome ao seu evento para torná-lo oficial. Por exemplo, algumas comunidades usam: WordCamp, DrupalCamp ou DrupalDay, JoomlaDay, PGDay, PHP Day, Blender Day, Mini-DebConf, etc.
    6. No mínimo uma das palestras da comunidade deve ser realizada por mulher.
    7. No mínimo uma das palestras da comunidade deve ser básica, de introdução, para atender ao público iniciante no tema da comunidade.

A grade de programação deverá ser montada buscando evitar conflito de comunidades semelhantes. Por exemplo:

  41C 41D 41E 41F
Dia 1

PHP

KDE Blender Mulheres
Dia 2 WordCamp Python Gimp/Inkscape Mini-DebConf
Dia 3 JoomlaDay Ruby LibreOffice  
Dia 4 DrupalCamp PostgreSQL Pentaho  

O ideal é que no SEGUE cada evento de comunidade sejm identificado como uma trilha para que os proponentes possam enviar propostas para ela. As propostas que não forem enviados para  nenhum desses eventos serão alocados em auditórios e horários diversos como acontece normalmente.

Espera-se também que ao divulgar os seus eventos, as comunidades estarão divulgando o FISL17, e assim chamando mais participantes. Uma pessoa que vai ao FISL17 para assistir as palestras de WordPress, por exemplo, acabará aproveitando para assistir palestras sobre outras temas durante os outros dias. A organização do FISL17 pode ceder inscrições gratuitas para que as comunidades sorteem em seus grupos.

Mantenho uma comunidade no softwarelivre.org onde listo diversas comunidades brasileiras de Software Livre e seus contatos como listas, canais de IRC, páginas e grupos no facebook, perfil no twitter e no google+, etc: http://softwarelivre.org/comunidades-brasileiras

Tabela de eventos de Software Livre já realizados em 2014 e 2015 ou programados para acontecer até o final de 2015 (atualizado em 19/11/2015):

 

Comunidade Ano <Título <Cidade
1 – Blender 2014 Dia do Blender 2014 Rondonópolis - MT
Dia do Blender 2014 Curitiba - PR
2 – Debian 2014 Debian Day 2014 várias cidades
2015 Debian Day 2015 várias cidades
Micro-DebConf Brasília
Mini-DebConf FISL16 Porto Alegre – RS
Mini-DebConf Latinoware 2015 Foz do Iguaçu – PR
3 – Drupal 2014 DrupalDay SP 2014 São Paulo - SP
Drupal Day POA Porto Alegre - RS
2015 DrupalCamp São Paulo 2015 São Paulo - SP
DrupalDay Porto Alegre 2015 Porto Alegre - RS
4 – Gimp/Inkscape 2014 GNUGRAF Niterói - RJ
5 – Joomla 2014 Joomla Day Brasil 2014 São Paulo - SP
2015 Joomla Day Ribeirão Preto Ribeirão Preto - SP
JoomlaDay São Paulo São Paulo - SP
Joomla Day Brasil 2015 Brasília - DF
6 – KDE 2014 LaKademy 2014 São Paulo - SP
2015 LaKademy 2015 Salvador - BA
7 – LibreOffice 2014 III Encontro Catarinense de LibreOffice Concórdia - SC
II Encontro Nacional do LibreOffice São Paulo - SP
2015 IV Encontro Catarinense de LibreOffice Chapecó - SC
III Encontro Nacional do LibreOffice São José - SC
8 – Mulheres 2014 II Encontro Nacional de Mulheres na Tecnologia Goiânia - GO
2015 III Encontro Nacional de Mulheres na Tecnologia Goiânia - GO
9 – Pentaho 2014 Pentaho Day 2014 São Paulo - SP
2015 PentahoDay 2015 Curitiba - PR
10 – PHP 2014 9ª PHP Conference Brasil São Paulo - SP
2015 10ª PHP Conference Brasil Osasco - SP
1º Seminário PHP Curitiba Curitiba - PR
PHPest - Conferência de PHP do Nordeste João Pessoa - PB
PHP com Rapadura in Pentecoste Pentecoste - CE
11 – PostgreSQL 2014 PgDay Campinas Campinas - SP
PgDay Curitiba Curitiba - PR
2015 PGDay Campinas 2015 Campinas - SP
PGBR 2015 - Conferência PostgreSQL Porto Alegre - RS
PgDay Curitiba Curitiba - PR
12 – Python 2014 PyLadies Day Natal - RN
II Python Nordeste Salvador - BA
III Encontro da Comunidade Python de Minas Gerais Santa Rita do Sapucaí - MG
PythonBrasil[10] Porto de Galinhas - PE
Python Day Alagoas Maceió – AL
2015 III Python Nordeste Natal - RN
Django Girls de São José dos Campos São José dos Campos - SP
PythonBrasil[11] São José dos Campos - SP
Django Girls de Curitiba Curitiba - PR
Django Girls de Maringá Maringá – PR
Django Girls de Niterói Niterói – RJ
13 – Ruby 2014 Rails Girls em Salvador - 2ª edição Salvador - BA
RubyConf Brasil 2014 São Paulo - SP
Rails Girls Porto Alegre Porto Alegre – RS
2015 Rails Girls Salvador - 3ª edição Salvador - BA
1º Tech Day do GURU-PR Curitiba - PR
RubyConf Brasil 2015 São Paulo - SP
Rails Girls Rio de Janeiro Rio de Janeiro – RJ
Rails Girls São Paulo São Paulo – SP
Rails Girls Recife Recife – PE
Rails Girls Belo Horizonte Belo Horizonte – MG
Rails Girls Porto Alegre Porto Alegre – RS
Rails Girls Maceió Maceió – AL
14 – WordPress 2014 WordCamp Belo Horizonte Belo Horizonte - MG
WordCamp São Paulo São Paulo - SP
WordCamp Salvador Salvador - BA
2015 WordCamp Belo Horizonte Belo Horizonte - MG
WordCamp São Paulo São Paulo - SP

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.