Gehe zum Inhalt
oder

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

Linux Magazine

getaddrinfo: Name or service not known

BR.Linux.org

500 Internal Server Error

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Mein Netzwerk

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

404 Not Found

Soft Libre Honduras

redirection forbidden: http://www.preguntaslinux.org/syndication.php -> https://s.arclk.net/tr?id=01400edd9796289e8836411b8dfaf5bc55ddf469a0.r&tk=eyJhbGciOiJIUzI1NiIsInR5cCI6IkpXVCJ9.eyJwdWIiOiI1MjJjNjE1YTlhODQ4MGNhYjhiMTA0MTIiLCJ0cyI6IjEyMDIxNjE5IiwiZCI6InByZWd1bnRhc2xpbnV4Lm9yZyJ9.yNhEpz8B_RbmOBfudIsXDXoHh9iuTRpqJRPL7TbJPCU

Linux Rep.Dominicana

404 Feed not found error: FeedBurner cannot locate this feed URI.

 Zurück zu FREE SOFTWAR...
Vollbild

Telecentros e bibliotecas públicas fazem sucesso no litoral paranaense

Januar 28, 2010 0:00 , von Software Livre Brasil - 0no comments yet | Es folgt noch niemand diesem Artikel.
2136 Mal angesehen:

O programa Telecentros Paranavegar continua sendo atração no litoral paranaense. No período de férias, turistas e moradores das praias de Guaraqueçaba, Morretes e Pontal do Paraná (Ipanema e Shangri-Lá), Antonina (Siri do Portinho) e Ilha do Mel (Nova Brasília e Encantadas) compartilham os computadores colocados à disposição da população pelo Governo do Estado desde 2003, usando Software Livre.

O telecentro do balneário de Ipanema, inaugurado em 2007 junto com a Biblioteca Cidadã, recebe em média 32 pessoas por dia. O acesso à internet é limitado a 30 minutos por dia, e enquanto esperam, os visitantes podem usufruir os 4,5 mil livros e revistas da biblioteca. O público que frequenta o telecentro varia: desde crianças até a terceira idade – muitos deles acessam o computador pela primeira vez.

Nos dias normais, fora de temporada, os visitantes precisam preencher um cadastro, mas na temporada é só chegar e agendar o horário. “As crianças são mais impacientes, então enquanto esperam a vez, eu ofereço um livro. Se eles não estão com vontade de ler, eu incentivo a desenhar jogos para depois jogarem com os amigos até que os computadores sejam liberados. Eles interagem, é um trabalho muito legal”, conta a monitora do telecentro de Ipanema, Iná Stival.

AJUDA - O monitor Marcelo Ribeiro aponta como principal vantagem do telecentro em relação a uma “lan house”, a ajuda que os monitores capacitados pela Celepar dão os usuários para acessarem a internet, principalmente para que não têm essa ferramente em casa ou no trabalho. “Também acompanhamos a navegação, principalmente das crianças e dos adolescentes, impedindo que eles entrem em páginas impróprias”.

Andrea Fernandes frequenta o telecentro de Ipanema há dois anos, pois costuma passar muito tempo na praia e precisa ver freqüentemente os e-mails. Ela faz questão de agendar para a família toda, que utiliza tanto o ponto de acesso à internet como a biblioteca. “Faço tudo o que preciso pela internet aqui. Venho sempre e sou muito bem atendida”, diz.

“Bruna, 14 anos, gosta mais dos livros e Felipe, 10, só que saber de usar a internet”, conta a mãe Cristina de Oliveira Socher, turista de Curitiba. Eles conheceram o projeto Telecentro Paranavegar por meio de outro projeto do Governo do Paraná, o da Biblioteca na Areia no verão de 2009 e são frequentadores deste então, principalmente nos dias de chuva.

A instalação dos telecentros é coordenada pela Secretaria para Assuntos Estratégicos em parceria com a Celepar. Além do mobiliário necessário, os prédios são equipados com computadores, aparelhos de televisão, vídeo e DVD. No espaço construído pelo Governo do Paraná há ainda um mini-auditório com 30 lugares, que é utilizado pela comunidade para a realização de reuniões, oficinas e capacitações.


* fonte: SEAE


Tags zu diesem Artikel: nizan seae celepar paraná furusho telecentro

0no comments yet

Einen Kommentar schreiben

Die Felder sind zwingend erforderlich.

Wenn Sie ein registrierter Nutzer sind, dann können Sie sich anmelden und automatisch unter Ihrem Namen arbeiten.