Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

getaddrinfo: Name or service not known

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Telebras levará banda larga a 115 cidades das regiões SE e NE

25 de Agosto de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1438 vezes

Orçamento da estatal para cumprir as metas do PNBL deve ficar em R$ 1 bilhão.

O presidente da Telebras, Rogério Santana, disse nesta terça-feira (24), durante o 2º Fórum Brasil Conectado, que 100 municípios e 15 capitais das regiões Sudeste e Nordeste, além de Brasília, receberão internet rápida até o fim do ano. A Telebras utilizará a rede de fibra ótica das empresas do setor elétrico, na primeira fase da implantação do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL).

Apesar de as cidades já estarem definidas pela estatal, os nomes e os critérios de escolha só serão anunciados no último dia do fórum, na quinta-feira (26). “Queremos permitir que novas contribuições surjam durante o fórum”, disse Santana.A implantação da rede na Região Norte, onde são grandes as dificuldades de conexão à internet, deverá ocorrer até 2014.

De acordo com Santana, o orçamento da estatal para capitalização e cumprimento das metas do plano deverá ficar em R$ 1 bilhão, sendo R$ 600 milhões este ano e R$ 400 milhões em 2011, com a possibilidade de suplementação de mais R$ 400 milhões no decorrer do próximo ano, dependendo do cumprimento da meta orçamentária.

Participam do fórum representantes do setor público, empresários, usuários e especialistas para discutir a segunda fase do PNBL. Serão analisadas e debatidas propostas referentes à implantação de dutos e cabos de fibra ótica em obras públicas de infraestrutura, estímulo a fornecedores nacionais do setor de telecomunicações e parâmetros de qualidade para banda larga, entre outros temas.

* com informações da Agência Brasil


Tags deste artigo: furusho pnbl cidades digitais

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.