Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Operadora 3G canadense obrigando usuários do Android a fazer upgrade de firmware

28 de Janeiro de 2010, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 608 vezes

Brasileiro e acostumado desde o berço a ser refém de operadoras de telefonia, confesso que fiquei um pouco surpreso ao saber que no Canadá o serviço 3G é monopólio de uma única empresa privada, e que ela se sente à vontade para praticar este tipo de maldade em dois estágios com os seus clientes usuários de Android. Se onde há concorrência o serviço já assusta, imagine o que acontece onde ela não existe.

O primeiro estágio foi o bug que ficou sem conserto por meses mesmo após a empresa ser notificada por um cliente, que potencialmente impediria que usuários do Android fizessem chamadas de emergência (911, por lá).

Mas o segundo estágio foi bem pior: após meses de inação, de repente a empresa colocou no ar um fix obrigatório – quem não aplicar, fica sem poder usar o acesso de dados pelo qual está pagando. E como se a obrigatoriedade não fosse suficientemente antipática, o mesmo fix também muda algumas outras coisinhas no aparelho, impedindo que os usuários possam continuar tendo acesso ‘root’ a seus fones – mesmo quem comprou sem restrições.

Para piorar um pouco mais, consta que há relatos de usuários cujos telefones simplesmente pararam de funcionar definitivamente (no fenômeno geek mais conhecido pelo termo bricking) na aplicação da atualização obrigatória.

Subitamente eu comecei a me sentir um pouco menos maltratado pela minha operadora. Pelo menos eles não têm me impedido de rodar o firmware que eu quiser… (via mobile.slashdot.org)


Fonte: http://br-linux.org/2010/operadora-3g-canadense-obrigando-usuarios-do-android-a-fazer-upgrade-de-firmware/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.