Trecho inicial da matéria do Baguete:

Sete anós após seu inicio, a estratégia de adoção do Software Livre nos órgãos federais ainda engatinha. Uma pesquisa feita com os 233 órgãos, das quais 129 responderam, aponta que a adesão aos sistemas de código aberto está entre inexistente e iniciante.

Apresentada no 11° Fórum Internacional do Software Livre, a pesquisa aponta ainda que o código aberto faz sucesso nestes órgãos principalmente no back end.

Para servidores, 50% já utilizam o software livre ante 8% dos usuários de programas proprietários. Outros 19% estão na fase inicial de adoção e 23% em fase de andamento. Já os sistemas de informação são de código aberto para 57%, estão em estágio inicial para 17% e em andamento para 15% dos órgãos. Apenas 11% ainda usam a versão paga.

Por outro lado, o contato com o usuário ainda é majoritariamente feito através de software proprietário. Para sistemas operacionais, o software livre está em apenas 5% dos órgãos ante 47% de concorrentes pagos. Mas a migração já representa 43%, ainda que em estágios iniciais.

Já as suítes de aplicativos para escritório de código aberto representam 15% do total enquanto os proprietários estão em 45%. Além disso, 12% dos órgãos estão com a migração em andamento e 28% estão na fase inicial de adoção.(…)  (via baguete.com.br)