Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

Linux Magazine

getaddrinfo: Name or service not known

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

404 Not Found

Soft Libre Honduras

getaddrinfo: Name or service not known

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Do you tweet ?

4 de Junho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 1Um comentário | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1249 vezes

Já faz um bom tempo que uso o Twitter, e antes de escrever sobre ele aqui no IT Web eu queria primeiro me certificar das coisas que mudaram na minha vida digital depois que comecei a usar o portal de microblogging.

A primeira delas, que considero mais impactante de todas, é que praticamente parei de ler feeds de RSS como costumeiramente fazia. Como no Twitter você "segue" pessoas, e portanto passa a receber tudo o que elas postam, acabei conseguindo seguir uma lista de pessoas (meus amigos no mundo real ou não), que acabam me trazendo o supra sumo das informações que são relevantes para meu trabalho no dia a dia. Como retribuição, toda vez que leio alguma coisa que acho que possa interessar a um de meus amigos (e seguidores em geral), posto um rápido comentário com o link para a notícia completa e em alguns minutos vejo a notícias se espalhando pela rede (e é muito legal ver a ação viral que o Twitter tem.

Para quem ainda não conhece o Twitter, ele é um portal de microblog. Trocando isso para o português claro, e usando a analogia que uso para explicar ele para os usuários em geral, o Twitter é o scrap sem o Orkut :)

Seu funcionamento é bem simples: Você pode postar textos com até 140 caracteres, quantas vezes quiser por dia. Você pode ainda "seguir" as pessoas, passando a receber tudo o que elas postam (e o mesmo acontece com as pessoas que te seguem). Dependendo da sua operadora celular (na Claro nem adianta tentar que não funciona), você pode enviar e receber em tempo real as mensagens via SMS. Caso você tenha um smartphone, já existem diversos aplicativos com suporte ao Twitter para eles (eu uso o TwitterBerry no BlackBerry). No meu note, uso o TwitterFox, uma extensão para o Firefox que funciona muito bem (e como o Firefox, é multiplataforma). Deixo a dica destas duas aplicações pois já testei diversas outras e esta são as que mais gosto (e claro, você não precisa instalar nada e pode usar o Twitter direto do seu navegador internet favorito).

No inicio eu pensava: "Será que vou perder muito tempo por dia lendo bobagem que os outros escrevem ?", e acabei descobrindo que isso é uma questão de filtrar as pessoas que você segue. Logo quando comecei a usar o Twitter, seguia uns amigos do Chile que postavam coisas como "Indo tomar o café da manhã", e dez minutos depois "O café estava amargo"... tenha santa paciência.

Hoje consegui ter uma lista de pessoas que sigo que usam mais ou menos os mesmos critérios que eu para postar seus textos e portanto, o Twiiter passou a ser uma ferramente primordial de comunicação rápida para mim.

O que acho interessante, é que o Twitter usa o que existe de bom em duas ferramentas já conhecidas: Ele não é assíncrono como o e-mail (onde cada um dos interlocutores acessa sua mensagem em momentos diferentes), nem síncrono como os programas de mensagens instantânea... diria que o Twitter é quasi-síncrono (se é que o termo existe :) )...

Um exemplo de coisa legal que se pode fazer nele, é que tenho acompanhado nos últimos dias três eventos de tecnologia internacional, em tempo real, através do Twiter (dois nos EUA e um na Malásia).

Como existem aplicativos que integram o Twitter com outras ferramentas (como o Facebook), é possível atingir um número gigantesco de pessoas com uma simples mensagem, e isso já me trouxe surpresas interessantes. Outro dia eu criei com um amigo uma liga em um site de competição de futebol online, e anunciei a criação da liga no Twitter, convidando quem quisesse participar a me contactar. Em três minutos recebi dois contatos (um via Facebook e outro via Twitter), um de São Paulo e outro de Belém do Pará e em poucos minutos (menos de cinco) nossa liga já tinha cinco times (todos via Twitter)...

Na semana passada, participei ainda de um debate sobre o projeto de Lei de Vigilância na Internet do Senador Azeredo e foi uma experiência muito interessante intermediada pelo Twitter. Éramos quatro debatedores e uma jornalista no apoio, cada um em um canto do Brasil e todos conectados via Skype. As perguntas dos ouvintes eram enviadas pelo Twitter, e respondidas ao vivo. Ao término do programa, o áudio ficou disponível como podcast aqui.

Um fato que para mim explica um pouco a "utilidade" que tenho visto no Twitter é que a média de idade de seus usuários é 35 anos (e como diz uma amiga minha, os miguxos ainda não descobriram esta maravilha... ainda).

Recomendo a todos que se inscrevam e participem do Twitter, pois ele realmente pode ser muito útil.

Uma dica final é para a utilização e criação de tópicos no Twitter. As mensagens sobre algum tema são marcadas utilizando um sinal de # antes da palavra chave e com elas se pode buscar por informações sobre aquele tema (desde coisas úteis como #ODF até a coisas não tão úteis como #fail, #naotempreco e #priceless).

E aí... Do you tweet ?

* fonte: blog de Jomar Silva IT Web


Tags deste artigo: jomar silva twitter

1Um comentário

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.