Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

Computerworld

Invalid feed format.

PC World

Invalid feed format.

IDG Now!

Invalid feed format.

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

No route to host - connect(2) for "drupal.usla.org.ar" port 80

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Colômbia

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Desktop Linux foi ultrapassado por tablet no mercado dos EUA

21 de Abril de 2011, 21:00 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda | No one following this article yet.
Visualizado 505 vezes

Segundo os dados da pesquisa StatCounter, que agrega cerca de 15 bilhões de pageviews por mês (dos quais 4 bilhões são dos EUA) coletados em cerca de 3 milhões de sites, desde dezembro a participação do Linux nos desktops de usuários da web foi ultrapassada pela dos iPads, no mercado norte-americano.

A situação atual é de uma vantagem considerável para o tablet proprietário: em abril o Linux aparece na pesquisa dos EUA com uma fatia de 0,71% do mercado, e o iPad com 1,17%: ou seja, a diferença entre os 2 por lá equivale a mais de 60% do tamanho da fatia do Linux.

Nos dados da pesquisa mundial, entretanto, o Linux (0,75%) ainda continua à frente do iPad (0,52%). Se considerarmos os dados do Brasil, a distância entre os 2 é ainda maior: Linux com 0,88% e iPad com meros 0,08% – o que ajudaria a justificar estratégias diferenciadas de conteúdo e serviços nas duas situações.

Vale destacar que os dados demonstrados acima não consideram os dispositivos de tela pequena (como os smartphones em geral, e o iPhone em particular). Uma curiosidade é que os tablets com Android também já aparecem na pesquisa, com uma participação de 0,01%, tanto nos EUA quanto no Brasil.

Na próxima semana produzirei análise mais detalhada sobre os dados acima, e seu contexto. (via mashable.com)


Fonte: http://br-linux.org/2011/desktop-linux-foi-ultrapassado-por-tablet-no-mercado-dos-eua/

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.