Enviado por Priscila Moraes (priscilaΘpimenta·com):

“Street Fighter, Mortal Combat, a série Super Mario, Sonic, a série Castlevania e também jogos de 32 bits como Ultimate Drift e 7 Days (3D) são alguns dos inesquecíveis jogos dos anos 80 e 90. Já pensou em curtir todas essas emoções e muito mais com um único produto, leve e portátil, sem gastar absolutamente nada em jogos? A Dynacom, marca nacional de produtos eletroeletrônicos, apostou nestas lembranças e anuncia o lançamento do Dingoo, primeiro videogame portátil multiplataforma produzido com exclusividade no Brasil, e que promete satisfazer tanto a geração Internet, quanto o público nostálgico.

Embora o produto tenha funções de media player, que reproduz músicas e vídeos (inclusive no formato RMVB, que não é suportado pelos MPs disponíveis no mercado), o grande diferencial é que o Dingoo já vem com 14 emuladores instalados que permitem rodar uma infinidade de games compatíveis com Nintendo, Super Nintendo, Mega Drive, Game Boy Advance, Atari 7800, Neo Geo e outros. Além disso, o aparelho permite que estes jogos sejam reproduzidos direto na televisão por meio de uma conexão AV. “Isso significa que a adrenalina dos velhos tempos está de volta e pode ser compartilhada com muitas pessoas, em casa, viagens ou até em longas esperas, sem depender de consoles específicos para cada tipo de jogo”, detalha Junior Riganti, gerente de marketing da Dynacom

O Dingoo roda até Linux, tela de LCD 2.8”, e tem memória interna de 4GB. “O produto roda os vídeos e jogos sem interrupções, com fidelidade e qualidade impressionantes. O áudio é reproduzido nitidamente e sem ruído, por meio de seus dois alto-falantes embutidos”, destaca Riganti.

Sua bateria recarregável possui autonomia de 18 horas para músicas, 8 horas para vídeo e 4 horas para jogos. O produto acompanha carregador, fone de ouvido e cabo USB. O Dingoo da Dynacom pode ser encontrado nas principais redes de magazines do país por um preço sugerido ao consumidor final de R$ 449,00. Mais informações podem ser obtidas em www.dynacom.com.br.” [referência: dynacom.com.br]