Enviado por Ednei Pacheco (ednei·pachecoΘgmail·com):

“No mercado existem diversas distribuições GNU/Linux, voltadas para os mais variados propósitos (e elas são tantas, que existem muitas as quais sequer sabemos direito para que servem). De todas elas, apenas um número reduzido chega ao nosso conhecimento, graças ao seu sucesso e empenho de seus desenvolvedores. Muitas, são comerciais; outras, criadas por organizações sem fim lucrativos, sem contar ainda aquelas distribuições “feitas por um homem só” (mas que na prática, é auxiliado por muitos colaboradores). No geral, só uma boa consulta ao site DistroWatch nos dará uma visão mais aprofundada, da imensa quantidade de distribuições. No entanto, nenhuma delas possuem particularidades tão impressionantes quanto o Debian (…)” [referência: guiadohardware.net]