Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

Invalid feed format.

IDG Now!

Invalid feed format.

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

404 Not Found

Tux Chile

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

Como foi o I Encontro Tecnocientífico de Perícia

29 de Abril de 2015, 11:30 , por BR-Linux.org - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 106 vezes

Enviado por Cícero Moraes (cogitas3dΘgmail·com):

“No dia 22 de abril de 2015 aconteceu em Sinop-MT o I Encontro Tecnocientífico de Perícia, um evento organizado pela Faculdade FASIPE, pela POLITEC e pela Equipe Brasileira de Antropologia Forense e Odontologia Legal (EBRAFOL).

O objetivo principal do encontro era apresentar aos peritos da região um apanhado geral sobre tecnologias livres, gratuitas e de baixo custo que poderiam de uma forma ou outra auxiliá-los em seus trabalhos profissionais. Destacaram-se a fotogrametria, a reconstrução facial e a composição de cenas de crime com dinâmica.” [referência: ciceromoraes.com.br]

O artigo "Como foi o I Encontro Tecnocientífico de Perícia" foi originalmente publicado no site BR-Linux.org, de Augusto Campos.


Fonte: http://br-linux.org/2015/01/como-foi-o-i-encontro-tecnocientifico-de-pericia.html

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.