Aller au contenu
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Mon réseau

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

Invalid feed format.

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Retour à FREE SOFTWAR...
Plein écran

Cloud Computing no CIAB

septembre 14, 2009 0:00 , par Software Livre Brasil - 0Pas de commentaire | No one following this article yet.
Viewed 1855 times

Participei algumas semanas atrás de um painel sobre Cloud Computing ou Computação em Nuvem no CIAB. E um dos itens que foram abordados no debate foi “por onde começar minha caminhada em direção à Computação em Nuvem?”.

Bem, de maneira geral, quando se fala em Computação em Nuvem lembramos logo das nuvens públicas como a do Google ou a oferecida pela Amazon, a EC2 (Elastic Compute Cloud).

Mas, com as atuais soluções de virtualização e algumas tecnologias de software como o Tivoli Service Automation Manager da IBM (http://www-01.ibm.com/software/tivoli/products/tsam-facts.html) é perfeitamente possivel construir um ambiente de Computação em Nuvem dentro do data center de uma empresa. Claro que ainda existem peças faltantes no jogo, mas com a tecnologia disponivel já dá para começar a fazer muita coisa interessante.

Inclusive existe, desde que sua empresa tenha tempo e expertise suficiente, tecnologia Open Source para construir uma nuvem privada. É o projeto Eucalyptus, que simula o ambiente EC2 da Amazon. Começou como um projeto criado para fins acadêmicos e agora é uma empresa à parte (http://www.eucalyptus.com/), que além de ser um distribuidor para o software, busca gerar receita para serviços de implementação da nuvem. Mas, como a empresa começou agora e não tem ramificação no Brasil, caso você opte por usar o Eucalyptus, ainda vai assumir toda a responsabilidade por mantê-lo em seu data center.

Uma nuvem interna ou privada, operando dentro do firewall, entrega alguns dos beneficios das nuvens publicas, como melhor aproveitamento dos ativos computacionais e menor time-to-market para novas aplicações, ao mesmo tempo que mantém os processos e procedimentos internos de padrões, segurança, compliance e niveis de serviço.

Mas, por onde começar  a jornada em direção à Computação em Nuvem? Uma sugestão é começar pela “nuvenização” do ambiente de desenvolvimento e teste.

Imagine os desenvolvedores tendo à sua disposição um ambiente de auto-serviço, onde através de um portal ele requisita uma determinada capacidade computacional e a obtém em minutos e não em dias ou semanas, sem precisar passar pela área de produção e operação. E sem a necessidade de esperar a compra e instalação de um novo servidor para testar novas aplicações…Aliás, estes ambientes geralmente recebem a menor prioridade da produção. O resultado será uma maior produtividade do desenvolvimento de sistemas.

Para a produção, o ambiente de desenvolvimento e teste ocupa cerca de 20% dos recursos computacionais, mas dá 80% das dores de cabeça. Para ela, não ter mais que se ocupar desta questão é um grande ganho. Em resumo: os dois lados saem ganhando!

Como os ambientes de desenvolvimento e teste geralmente são isolados do ambiente de produção, são risk-free para o processo de aprendizado de criação e operação de uma nuvem interna.

A computação em nuvem chegou para ficar, assim, é melhor começar a aprender como criar e usar este modelo computacional. Taí um bom primeiro passo.

* fonte: Nas Nuvens Setembro 13, 2009 por ctaurion


Les tags de cet article : computação em nuvens cloud computing taurion

0Pas de commentaire

Poster un commentaire

Les champs sont obligatoires.

Si vous vous êtes déjà enregistré(e) comme utilisateur, vous pouvez vous connecter pour être reconnu(e) automatiquement.