Ir para o conteúdo
ou

Logo noosfero

ODF Alliance Award

Furusho

TDF Planet

redirection forbidden: http://planet.documentfoundation.org/atom.xml -> https://planet.documentfoundation.org/atom.xml

BR.Linux.org

redirection forbidden: http://br-linux.org/feed -> https://br-linux.org/feed

Seja Livre!

redirection forbidden: http://sejalivre.org/feed/ -> https://sejalivre.org/feed/

Linux Feed

getaddrinfo: Name or service not known

Computerworld

getaddrinfo: Name or service not known

PC World

getaddrinfo: Name or service not known

IDG Now!

getaddrinfo: Name or service not known

Info

Invalid feed format.

Users SL Argentina

redirection forbidden: http://drupal.usla.org.ar/rss.xml -> https://cobalto.gnucleo.net/rss.xml

Tecno Libres - Cubas

redirection forbidden: http://gutl.jovenclub.cu/feed -> https://gutl.jovenclub.cu/feed

Software Libre Peru

Linux Venezuela

Invalid feed format.

GNU/Linux Paranguay

getaddrinfo: Name or service not known

Soft Libre Honduras

Invalid feed format.

 Voltar a FREE SOFTWAR...
Tela cheia

A área cinzenta do ODF

30 de Julho de 2009, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 1653 vezes

Jomar160x120odf

Não, o título acima não se refere a uma parte qualquer da especificação, mas ao “ecossistema” que está formado em torno do ODF nos dias de hoje. Há dois anos atrás, quando o assunto era ODF, existiam apenas três tipos de pessoas no mundo:

1 - As que não conheciam o ODF.

2 - As que eram favoráveis ao ODF.

3 - As que eram contrárias ao ODF.

Era muito fácil conhecer cada um dos tipos, e vivíamos numa época conturbada, mas de ações claras e transparentes. Sabíamos quem era quem.

Hoje em dia, as três categorias acima estão praticamente reduzidas a duas:

1 - As que não conhecem o ODF.

2 - As que são favoráveis ao ODF.

A terceira categoria morreu ? … Mais ou menos.

Com o crescimento na adoção internacional do padrão ODF, está se tornando cada vez mais politicamente incorreto ser contra o padrão e por isso, todas aquelas pessoas que tanto fizeram para atrapalhar a adoção, divulgação e desenvolvimento do padrão, hoje se apresentam como “parceiros do ODF” ou “apoiadores do ODF”.

Na verdade, são lobo em pele de cordeiro, trabalhando sorrateiramente para cumprir a mesma agenda (agora oculta), só que do lado de dentro, sem levantar muitas suspeitas dos mais novos e ingênuos na área.

Com isso, tenho sido obrigado a ver estes caras participando de listas de discussão sobre ODF, quer sejam elas de usuários ou desenvolvedores de aplicações, desenvolvendo aplicações de validação e suporte ao ODF e pasmem, até participando (ou tentando participar) do ODF TC.

Nas listas de discussões, o que mais me irrita é a quantidade de vezes que eles utilizam os mesmos argumentos já ultrapassados, copiando e colando uma quantidade gigantesca de texto inútil de uma lista para outra. O pior é que isso toma um tempo enorme das pessoas que realmente trabalham pelo ODF, pois a quantidade de FUD que esse pessoal espalha é assustadora. São a indústria da desinformação.

Para ser honesto, existe uma pessoa em particular dentro deste grupo que se estivesse aqui no Brasil, a comunidade já tinha dado um jeito nele: seria banido. Esse cara é tão chato, mas tão chato que chega a repetir os mesmos argumentos estúpidos e infundados há mais de três anos e ainda tem muita gente que acredita que ele está falando coisa com coisa… sempre o mesmo “copiar e colar”, lista após lista.

Se vocês quiserem um exemplo do tipo de coisa que essa turma é capaz, deem uma olhada na entrada do ODF na Wikipedia (em inglês). Há pouco tempo atrás, era uma importante fonte de informação para o padrão, além de ter a lista mais atualizada que eu conhecia das aplicações que o suportavam. Durante algum tempo, eu ajudei a manter o verbete e coloquei lá todas as informações iniciais sobre adoções de ODF no mundo todo, e perdi alguns dias para coletar, organizar e formatar toda a informação.

Agora, a entrada está completamente detonada.

O primeiro ataque removeu toda a lista de aplicações e a resumiu a uma ridícula lista de seis suítes de escritório, estranhamente incluindo o Microsoft Office (versão antigas via plug-in do Codeplex e versão nova via SP2). Na definição da norma, diziam que o ODF era parecido com o OpenXML. Na lista de adoções que eu tanto trabalhei para montar, deram um jeito de enfiar OpenXML em uma meia dúzia de países, nem que fosse com absurdos como “no documento o OpenXML é citado”… quem será que teria interesse em uma coisas dessas ?

Durante alguns dias, eu até tentei entrar lá e arrumar os estragos que estavam fazendo mas na boa, não tenho mais idade para brincar de gato e rato com delinquente… Se querem a Wikipedia bagunçada, que a tenham, para que fique claro que o jogo deles é sujo mesmo !!! (e o mesmo vale para a entrada sobre a ODF Alliance, que sofre do mesmo problema).

Me dá pena ver agora na Wikipedia a mensagem de que “aparentemente existe um conflito de interesses” com as contribuições ao artigo… não somos todos favoráveis ao ODF ???

É isso que eles querem… confundir, iludir, atrapalhar, retardar… ajudar a dar errado !!! E que isso sirva de lição e de prova para todos aqueles que acham que já está tudo resolvido !!!

Quando me preparava para escrever este post, elaborei a lista completa com os nomes, endereços de e-mail, blogs, sites e em alguns casos empresas de cada um dos “operários da área cinzenta” que já consegui identificar. Com a ajuda de alguns amigos de confiança do mundo todo, preparei ainda uma coletânea de informações que comprovam o passado questionável e não tão distante dessas pessoas.

Como eu acredito que uma boa conversa é sempre primordial antes de uma atitude mais enérgica, resolvi escrever este post para lhes dar um sincero aviso:

“Eu sei quem vocês são, onde vocês estão, com quem se relacionam, de onde vieram e o que vocês estão tentando fazer.

Não me forcem a divulgar tudo isso aqui neste blog, pois a capacidade de cruzamento de informações que teremos a partir daí pode lhes desmascarar de uma vez por todas… e desmascarar ainda quem está por trás de tudo isso.

Respeitem o ODF e quem trabalha honestamente para seu desenvolvimento e divulgação.

Não testem a minha paciência. Com vocês ela é inexistente !

Parem de brincar com coisa séria, e saiam logo desta zona cinzenta (podem voltar para a oposição… eu não me importo com vocês).”

Antes que alguém fique “tendo ideias”, saiba que estas informações que tenho estão salvaguardadas com amigos fieis em diversos países do mundo.

* fonte: blog do Jomar


Tags deste artigo: odf jomar odf alliance furusho

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.