Em uma nota na qual deixou perceber que a interação com usuários e consumidores piorou após a aquisição da Sun pela Oracle, Bryan Cantrill, um dos 3 desenvolvedores por trás do DTrace, anunciou que está de saída e vai procurar outros afazeres do lado de fora dos muros corporativos.

Com a medida, Cantrill une-se a nomes conhecidos em seus âmbitos de atuação conexos ao código aberto, como James Gosling, Tim Bray, Simon Phipps e outros que saíram da Oracle após a aquisição.

O DTrace, vale esclarecer, é um dos recursos pelos quais o OpenSolaris chama a atenção, por oferecer uma maneira diferenciada para que desenvolvedores e administradores analisem o desempenho do sistema operacional e aplicativos em tempo real. Já portado para o Mac OS X e o FreeBSD, ele permanece ausente do Linux, cujo licenciamento copyleft é incompatível com a licença de software livre adotada no DTrace.

Bryan Cantrill, one of the three developers behind Sun’s DTrace technology, has left Oracle. He joins the ranks of James Gosling, Tim Bray, Simon Phipps and others who have left Oracle since the company acquired Sun Microsystems. (via h-online.com)