Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

 Voltar a FotoLivre - ...
Tela cheia Sugerir um artigo

Oficina de Fotografia e Desenho Livres + Licenças Creative Commons no #FACCIONUY2015

28 de Outubro de 2015, 14:00 , por Sheila Uberti - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 27 vezes
Licenciado sob CC (by-sa)
Faccionuy2015dia2 0018

O FotoLivre participou do 3o Encontro Facción, um evento que reuniu mais de uma centena de midiativistas e pessoas de outras áreas, de 20 países da Latinoamerica – de 23 a 26 de setembro em Montevidéu, UY. A programação foi intensa e abarcou rodas de conversa, oficinas, exibições de materiais audiovisuais e dinâmicas de convivência e trocas de experiências. Um relato resumido do primeiro dia está aqui.

No segundo dia de encontro aconteceu a oficina de Fotografia + Desenho Livre + Licenças Creative Commons. Participaram Sheila Uberti (FotoLivre), Marcos Umpierrez (Colectivo Espika), Jorge Gemetto (Creative Commons e Artica) e Joaquin Diaz (Universidad de la República de Uruguay). Valiosas contribuições foram feitas por Eduardo Casinelli (UDELAR) e Mariana Fossatti (Creative Commons e Artica) e por tod@s presentes na sala da Casa Tomada.

Começamos com uma charla (com sons de portunhol y espanhol de pelo menos 4 distintos países) sobre a ideologia que guia o software livre e sua importância como ferramenta de empoderamento para midiativistas e comunicadores em geral, educador@s, profissionais das mais diversas áreas ou para “simples” usuári@s. Na sequência, mostramos brevemente como funcionam os softwares Darktable, Gimp, Blender, Kryta e alguns mais.

Desse ponto em diante o papo foi guiado pelas perguntas e comentários em hiperlinks sobre pirataria, direitos autorais, comunidades de software livre, obsolência programada, privacidade na internet, compatibilidade de arquivos. Lamentamos que tenham sido apenas 3 horas, certamente poderíamos e adoraríamos ter extendido por tempos a mais. Um breve roteiro está registrado nesse pad aqui.

Na grade geral do Facción, ao mesmo tempo aconteciam:
– Roda de debate #RealPolitik: Midiativismo para a democratização da comunicação da comunicação na América Latina
– Roda de debate Hacker: Quais tecnologias usamos, como usamos e para quê as usamos?
– Laboratório de Imaginário: Midiativismo Cultural

Pela tarde, mais atividades simultâneas:
– Roda de debate #RealPolitik: #HackerGov
– Laboratório de Imaginários: A água
– Trans-Formación: Oficina de Redação Criativa
– Laboratório de Imaginários: FacciónTV

Na difícil decisão de escolher apenas uma, fomos para uma quinta atividade, o Laboratório Hacker: Tecnologias soberanas/seguridade, com Johann Arispe (natural da Bolívia mas atualmente vive no Brasil, onde trabalha na ThoughtWorks).


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.