Ir para o conteúdo
7 a 10 de Maio de 2014
Centro de Eventos da PUCRS | Porto Alegre | Brasil
ou

FISL 14

Inscritos

Patrocinadores

Mostra de projetos

#FICADICA

Redes

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

Polêmica a vista: Morreu o Movimento Software Livre no Brasil?

3 de Maio de 2014, 13:06 , por Paulo Santana - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 58 vezes
Traduções

A programação do FISL é composta principalmente por palestras (técnicas e não técnicas) e oficinas. Mas são nos debates (paines/mesas-redondas) que os participantes tem a oportunidade de ver pontos de vista diferentes sobre o mesmo tema.

Entre os debates que prometem ser polêmicos está o intitulado "Morreu o Movimento Software Livre no Brasil?". Nele os debatedores pretendem questionar qual a situação atual da comunidade em relação a defesa do Software Livre e da Liberdade do Conhecimento. Veja o resumo: Tecnologias privativas tem seduzido até ferrenhos amigos defensores do Software Livre, e pouca consciência há na grande maioria dos consumidores para combater as práticas privativas de liberdade dos usuários. Erramos o alvo? Falhamos na formação da próxima geração? Fomos atropelados? Continuamos firmes e fortes no mesmo nicho em que começamos? Que fazer para um futuro com mais liberdade e consciência?

E a polêmica em torno deste assuno não é nova. Em fevereiro deste ano, um dos debatedores Anahuac de Paula Gil publicou em seu blog o texto: Geração Ubuntu: a morte do movimento Software Livre no Brasil.

Logo o texto foi replicado por outros sites e listas de discussão e provocou centenas de comentários de todos os lados. O tema estimulou alguns membros a escrevem textos comentando o assunto como André Machado que publicou em seu blog Ubuntu: inimigo nº 1 do software livre no Brasil e Sobre a Liberdade de Software e a Facilidade de Uso.

Claro que respostas contrárias também vieram em formato de texto como do Ricardo Luiz que publicou Resposta aos "Trolls" do Software Livre e do Augusto Campos em Editorial: Acusar o Ubuntu pelas mazelas do "movimento software livre no Brasil" é criticar o movimento, e não o produto. Ivan Brasil Fuzzer preferiu se expressar através do seu videocast Xiitas do Software Livre.

Enfim, a  discussão no FISL15 promete ser boa, principalmente pelo nível dos debatedores, que são:

  • Alexandre Oliva
  • Anahuac de Paula Gil
  • Frederico Gonçalves Guimarães
  • Ricardo Panaggio
  • Thadeu Cascardo

Agenda:

  • Data: 08 de maio
  • Horário: 10h
  • Sala: 41A

Tags deste artigo: software livre comunidade ubuntu debate polêmica

<script src="https://s7.addthis.com/js/152/addthis_widget.js"></script>