Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Liberte a Escola

Editora Educadora Ecoaecoa

Ação Direta

 Voltar a Barcamp
Tela cheia Sugerir um artigo

RÁDIO PIPA TAGUEADORA

7 de Maio de 2011, 0:00 , por Desconhecido - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 739 vezes

Programa FUMAÇA da Rádio Pipa by editora ecoaecoa

 


Gravação e educador de edição: Adriano Belisário e Alissa Gottfried
Assistente de edição: Tainá Vital e Felipe Nunes
Texto: Silvia Leal e Alissa Gottfried

Rádio Pipa
Apartir do jogo literário Dada Outra Poesia, realizado no prímeiro dia (06/09) da Resistência Artística Realidade diminuida, onde as crianças taguearam o lugar onde vivem (Jardim Gramacho), foi escolhida a palavra FUMAÇA para ser escrita numa pipa.



Guiados então pelas crianças da comunidade, Alissa Gottfried e Adriano Belisário conversaram e gravaram falas sobre o assunto FUMAÇA. Adriano editou o material com Alissa e Tainá usando editor de áudio livre, mixando falas de Estamira, como referência contextual finalizado com um trecho da música O Sândalo de Tom Zé. Esse programa foi transmitido pelo Rádio Educativa Kaxinawá na UERJ em Duque de Caxias e também re-transmitido pela Web-Rádio Paraíso em São Gonaçalo, Quarta-Feira dia 15 de Setembro 2010 entre 13:00- 16:00.

Na ocasião Alissa, Felipe e Silvia reuniram-se com Prof. Mauro Costa e seus alunos de Pedagogia e Geografia da Oficina Híbridos do Labore-Lab. de Estudos Contemporâneos na UERJ, . O material foi apresentado e discutidos, avaliando esta ação no Jardim Gramacho, Duque de Caxias/RJ.

Reciclagem de Palavras e Rádio Pipa

 

Entrada do Aterro e da comunidade Esqueleto no Jardim Gramacho Entrance to the wetland/wasteland gramacho
Da fragilidade à resistência quem dura mais? Nosso público são crianças de 3 a 13 anos
Começamos com a reciclagem de palavras onde as crianças falam com uma palavra sobre sua comunidade e recortam ela para fazer o jogo DADA OUTRA POESIA


Até quem não sabe lê escreve e gera a semântica do Jardim Gramacho

 

Dada Outra Poesia: AS PESSOAS VENDO A ALMA DO PORCO NA LAMA            

 

Escolha da "Tag"/Etiqueta/assunto para a Rádio Pipa

A Pipa como antena da Rádio Comunitária

Bota no ar pra falarmos sobre FUMAÇA

 

Rádio Pipa no Ar


Direcionando a antena
A senhora pode falar sobre a questão da fumaça na Comunidade?

 

Como podemos diminuir o problema da fumaça na comunidade?    

 

Esse programa vai ao Ar também na Rádio Educativa Kaxinawá quarta dia 15/09 às 14 horas.

E em breve subimos esse áudio aqui.



Fique atento ao menor sinal de FUMAÇA

Porque onde tem fumaça não tem só fogo, tem pneu, fio, plástico, ...

Realidade Diminuida

Realidade Diminuida

PRIMEIRA RESIDÊNCIA
Alissa Gottfried
| Duque de Caxias | 6 á 17 de Setembro




Jardim Gramacho é um bairro do município de Duque de Caxias onde está localizado o maior aterro sanitário da América Latina. O local recebe, por dia, mais de 7 mil toneladas de lixo provenientes de mais dois municípios da Baixada Fluminense e também da cidade do Rio de Janeiro[1]..
Em dezembro de 2006, assim era caracterizado o bairro em reportagem da Agência Brasil:

Cquote1.svg Jardim Gramacho possui 20 mil habitantes e bolsões de miséria – 50% da população sobrevive de reciclagem. Sem saneamento básico, as pessoas moram em barracos de madeira e papelão e em palafitas. Cquote2.svg

Na mesma reportagem, constava que "após três décadas de uso do local para o despejo do lixo da região metropolitana do Rio de Janeiro, o governo carioca decidiu que, em 2007, desativará o aterro[2]." Desativação que não ocorreu, levando à saturação do aterro sanitário.

Leia mais sobre o Gramacho aqui

Foto do Mangue do Gramacho por Alissa Gottfried


“Realidade Diminuida” é um trabalho que envolve oficinas e intervenções numa comunidade satélite do Jardim Gramacho. As atividades da residência incluem um programa de rádio, uma produção literária, um mapa semântico no FIC e a produção de uma maquete a partir de discussões sobre a re-utilização do lixo de forma criativa e funcional. Haverá uma exposição dos trabalhos na comunidade para os alunos, parentes e moradores. Todas as etapas do projeto serão documentadas e poderão ser acompanhadas via este blog.

Alissa é educadora popular da Editora Educadora Ecoaecoa também integra o coletivo I-Motirõ ministrando cursos de cultura digital com software livre em escolas públicas, eventos, ONG´s e Pontos de Cultura.

A Editora Educadora Ecoaecoa é uma ação educativa libertária onde Alissa e Felipe Nunes públicam histórias com o jogo de RPG que desenvolvem a 5 anos: RPG Comunativo. Com esse jogo de produção literária a Ecoaecoa produz histórias com crianças em situação de periferia cultural em diferentes estados do pais além de ensinam e produzirem livros artesanais com essas histórias sempre com licença copy left de forma totalmente indendente usando apenas software livre. As histórias produzidas coletivamente sempre tratam temas reais como problemas urbanos e sociais existentes no locais onde o jogo acontece e os participantes são motivados a encontrar soluções para as mesmas que são documentadas e veiculadas na história com a produção dos livros.

Com esse trabalho de produção de livros independentes e livres Alissa pretende colaborar com a rede dos Pontos de Cultura assim como: projetos sociais, artistas, comunidades e crianças em situação de periferia cultural como um canal de comunicação, difusão e resistência da cultura e sabedoria popular.



Saiba mais sobre o Projeto Realidade Diminuída em:

> EME >> Estúdio Móvel Experimental

> Resistência Artística Realidade Diminuida / EME >> Por Editora Educadora Ecoaecoa


> I-Motirõ - FIC:


Tags deste artigo: copy left rádio livre educação popular rádio pipa estúdio móvel experimental eme editora educadora ecoaecoa

0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.