Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_enterprises"><a href="/search/assets?asset=enterprises"><span class="icon-menu-enterprise"></span><strong>Empreendimentos</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li> <li class="asset_events"><a href="/search/assets?asset=events"><span class="icon-event"></span><strong>Eventos</strong></a></li>
ou

Thin logo

Tela cheia
 Feed RSS

Blog

27 de Maio de 2009, 0:00 , por Antonio Terceiro - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Licenciado sob CC (by)

Fazendo arte com Ruby on Rails - vim-rails

9 de Fevereiro de 2016, 5:09, por David Carlos - 0sem comentários ainda

Já sabemos que o vim é um editor mágico. Isso porque nas mãos certas, ele faz coisas que até o co-piloto mais atento duvida. 

Quando bem configurado o vim se torna mais que um editor de texto, se torna uma ferramenta que pode ser utilizada desde o desenvolvimento web,

até aquele processamento de imagem maroto rodando em uma raspberry-pi.

Falando em web, podemos citar um plugin para o vim muito útil, pra quem desenvolve com o framework Ruby on Rails. Esse plugin é o vim-rails.

O vim-rails permite que você navegue facilmente em projetos Rails, mapeando o MVC do seu projeto, e permitindo que você pule entre as camadas do projeto facilmente.

Fez aquela alteração na controller, e precisa pular rapidamente pra sua respectiva model?

:Emodel

Precisa editar a migration dessa mesma model:

:Emigration

Precisa fazer um split entre a controller e a model?

:Vcontroler <nome da model>

A partir do nome de uma deteminada model você pode pular para suas respectivas controllers, migrations e até mesmo testes(incluindo rspec).

O vim-rails expande as capacidades do comando gf do vim, permitindo pular para classes, então se você quiser pular para uma classe qualquer,basta posicionar o cursor em cima do nome da classe, e digitar gf. Para uma visão mais aprofundada do plugin, acesse vim-rails.

 



VIM - Salvando arquivos como root

31 de Julho de 2015, 0:38, por David Carlos - 0sem comentários ainda

Esse primeiro post irá tratar de como salvar arquivos que pedem permissão de root para serem salvos.

Quando abrimos aquele arquivo que precisa de permissão de root para ser editado, é muito chato ter que sair do vim e abrir o arquivo com sudo.

 


Uma pequena dica muito valiosa é utilizar o seguinte comando dentro do vim:

:w !sudo tee %

Edite seu arquivo normalmente, e para salvá-lo use o comando acima.

Ele pode pedir sua senha de sudo ou salvar automaticamente caso você já tenha usado alguma comando com sudo antes.

Você pode mapear esse comando no seu vimrc para facilitar na hora de salvar o arquivo.

Lembrando que para sair do arquivo você irá precisar forçar com :q!

Abraços.