Ir para o conteúdo
    <li class="asset_articles"><a href="/search/assets?asset=articles"><span class="icon-menu-articles"></span><strong>Artigos</strong></a></li> <li class="asset_people"><a href="/search/assets?asset=people"><span class="icon-menu-people"></span><strong>Pessoas</strong></a></li> <li class="asset_enterprises"><a href="/search/assets?asset=enterprises"><span class="icon-menu-enterprise"></span><strong>Empreendimentos</strong></a></li> <li class="asset_communities"><a href="/search/assets?asset=communities"><span class="icon-menu-community"></span><strong>Comunidades</strong></a></li> <li class="asset_events"><a href="/search/assets?asset=events"><span class="icon-event"></span><strong>Eventos</strong></a></li>
ou

Thin logo

Tela cheia
Anime girl debian
 Feed RSS

Debian Dicas

30 de Abril de 2010, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Licenciado sob GNU FDL

Super Tux

9 de Julho de 2014, 22:17, por Desconhecido - 55 comentários

Super Tux é um jogos de aventura em 2D do bom estilo de pular e correr bem similar ao original e famoso jogo do Super Mario, totalmente opensource com licença GPL.

A historia do SuperTux é sobre a namorada chamada Penny onde um malvado chamado Nolok capturá a namorada do Tux e um herói que luta não perder a sua cara-metade.

  • Super Tux

    Licença: GPL (Opensource)

    Criado: SuperTux Devel Team

    Site Oficial: supertux.lethargik.org

    Idioma: Multi-linguagem

    Classificação: +07 anos

Na aventura para liberar a namorada Penny, o Tux vai enfrentar nove inimigos diferentes e superar 26 etapas. Conduza o Tux pelos bosques e as geladas terras antárticas e pegue quantas moedas e armas mágicas encontrar.

Evite os inimigos que tentam barrar o caminho ou, melhor ainda, elimine-os pulando sobre eles ao tempo que acumula pontos no marcador.

SuperTux traz um editor para você criar novas etapas e níveis de dificuldade no jogo e tem renderização em modos "Software e OpenGL".

Os comandos para jogá-lo é simples:

Seta para direita e esquerda: andar para a direita ou esquerda.

Seta para baixo: abaixar-se quando estiver grande.

Tecla Espaço: pula

Tecla CTRL: pressione esta tecla para correr mais rápido e a solte quando quiser reduzir a velocidade. Pressione para segurar objetos e solte quando quiser chutá-los. Aperte repetidas vezes para atirar bolas de fogo, quando estiver com o poder da flor de fogo.

Para instalar digite este comando no terminal como root:

$ su -

# apt-get install supertux supertux-data



Solução para som de modelos HP - DV6

8 de Junho de 2014, 1:12, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Alguns modelos de notebook HP - DV6 estão tendo problemas com o som, alguns não está surgindo som nenhum e outros possuem som, mas ao colocar um headphone ambos fica obtendo som.

Para solucionar o problema basta digitar o seguinte comando via terminal:

$ su -
# nano /etc/modprobe.d/alsa-base.conf

Adicione esta linha no final do arquivo.

options snd-hda-intel model=hp-dv5

Salve (Ctrl + O) e Fecha (Ctrl +X), agora reinicia o seu notebook.

Agora curte o belo premium sound da "HP - DV6" na distribuição Gnu/Linux.



Reportando Bugs

19 de Dezembro de 2013, 15:51, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Para os iniciantes e ate os experientes não sabem como reportar um bug encontrado em distribuição Debian Gnu/Linux ou simplesmente não querem saber em reportar os bugs que encontrou, fala mal do software e fica aguardando uma soluções o mais breve possível e até mesmo fica pesquisando na internet um jeito de solucionar, fazendo gambiarras.

Na distribuição Debian Gnu/Linux existe por padrão um software em modo gráfico muito fácil de reportar os erros encontrados e até ajudar os desenvolvedores a melhorem seus softwares, usando o Reportbug.

Reportbug é uma ferramenta desenhada para tornar o relatório dos bugs no Debian Gnu/Linux e distribuições derivadas relativamente fácil e sem dores de cabeça.

Detalhes acesse aqui: https://wiki.debian.org/reportbug

Caso não tenha instalado em sua distribuição basta digitar o seguinte comando no terminal:

# apt-get install reportbug

Ao executar o reportbug, irá abrir via modo texto (terminal). Para aparecer em modo GTK+ (modo gráfico) terá que instalar as seguintes bibliotecas no terminal:

# apt-get install python-vte python-gtkspell 

Feito isto, agora vamos dar o passo-a-passo de como configurar e reportar os bugs ou ate mesmo detalhes para melhoramento do software que esta utilizando.



Fazer upgrade do Squeeze para Wheezy

9 de Outubro de 2013, 19:57, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Nas distribuições Gnu/Linux existentes, raramente necessita de formatar para instalar uma nova versão. Ao contrário do sistema operacional proprietário que é obrigado a formatar o seu HD (hard disk).

Se possui um Debian 6 (Squeeze) e deseja atualizar para o Debian 7 (Wheezy) ira envolver alguns passos um pouco trabalhoso.

A distribuição Debian Gnu/Linux não é muito amigo de usuários inexperientes, como a distribuição Ubuntu que é bem vantajoso em fazer upgrade para este tipo de usuário.

Importante: Antes de mais nada é bom fazer um backup do diretório ¨/home/nome-do-usuário¨.

1. Primeiramente verifique se no seu Debian Squeeze, todos os pacotes instalados estão atualizado, e se não esta num estado de espera ou com pacotes quebrado. pelo terminal digite os seguintes comandos:

# apt-get update
# apt-get dist-upgrade
# dpkg --audit
# dpkg --get-selections | grep hold

2. Feito estes comando no terminal e não ocorreu nada durante estes processos, esta habito a atualizar a versão para o Debian Wheezy. Pelo terminal abre o editor no ¨/etc/apt/sources.list¨.

# nano /etc/apt/sources.list

Apague tudo e depois substitua por estes repositórios do Debian Wheezy.

deb http://ftp.us.debian.org/debian/ wheezy main
deb-src http://ftp.us.debian.org/debian/ wheezy main

deb http://security.debian.org/ wheezy/updates main
deb-src http://security.debian.org/ wheezy/updates main

# wheezy-updates, previously known as 'volatile'
deb http://ftp.us.debian.org/debian/ wheezy-updates main
deb-src http://ftp.us.debian.org/debian/ wheezy-updates main

Neste exemplo são repositórios dos Estados Unidos, caso queira do Brasil, substitua o US nas linhas dos repositórios para BR.

Salve com Ctrl+O e depois saia com Ctrl+X

3. Agora digite este comando para atualizar o repositorio adicionado:

# apt-get update

Atualizado instale os arquivos atuais deste repositorio: apt, dpkg e aptitude

# apt-get install apt dpkg aptitude

4. Após isto agora que vamos começar a digitar o comando que irar atualizar todo o sistema:

# aptitude update
# aptitude full-upgrade

Esta atualização irá baixar e instalar vários pacotes. Esta etapa pode demorar dependendo de sua internet (banda larga), horas.



Verificador de Vírus

28 de Setembro de 2013, 22:34, por Desconhecido - 33 comentários


Muitos irá perguntar: Porque irei instalar um verificador de vírus numa distribuição Gnu/Linux se é inume á vírus?

Qualquer distribuição Gnu/Linux é seguro a trojans, mas sempre é bom prevenir principalmente o seu diretório $HOME, que onde está seus arquivos baixados, documentos e diretórios ocultos de programas instalados.

Imagina uma pessoa leiga, tem diversos programas, musicas e vídeos, links de sites em sua distribuição Gnu/Linux, e de repente quer passar estes arquivos para um sistema operacional proprietário. As vezes por curiosidade por não abrir no sistema Gnu/Linux ou mesmo para demostrar arquivos baixados para os amigos. Isto faz que o sistema proprietário seja infectado.

Outro exemplo, um servidor Gnu/Linux que armazena diversos arquivos de usuários que utilizam sistema proprietário, onde futuramente irá o sistema operacional e quando irá  buscar os arquivos dele no servidor, logicamente irá trazer os arquivos infectados de volta.

Para isto existe um programa com interface gráfica chamado ClamAV e o ClamTK que é um GUI do anti-vírus ClamAV, tornando uma ferramenta de verificar se existe vírus em seus arquivos e fácil manuseio.

MODO TEXTO

Abre o terminal:

$ su -
# apt-get install clamav clamav-base

Instalado, quem esta utilizando em servidores (modo texto). Os comandos para atualizar o programa ClamAV e para verificar os diretórios são estes:

Atualização do ClamAV.

# freshclam

Escaneamento dos diretório e subdiretórios.

# clamscan -r -i /home/nome-do-usuário

OBS.: (-r) significa que irá também scanear todos os subdiretórios e o (-i) irá mostrar na tela somente os arquivos infectado e onde está localizado. Não se preocupe, o escaneamento demora bastante dependendo da quantidade de arquivos possui neste diretório.

Para remover estes arquivos infectados, basta digitar:

# clamscan -r -i --remove /home/nome-do-usuário

A única diferença é este parâmetro (--remove) que determina que os arquivos infectados encontrados devem ser removidos.

Mais detalhes sobre o programa, pesquise o manual digitando:

# man clamscan

MODO GRÁFICO



Tags deste artigo: linux debian dicas gnu freesoftware macetes debiandicas