Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

Tela cheia
 Feed RSS

Blog

27 de Maio de 2009, 0:00 , por Desconhecido - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

Cultura Digital e os parentes indígenas

1 de Outubro de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

No começo de setembro fui com uma turma numa experiência bem bacana numa aldeia indígena (Yawalapiti), no Alto do Xingu, no Mato Grosso.

Fiz um registro da experiência no meu espaço do blog coletivo trezentos e também tem fotos lá no flickr.



Loja virtual com Drupal

14 de Agosto de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Estava no TODOLIST há um tempo e resolvi ticar o item e o resultado é o site Fulas.

Caracteristicas:

- Está rodando sob Drupal 6.22;

- com um conjunto de módulos puxado pelo Ubercar;

- o PagSeguro como sistema de pagamento online, que também tem um módulo para Drupal;

- Para calcular frente usei o sistema feito pelo pessoal da w21studio;

- módulo de integração com phplist;

- módulo de aviso de cadastração e atualização de usuário;

- módulo que adiciona o novo usuário no papel ubercart

A documentação do projeto está no meu wiki mochila, os ajustes dos módulos me renderam bastante dias de pesquisa e ainda não estou certo se configurei bem tudo, o que me resta é esperar os retornos de usuários e ler logs.



unindo arquivos com hacha

24 de Julho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Baixei o filme Black Girl, de OusmaneSembene, e diferentes de outros  filmes que peguei esse não estavam com pedaços gerados em formatos .rar, na mesma página do fórum eles orientam usar hacha para unir e logo fui pesquisar se havia solução para Linux e tem vários ;)

O mais fácil o orientado pelo blog batchdrake:
baixando o código fonte
wget http://pastebin.com/raw.php?i=f14b79158 -O hacha.c

compilando
gcc hacha.c -o hacha

unindo os pedaços
./hacha OusmaneSembene-BlackGirl-1966.avi.0

Testei outras soluções:

  • o lxsplit juntou, mas foi tipo aquela frase "a operação foi um sucesso, pena que o paciente morreu", não rolou, creio que seja pelo fato de ser vídeo e como foi separado, e chato tem que renomar o arquivo que está exemplo.avi.0 para exemplo.avi.000
  • o dalle é solução gráfica que rolou, mas embora esteja empacotado em rpm e deb, ele é uma binário para windows e executa via mono, odeio mono, descartado!
  • no hoz, com opção via termina, ou gráfico por gtk ou cli, dá erro para compilar mas achei uma solução num blog, mas aí, pelo trabalho que deu para instalar, já não gostei dela ;)


SPIP, um CMS Livre

18 de Julho de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Ilovespip-158c8Desde 2004 que eu trabalho com o SPIP, conheci ele na época que fui trabalhar na redação do Planeta Porto Alegre, que estavam com a meta de migrar do CMS Publique! (uma solução proprietário de CMS desenvolvido no Brasil).

O SPIP tem seu núcleo forte de desenvolvimento na França e é muito utilizado por movimentos sociais pela América-latina, África e Europa.

Por padrão ele requer para seu funcionamento PHP e MYSQL (soluções voltada para web e com servidor é qualquer provedor profissional). É possivel usá-lo com SQLite 3.

De fácil instalado, e totalmente pela web, e desde a instalação já vem com suporte há 45 idiomas (o que inclui também após a instalação na interface privada e pública), e já vem localizado para português do Brasil. Tem suporte padrão há multi-idioma pro conteúdo publicado.

Na instalação padrão já vem com inúmeros recursos, só para citar alguns:

  • várias formas de URLs limpas;
  • RSS no site todos e por seções;
  • Permissões granulares;
  • Espaço comentários;
  • Fórum internos para redatores;
  • Tratamento de imagem (por netpbm, GD ou imagemagick);
  • solução para backup e restauração do mesmo;
  • estatísticas de visitas;
  • sindicação de rss.


Pela própria interface administrativa é possível instalar mais recursos.

Agora, a cereja do bola é a facilidade de customização do template. Já trabalhei com vários CMS, mas nenhum me ofereceu total flexibilidade para aplicar qualquer desenho. As sintaxes são bem simples e de forma bem versátil conseguem abranger toda a dinâmica de um site simples ou complexo.

Mais informações

Página do Projeto
http://www.spip.net/

contribuições da comunidade
http://www.spip-contrib.net/

Sintaxe do spip
http://programmer.spip.org/
http://www.spip.net/@?lang=en

dicas em inglês
http://my.opera.com/tech-nova/blog/



Multifuncional Samsung no Fedora

20 de Maio de 2011, 0:00, por Desconhecido - 0sem comentários ainda

Comprei uma multifuncional da Samgung, é monocromatica a lazer com scanner e tal... modelo SCX 3200.. vascilei, e não pesquisei sua compatibilidade com GNU/Linux.. fui pelo preço e ser ter as funções que eu queria. Uma vez comprado.. vai ter que funcionar! ;) Rodou legal com drive genérico, pois não tinha o driver correto... mais algumas buscas na net e descobri que tinha driver sim... http://www.vivaolinux.com.br/dica/Samsung-SCX4200-Suporte-total-no-Linux

e rolou legal!

Só que depois vi um consumo de CPU estranho... um tal de smfpd que vem na instalação do driver... restou desligar o cara e só ativa ele quando precisar :(

# service smfpd stop