Ir para o conteúdo
ou

<span>bahia 1798</span>

 Voltar a Notícias Home
Tela cheia Sugerir um artigo

Quilombos e mulatos seguiram atuando em 1798

11 de Agosto de 2015, 18:53 , por Pedro - 33 comentários | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 104 vezes
Cachoeira

Fonte: Vapor de Cachoeira

Título Original: "Associação sediciosa de mulatos" e quilombo em Cachoeira assustam autoridades portuguesas

Nos anais da Biblioteca Nacional consta uma curiosa correspondência de um burocrata português, enviado em 1798 para exercer o cargo de Provedor da Casa da Moeda da Bahia. A carta era destinada a D. Rodrigo de Souza Coutinho, o Conde Linhares, que na época ocupava o cargo de Ministro e Secretário da Marinha e Domínios Ultramarinos de Portugal.

José Venâncio de Seixas alerta as autoridades portuguesas sobre uma "associação sediciosa de mulatos" na cidade de Salvador e aplaude a proibição do acesso dos mulatos a cargos públicos e postos militares. Ele critica ainda a lei que autorizou a criação de "corpos milicianos desta qualidade de indivíduos", porque isso aumentaria neles "ideias vaidosas."

Por fim, alerta sobre a formação de um quilombo de negros fugidos que estava se formando desde alguns anos, a cinco ou seis léguas acima da Vila de Cachoeira e lembra de rebeliões escravas que ocorreram em colônias francesas e holandesas. E pede a destruição do quilombo, "antes que tomem consistência".

Obs: O quilombo denunciado ficava em Andaraí, na Chapada Diamantina

 

Fotografia: Portal A Ponte


Tags deste artigo: mídia negra vapor de cachoeira mulatos história

1Um comentário

  • 33aaf5363a2e799fe354d013d5ef3306?only path=false&size=50&d=404Patrícia Valim(usuário não autenticado)
    13 de Agosto de 2015, 10:33

     

    Prezados, essa carta foi enviada às autoridades de Lisboa em 1798, de maneira que José Venâncio de Seixas refere-se a movimentos anterior a data. Abraços, Patrícia Valim. ps: Cipriano Barata não é um dos líderes da revolta. Ele foi um dos implicados. Apenas isso.


Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.