Ir para o conteúdo
ou

Thin logo

Divulgação

MiniDebConf

COMCET

.

ASL

 Voltar a Notícias
Tela cheia Sugerir um artigo

1º Encontro de Tecnologias Livres reuniu cerca de 150 pessoas em Santa Maria

29 de Novembro de 2011, 0:00 , por Software Livre Brasil - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 836 vezes

O 1º Encontro de Tecnologias Livres organizado pela Associação Software Livre.Org (ASL), em parceria com o Centro Marista de Inclusão Digital (CMID), reuniu um público notável: cerca de 150 pessoas acompanharam as 8 horas de palestras, workshops, oficinas e debates.

O evento, que contou com uma organização enxuta de aproximadamente 10 pessoas, teve na sua programação atividades sobre ideologia e política do Software Livre, histórico da ASL e do Fórum Internacional de Software Livre (fisl), uso das tecnologias na educação, robótica livre, edição gráfica em Gimp, redes livres, formas de licenciamento, Creative Commons e Cultura Digital, streaming de rádio, fotografia e oficinas de Arduíno e Audacity.

O grande destaque ficou para o encontro de Educomunicadores, onde os professores da rede pública expuseram seus pontos de vista e as dificuldades de unir tecnologia livre ao ensino. Para o funcionário da ASL e um dos organizadores do evento, Junior Goergen, a educação ganhou um destaque muito importante no Encontro. “A discussão pedagógica foi de alto nível sob o comando do Ir. Pedro Ost e das Professoras Rosane Rosa e Mara Mazzardo. Todos gostaram, a repercussão foi excelente”, avalia.

O principal encaminhamento tomado pelos participantes é a organização de uma espécide de “grupo de usuários” em Santa Maria com representantes da Escola Santa Marta, Núcleo de Tecnologia da Educação da 8ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), CMID e líderes comunitários que lutam por moradias dignas para a população. O principal objetivo é discutir as dificuldades e encontrar soluções na área de tecnologias livres e economia solidária.

O encerramento ficou por conta da banda “Som da Vida”, da própria comunidade, e de um coffee break oferecido pela ASL. A atividade é motivada pelo interesse da Associação em buscar uma relação mais próxima de seus associados, comunidade e parceiros, como a Rede Marista, que participa anualmente do fisl.

Veja algumas fotos do evento, por Ana Paula Mendes Trancoso: 

 


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.