Ir para o conteúdo
ou

Software livre Brasil

 Voltar a Blog
Tela cheia

ICANN elogia CGI.br e deve ter escritório no Brasil

2 de Novembro de 2012, 0:00 , por Software Livre Brasil - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 175 vezes
O novo presidente da Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (Icann Corporação para Atribuição de Nomes e Números na Internet), Fadi Chehadé, elogiou o modelo brasileiro de governança da rede e anunciou que trabalhará para que o Brasil abra as reuniões do 46º encontro anual da instituição em Pequim, em 2013. Ele participou na sexta-feira (26), em São Paulo, de reunião do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), coordenado pelo secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Virgilio Almeida. O modelo brasileiro é original, verdadeiramente plural, tanto em variedade de segmentos como do ponto de vista institucional, comentou o dirigente, pela primeira vez no país, a convite do CGI. Se o que tenho visto e aprendido aqui for verdade, vou ser o melhor amigo e maior fã desse modelo. Temos que levá-lo ao mundo. O presidente da Icann disse que a instituição está ajustando seu modo de atuar no plano internacional, para chegar a um modelo contemporâneo e inovador e se tornar efetivamente mundial, desvinculando-se do modelo tradicional norte-americano. A intenção é abordar os países com um entendimento muito mais sensível, mais profundo, de suas particularidades, descreveu, ponderando que o próprio governo dos Estados Unidos vem dando passos nessa direção. Em sua primeira viagem oficial à frente da instituição, Chehadé informou a intenção de criar um escritório da Icann no Brasil. A organização, baseada em parceria público-privada e originada numa iniciativa do governo dos EUA, é responsável pela coordenação global do sistema de identificadores exclusivos da internet, como nomes de domínio, que os computadores usam para se comunicar entre si pela rede mundial. A segurança e a estabilidade da rede são também temas tratados pela instituição. Modelo Para Virgilio Almeida, a avalição de Fadi Chehadé condiz com a realidade do CGI. Ela mostra que o comitê é uma criação ágil, representativa da sociedade e adequada para a inovação e rapidez que a internet traz em termos de mudanças e possibilidades. Ele destacou ainda o fato de todos os setores governo, empresas, academia e terceiro setor terem representatividade e nenhum deles ter maioria na composição, acrescentando que essa pluralidade reflete o caráter da web. É um modelo exitoso, que vem sendo construído desde 1995 e tem características que poderiam ser aplicadas em outros países. O coordenador do CGI elogiou a decisão de aperfeiçoar a orientação internacional da organização. O presidente Fadi ressaltou pontos que são hoje as principais críticas do Brasil em relação ao funcionamento da Icann. E isso é muito positivo, porque o país participa ativamente da instituição e quer torná-la mais forte. Ascom do MCTI Fonte: ANID
Tags deste artigo: icann internet society chapter brasil cgi.br isocmx isochk isocbr iscony fadi chehadé ceo